Arquivo diário: 24/03/2008

Artigo – O verdadeiro Bowen

Há algum tempo atrás, escrevi um artigo sobre os “carregadores de piano” do Spurs. E muitos se perguntaram por que eu não havia citado Bruce Bowen. Simples; Bowen tem um papel tão fundamental na equipe que merece um artigo especial somente sobre ele, passando por sua infância difícil, pelo basquete da Europa e chegando até sua trajetória vitoriosa e polêmica na NBA.

“70% do planeta é coberto por água, o restante por Bruce Bowen”. Cartazes com essa frase são ostentados pelos torcedores de San Antonio em praticamente todas as partidas no AT&T Center. Isso demonstra o quanto o veterano de 36 anos é querido pela torcida.

Mas, antes de chegar ao Texas para jogar pelo Spurs, Bowen teve uma trajetória um pouco diferente dos outros jogadores, pelo fato de não ter sido draftado.

Nascido em Merced, na Califórnia, Bowen teve uma infância difícil; sua mãe era viciada em drogas e a família passava necessidade. Bruce Jr. passava seus dias jogando basquete nas ruas, e tornou-se estrela na escola local Edison High School. Recebeu bolsa de estudos e foi jogar pela faculdade Cal State Fullerton, onde jogou por 101 vezes, anotando médias de 11,4 pontos e 5,8 rebotes por jogo.

Bowen entrou para o draft da NBA em 1993, mas, mesmo após uma boa temporada como senior (4º ano como jogador universitário), não foi selecionado por nenhuma equipe. E, diante desse cenário, Bowen mudou de equipe diversas vezes entre 93 e 97 passando pelo basquete francês com o Le Havre, em 1993–94, e com o Evreux, na temporada seguinte. Em 1995-96, retornou aos Estados Unidos, onde jogou pelo Rockford Lightning, da CBA. Na temporada seguinte, voltou a França, com Besançon, antes de retornar novamente para o Lightning em fevereiro de 1997.

Em 1997, Bruce Bowen teve sua primeira aparição na NBA. E foi uma aparição relâmpago. No dia 16 março daquele ano, Bowen jogou por 1 minuto pelo Miami Heat em partida contra o Houston Rockets, anotando apenas um bloqueio. Nas duas temporadas seguintes, Bowen apareceu em 91 partidas jogando pelo Boston Celtics, mas sempre com estatísticas discretas. Aliás, Bowen nunca se destacou por estatísticas espetaculares.

Em 1999-00, Bowen inicou a temporada jogando pelo Philadelphia 76ers; apareceu em 42 partidas e foi trocado junto ao Chicago Bulls, sendo imediatamente dispensado. Então, como agente livre, assinou com o Miami Heat, onde concluiu aquela temporada e também jogou a seguinte, quando, pela primeira vez na carreira, jogou todos os 82 jogos da temporada regular, e foi nomeado para o segundo time ideal de defesa da liga.

Finalmente em 2001-2002 chegou ao San Antonio Spurs, onde permanece até hoje. E foi no time do Texas que Bowen entrou em sua melhor fase na carreira (e a mais polêmica também). O camisa #12 ganhou três anéis de campeão com o Spurs, em 2003, 2005 e 2007, sendo fundamental em todos eles, desempenhando um importante papel defensivo, marcando sempre a “estrela” da equipe adversária, o que o fez ganhar o reconhecimento da torcida e também da NBA, que o premiou nomeando-o 2 vezes para o segundo time ideal de defesa e, atualmente, 4 nomeações seguidas para o All-Defense First Team. Recentemente, Bowen conseguiu uma sequência de 500 jogos sem se ausentar de nenhum, algo raro hoje em dia no basquete de alto nível e de força física da NBA.

Apesar de toda a polêmica o envolvendo, com muitos o considerando um jogador desleal, Bruce Bowen sempre é lembrado nas listas para o prêmio de jogador de defesa do ano, um reconhecimento ao esforço e dedicação de um dos melhores defensores da história do San Antonio Spurs e, porque não, da NBA.

Ficha Técnica:

Nome: Bruce Bowen Jr.

Data de Nascimento: 14/06/1971

Local de Nascimento: Merced, Califórinia

Peso: 91 Kg

Altura: 2,01 m

Posição: Ala

 

 

Médias na carreira (por partida):

Temporada Regular:

Pontos: 6,4

Rebotes: 2,9

Assistências:1,3

Roubos de bola: 0,9

FG: 40,8 %

3 PT: 39,1%

Playoffs:

Pontos: 6,0

Rebotes: 2,8

Assistências:1,3

Roubos de bola: 0,8

FG: 39%

3 PT: 42,1%

Participe de nossa comunidade no Orkut!

 

Anúncios

Pré-Jogo – Spurs @ Magic

Pré-Jogo – Spurs @ Magic

Local: Amway Center

Horário: 20:00 (Horário de Brasília)

Data: 25/03/2008

Situação do jogo

Já classificado para os playoffs da atual temporada, o time da Flórida recebe o Spurs sem muitas pretensões, uma vez que a conquista de sua divisão também já está praticamente assegurada. Já o time de San Antonio vem embalado, após a terceira vitória consecutiva depois de um período de quatro revezes seguidos.

