Arquivo diário: 04/04/2008

San Antonio Spurs @ Utah Jazz – Apagão no último quarto

   64×90

A partida começou em um ritmo forte; com apenas três minutos jogados, o placar já apontava 9-7 para o Spurs. Mas, após o início frenético, o ritmo ficou mais lento, e o primeiro quarto terminou com vitória dos texanos por 24-18, com Tim Duncan liderando a equipe nas ações ofensivas e defensivas, e já anotando naquela altura 9 pontos, 6 rebotes e 1 bloqueio.

O segundo quarto começou com Tim Duncan descansando e ambas as equipes errando muito. Kurt Thomas segurou as pontas no garrafão, enquanto Tony Parker assumia o ataque da equipe. Restando 4 minutos para o fim do período, o Jazz empatou o jogo em 34 pontos, e as equipes ficaram cerca de 1 minuto sem pontuar, até Duncan converter uma bandeja e recolocar o Spurs a frente no placar. E o segundo período foi assim, marcado pelo equilíbrio entre os times, que foram para os vestiários com vitoria parcial do Utah Jazz, 38-40.

As equipes voltaram do intervalo com os donos da casa dispostos a consolidar a liderança no placar. Com muitos erros do Spurs, lentamente o Jazz foi abrindo uma pequena vantagem, que alcançou 9 pontos no fim do terceiro quarto, que terminou com o placar de 55-64 a favor da equipe de Salt Lake City, graças principalmente à boa atuação do pivô turco Mehmet Okur.

Começou o ultimo período e parecia que não haviam avisado os jogadores do Spurs. O Utah Jazz marcou 13 pontos seguidos sem resposta da equipe de San Antonio, e a diferença chegou a passar dos 20 pontos, quando só então Damon Stoudamire marcou os primeiros dois pontos do Spurs no período. Foi um verdadeiro massacre de Deron Willians e Cia. O Spurs marcou apenas 9 pontos no quarto, enquanto o Jazz marcou 26 pontos. Resultado; fim da sequência de vitórias dos texanos.

Destaques:

San Antonio Spurs:

Tim Duncan: 15 pontos, 10 rebotes e 3 bloqueios

Tony Parker: 17 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Utah Jazz:

Mehmet Okur: 17 pontos, 16 rebotes e 3 roubos de bola

Deron Willians: 16 pontos, 2 rebotes e 11 assistências

Pré-Jogo – Spurs @ Jazz

Pré-Jogo – Spurs@ Jazz

Local: Energy Solution Arena

Horário: 21:30 (Horário de Brasília)

Data: 04/04/2008

Situação do jogo

O jogo é talvez o mais importante da série dos últimos jogos pela Temporada Regular. Uma vitória hoje significa classificação para os playoffs assegurada para o time de San Antonio. Além disso, o Jazz é um adversário direto na luta pelas primeiras posições na disputada conferência Oeste. Sendo assim, o jogo não tem favoritos, apesar de ser disputado em Salt Lake City, casa do Jazz e onde o time é praticamente imbatível. É esperar e acompanhar esse grande jogo, que será transmitido para o Brasil na rede de TV fechada ESPN, a partir das 21:30 (horário de Brasília).

Série na temporada (1-1)

07/12/2007 – Jazz 98 @ 104 Spurs

No primeiro jogo da série de quatro que seriam disputados ao longo da temporada, o Spurs fez valer sua força no AT&T Center e bateu o Utah Jazz, mesmo sem sua maior estrela, Tim Duncan, que se encontrava lesionado. A diferença final de apenas 6 pontos demonstra o equilibrio durante a partida, que foi decidida apenas após atuação avasaladora do Spurs no último período. Pelo lado texano, destaque para o ala-armador Manu Ginóbili, que anotou 37 pontos, e para o armador Tony Parker, detentor de 16 pontos e 7 assistências. Pelo time do Noroeste, destacaram-se a dupla Carlos Boozer e Deron Williams, com com 28 pontos e 17 rebotes e 28 pontos e 10 assistências, respctivamente.

28/01/2008 – Spurs 91 @ 98 Jazz

Se no primeiro jogo o San Antonio Spurs fez valer sua força jogando em casa, no segundo duelo entre as equipes foi a vez do Utah Jazz demonstrar sua força atuando em seus domínios. Com ambos os times completos, o placar novamente foi finalizado com baixa diferença nas pontuações de ambos os times, dessa vez de 7 pontos. Destaque para Tim Duncan e Manu Ginóbili pelo lado do Spurs, com 26 pontos e 11 rebotes e 29 pontos, respectivamente. Já pelo time de Salt Lake City, novo destaque para Carlos Boozer, autor de 23 tentos.
Fique de olho

uth

Deron Williams

DeronWilliams_300_060103

O armador do Utah Jazz é considerado um dos melhores da Liga atualmente. Na temporada passada, levou a desacreditada equipe à uma surpreendente final de Conferência, na qual foi derrotado pelo Spurs. O jovem armador é o motor do time e merece nossa atenção especial.

Notícia – Spurs ainda acredita no topo do Oeste

Numa confêrencia muito disputada, e com o surpreendente New Orleans na ponta, os Spurs ainda tentam alcançar a liderança do lado Oeste nestes últimos dias de temporada regular. Com 7 jogos ainda a fazer, sendo somente 3 em casa, os Spurs têm uma tabela bem complicada, o que torna a tarefa ainda mais difícil. Em casa, os Spurs pegam Suns, Sonics e Jazz. Viajam para enfrentar Jazz, Blazers, Lakers e Kings. Dos 8 jogos, 6 são contra adversários com mais de 50% de aproveitamento; desses jogos, 4 são vitais; Suns, Lakers e 2 jogos contra o Jazz, o que pode levar a equipe ao topo e ao mesmo tempo à queda para um 6º lugar na conferência.

Já o New Orleans ainda faz 8 jogos, com 4 em casa e 4 fora. Seus adversários são, pela ordem: Knicks, Warriors, Jazz, Wolves, Lakers, Kings, Clippers e Mavs. Uma tabela não muito fácil, mas um pouco mais tranquila do que a dos Spurs.

Muitas equipes ainda correm por fora, como Lakers, com a volta de Gasol; Suns, com seu jogo sempre imprevisível; Rockets, com sua impressionante campanha de recuperação; e até mesmo o Jazz, o maior azarão, mas que possui muitos confrontos diretos que podem fazer o time subir bastante na tabela ou cair muito.

Numa temporada em que esta conferência está tão forte e equilibrada, uma série de vitórias pode nos elevar ao topo, porém uma série de derrotas pode nos colocar na 6ª posição. Portanto, todo cuidado e toda dedicação serão importantíssimos nessa reta final. Abre o olho Spurs, e vamos rumo ao topo!