Arquivo diário: 21/06/2008

The Harlem Globetrotters

Na última terça-feira, tive a oportunidade de, juntamente com meu irmão e um amigo, ver algo que, há poucas semanas atrás, eu sequer pensava que um dia teria a chance de ver. Fui ao Ginásio do Ibirapuera, na zona sul da cidade de São Paulo, para assistir à primeira exibição dos Harlem Globetrotters por aqui na turnê da equipe de 2008 pelo Brasil.

O evento começou 8:30. Na abertura, meninos da CUFA jogaram uma partida 4×4 um pouco tediosa, mas, de qualquer maneira, vale a pena dar essa oportunidade para eles mostrarem seu trabalho. Fim da preliminar, e o divertido mascote dos Trotters entrar em quadra para animar o público paulistano presente. Começa o espetáculo.

A entrada do lendário time é triunfante. Fumaça saindo dos vestiários e jogadores correndo pela quadra, saudados com todo o entusiasmo que merecem. Fiquei emocionado nesse momento. A partir daí, foi só aplaudir as sempre geniais jogadas e o incomparável humor dos Globetrotters; sem ver o tempo passar, deixei o ginásio só à meia-noite, perdendo inclusive o primeiro tempo do último jogo da final da NBA. Sem dúvidas, um dia para ficar guardado na minha memória.

Pontes aéreas e lances de rara habilidade se misturam a jogadas inusitadas e engraçadas. Um dos membros do time, Special K, jogou com um microfone, e suas palavras, em um português devidamente ensaiado, podiam ser ouvidas pelos presentes no Ibirapuera.

Lamento apenas a má divulgação do evento, que deixou vazio o ginásio e não tratou o evento com a magnitude que lhe cabia. Além de pequeno, o público presente me parecia ser leigo; no intervalo, dezenas de pessoas começaram a sair do ginásio, e o locutor teve de anunciar que era apenas uma pausa na partida.

De qualquer modo, como fã de basquete, já tive portunidade de ver a And1 e os Harlem Globetrotters no meu país. Sonho apenas agora em ver uma partida de NBA ao vivo. Quem sabe um dia.

Sparks @ Silver Stars – WNBA – Stars passam em teste de fogo

https://i2.wp.com/img127.imageshack.us/img127/4669/resumopongasaa2.png

https://i2.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/wnba/teams/20080123/80x60/los.gif75X77https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/wnba/teams/20080123/80x60/sas.gif

O San Antonio Silver Stars recebeu nesta sexta-feira a badalada equipe do Los Angeles Sparks. Muitos duvidavam que a equipe de San Antonio conseguiria vencer Lisa Leslie, Candace Parker e cia. De fato, o jogo não foi nada fácil, mas no final das contas foi o time da casa que saiu vitorioso.

Quem viu apenas o primeiro tempo da partida deve ter desistido de acompanhar o jogo inteiro, pois quando o embate chegou ao intervalo, a vantagem das Stars era de 17 pontos. As aproximadamente dez mil pessoas presentes no SBC Center viram um time apático na volta para o terceiro período. As Sparks voltaram melhor e dominaram ambos os quartos finais. A novata Candace Parker comandou a equipe, que chegou a ficar a apenas dois pontos de distância no marcador. No final das contas, a armadora Becky Hammon sofreu falta e converteu os lances livres que enterraram as chances do time angelino.

“Nós sabemos que Los Angeles tem uma grande equipe, mas é muito bom vence-las”, afirmou a ala-pivô Ann Wauters, de volta à WNBA após dois anos jogando apenas na Europa. Wauters foi o grande destaque da partida; a belga anotou 21 pontos e pegou cinco rebotes. Pelo lado do Sparks, apesar da boa atuação, Parker saiu frustrada de quadra: “Foi um jogo frustrante, é óbvio (…) Estávamos em desvantagem (no placar); continuamos lutando, especialmente no último período, mas, já era tarde demais”, completou a novata sensação da temporada.

O técnico Dan Hughes finalizou as entrevistas parabenizando suas jogadoras pelo grande primeiro período: “Creio que jogamos nosso melhor basquete no primeiro período, graças à deus conseguimos uma bela vantagem, porque elas fizeram um segundo tempo estupendo”.

As Stars ainda continuam em segundo pela Conferência Oeste, agora apenas um jogo atrás do líder e derrotado desta noite, Los Angeles Sparks. Para tentar sua sexta vitória consecutiva na temporada, as comandadas de Dan Hughes recebem o fraco Houston Comets na terça-feira. Já as Sparks, que tiveram uma seqüência de quatro triunfos interrompida, buscam reabilitação no domingo, quando voltam para casa e recebem o perigoso Indiana Fever.

Destaques da partida:

San Antonio Silver Stars

Ann Wauters – 21 pontos e 5 rebotes

Sophia Young – 20 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Becky Hammon – 19 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Los Angeles Sparks

Candace Parker – 27 pontos, 9 rebotes

Lisa Leslie – 11 pontos e 10 rebotes