Ginobili fora das Olímpiadas?

A lesão no tornozelo do argentino Manu Ginobili pode ser um fator decisivo para sua participação nos jogos Olímpicos de Beijing. Em entrevista na última quarta-feira, Manu disse: “O tornozelo está pior do que eu pensava, acredito que isso coloca em risco minha presença nos próximos jogos”. Além da lesão ser aparentemente mais grave do que se imaginava, o técnico Gregg Popovich tem feito um grande lob para que Manu desista da competição.

Já não é de hoje que Pop pressiona seus jogadores para que eles abram mão de suas respectivas seleções nacionais para se dedicarem integralmente ao Spurs. Ele já fez isso com o próprio Manu, no último pré-olímpico de basquete, e também com o francês Tony Parker. “Minha preocupação é que isso (a lesão) vai piorar” afirmou o técnico sobre a possibilidade de Ginobili defender a Argentina, “Ele tem que considerar seriamente sua saúde”, completou o treinador.

Um exame feito logo após a eliminação dos Playoffs detectou que o ligamento do tornozelo esquerdo do argentino estava cerca de quatro ou cinco vezes maior que o tamanho normal, devido ao inchaço provocado pela lesão. Outro exame realizado no último domingo apresentou uma melhora muito pequena. Vale lembrar que já fazem mais de três semanas desde que o Spurs foi eliminado pelos Lakers. Nesse meio tempo, Ginobili esteve longe de esforços com o tornozelo, e mesmo assim a melhora detectada pelo exame foi ínfima.

Popovich deixou bem claro sua posição nesse caso: “Se ele tivesse jogo hoje, não poderia jogar (…) Suas contas são pagas conforme sua performance pelo Spurs”, enfatizou. Em contrapartida, Manu deixou claro seu desejo em integrar o selecionado argentino: “Farei tudo o que for possível, porque eu quero jogar”. Para finalizar a entrevista, o treinador do Spurs disse que Ginobili está entre sua responsabilidade em jogar por San Antonio e seu amor por jogar pelo seu país, “Se ele melhorar em três semanas, tudo bem, se não, ele tem a decisão nas mãos”.

O diário argentino Olé foi mais crítico quanto a posição do Spurs, e disse que a equipe poderia estar fazendo uma suposta chantagem para que Manu não vá às Olimpíadas. O contrato do argentino ainda tem mais dois anos, ou seja, vai até a temporada 2009-2010. Um novo acordo renderia mais dois anos de contrato, “Não há obrigação, mas as duas partes querem um novo acordo e já começaram a conversar”, disse o agente de Manu Ginobili, Carlos Prunes. O diário afirmou que seria um acordo vantajoso para ambos os lados, mas que caso o argentino participasse das Olimpíadas, poderia sofrer represálias.

Outro ponto curioso, é o que chega para a imprensa americana e o que chega para a Argentina. Lá, os argentinos estão otimistas quanto a melhora do tornozelo de Manu e conseqüentemente sua participação nas Olimpíadas: “A lesão não é grave nem de alto risco. Com medicação a zona inflamada irá desinchar e o jogador poderá atuar pela seleção”, afirmou o médico da seleção argentina, Diego Grippo.

Quem será que está certo, afinal?

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 20/06/2008, em Pequim 2008. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. seria uma lástima… argentina perderia 50% da capacidade infelizmente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s