Em seus últimos quatro jogos, o time de Duncan e cia. venceu três e perdeu um, sendo que metade desses jogos (vitórias contra Mavericks e Bulls) foram jogados nos domínios adversários. Já o time do Superman Dwight Howard jogou três de seus últimos quatro jogos na terra da Disney. Nessas quatro partidas o Orlando somou duas vitórias e duas derrotas.

É a chance do San Antonio Spurs embalar e do Orlando Magic ir cada vez mais garantindo o título de sua divisão. O jogo vale também pelo excelente duelo de garrafão entre Duncan e D12 e pelo duelo estrangeiro envolvendo o astro Manu Ginóbili e a grata surpresa da temporada Hedo Turkoglu.

Série na temporada (1-0)

21/11 – Magic 110 @ 128 Spurs

No único jogo entre as equipes na temporada, no AT&T Center, quem se deu melhor foi a equipe do Oeste, com grande vitória por 128 a 110. Destaca-se nesse confronto as belíssimas atuações de cinco jogadores: Turkoglu e Howard pelo time da Flórida e Parker, Manu e Duncan pelo time do Texas. Juntos, esses jogadores anotaram 139 pontos, sendo resposáveis por 59% da pontuação do duelo. Fora esses cinco, ainda destacou-se na partida o ala-armador Brent Barry, que teve aproveitamento de 5-6 em bolas de três pontos

Na pré-temporada, as equipes se enfrentaram em Orlando, do dia 25 de outubro, com vitória para o time do Leste. Mas a partida não teve valor nenhum senão o de treino.

Fique de olho

Hedo Turkoglu

O jogador turco vem fazendo uma grande temporada, e tem sido fundamental para a boa campanha do Orlando Magic, ao lado das estrelas Rashard Lewis e Dwight Howard. Com médias de 19,9 pontos, 5,9 rebotes e 4,9 assistências por jogo, o ala é um dos principais favoritos ao título de MIP (jogador que mais evoluiu, em inglês Most Improved Player) da temporada 2007/08. Hoje, deve travar um duelo interessante entre estrangeiros com o ala-armador argentino Manu Ginóbili.

 

Entre em nossa comunidade no Orkut!

 

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SPURS BRASIL DIRETO NO SEU E-MAIL! CLIQUE AQUI E CADASTRE-SE!

 

O problema de Horry

Robert Horry

O ala-pivô do Spurs, Robert Horry, que sofreu uma contusão no joelho esquerdo no jogo de sexta contra o Sacramento Kings, não jogou na partida de domingo, e disse não saber quando irá estar apto a jogar novamente.

“Eu não sei quanto tempo durará,” disse Horry. “Eu nunca tive esse tipo de contusão antes, está acima e abaixo da patela. Ela estava apenas abaixo da rótula antes de ser atingido, e agora está em cima também.”

“Não é a parte de forçar fisicamente que incomoda, mas sim quando coloco pressão sobre o joelho. Não é que eu pulo na perna esquerda de qualquer maneira, mas ela é minha perna de apoio”.

Entre em nossa comunidade no Orkut!

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SPURS BRASIL DIRETO NO SEU E-MAIL! CLIQUE AQUI E CADASTRE-SE!

Barry é oficialmente um Spurs

Brent Barry (Foto por Chris Birck/Getty Images)

Brent Barry é um Spurs novamente.

O ala-armador de 36 anos, envolvido em uma troca com o Seattle SuperSonics em 20 Fev. e liberado em 22 Fev., assinou um novo contrato com o Spurs, depois da vitória no domingo por 88-81 contra o Dallas Mavericks.

“Eu estou muito feliz e excitado pro estar de volta ao Spurs,” disse o ala-armador. “Há definitivamente uma certa paz de espírito por ter um final à isso. Meu foco agora é recuperar a forma e tentar contribuir para o que o time precisa.”

As regras da liga proibiram Barry de retornar ao Spurs por 30 dias depois da troca, que trouxe o ala-pivô Kurt Thomas a San Antonio. Vários concorrentes ao título da NBA, incluindo Dallas Mavericks, Houston Rockets, Phoenix Suns e Boston Celtics conversaram com Barry depois dele ter se tornado um agente livre, mas ele optou esperar 30 dias para retornar ao Spurs.

O time de San Antonio permaneceu durante a noite em Dallas depois da vitória no jogo da tarde, e Barry se juntou ao time no hotel depois de assinar o contrato. Ele irá fazer um trabalho junto com o elenco pela manhã em Dallas, antes de viajar para Orlando, onde irá jogar na terça contra o Magic.

Barry tem médias de 7,3 pontos em 29 jogos com o Spurs antes da troca, porém perdeu 11 jogos seguidos com um estiramento do músculo da panturrilha esquerda.

“Eu não tenho certeza como minha panturrilha está agora,” disse Barry. “Tinha muito o que eu poderia fazer sem arriscar machucar mais. Eu so saberei quando voltar para a quadra treinar.”

Barry disse que praticou seu arremesso nas quadras da área de San Antonio e nadou para manter o condicionamento cardiovascular.

Entre em nossa comunidade no Orkut!

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SPURS BRASIL DIRETO NO SEU E-MAIL! CLIQUE AQUI E CADASTRE-SE!