Spurs vs. Kings – Duelo também nos resumos

Introdução

Em mais uma participação especial no Spurs Brasil, Line resume a partida de hoje na visão de sua equipe, o Sacramento Kings, e nós, do Spurs Brasil, faremos nosso rotineiro resumo, na nossa visão do jogo. Obrigado Line, por mais uma participação em nosso blog.

Equipe Spurs Brasil

San Antonio Spurs89X102Sacramento Queens

Kings – Problemas na defesa, pane no ataque

Com claras falhas no sistema defensivo e má distribuição de bola no ataque, o Sacramento perde mais uma partida.

Foi um jogo no qual o Sacramento Kings só esteve a frente no placar durante duas oportunidades, no primeiro quarto. Mesmo assim, por vários momentos a impressão passada era a de que o time tinha chances de conseguir uma vitória.

Desde o início do jogo, o armador Kevin Martin demonstrou que teria problemas para pontuar. Isso não só pela sua falta de inspiração nos arremessos, como também pela excelente marcação defensiva do Spurs. Bruce Bowen foi implacável em todos os momentos que foi incumbido de marcar Martin. No entanto, o camisa 23 ainda conseguiu dígitos duplos em pontos, apostando em uma de suas especialidades; cavar faltas que o levam para a linha de lance livre. E foi de lá que ele anotou 15 de seus 20 pontos.

Hoje, os erros de ataque, que tanto atormentaram o Kings durante a temporada, não complicaram a equipe. Foram apenas 11, que permitiram que o San Antonio anotasse seis pontos em resposta. O armador Anthony Johnson, que mais uma vez teve que substituir Beno Udrih, que continua sentindo dores nas costas, foi o que mais cometeu erros, um total de três. Johnson não teve a mesma brilhante atuação da partida contra o Golden State Warriors, quando conseguiu um duplo duplo que incluiu 13 assistências, e dessa vez terminou o jogo com apenas dois passes decisivos. Por sinal, assistências foi um dos quesitos no qual o Sacramento não foi bem hoje. Foram somente 11, contra 27 do time da casa. A defesa também apresentou claros sinais de falha. Por diversas vezes, o Spurs consseguiu cestas fáceis no garrafão, incluindo uma jogada individual na qual o armador Tony Parker converteu uma bandeja após levar a bola de um lado ao outro da quadra, num contra ataque que deixou enfurecido o técnico Reggie Theus.

Durante grande parte dos dois primeiros quartos, o Kings se manteve na partida, e a diferença máxima em favor do Spurs foi de sete pontos. No terceiro quarto, parecia que o time havia voltado decidido a reverter a situação desfavorável, e chegaram a empatar a partida em 58 pontos para cada lado, após Martin converter um lance livre de falta técnica. A partir de então, parecia que o equilíbrio iria ditar o tom do jogo, mas um lance no qual Brad Miller cometeu uma falta flagrante em Manu Ginóbili foi decisivo para acabar com as esperanças do Kings. O ala Ron Artest reclamou com a arbitragem sobre a marcação, alegando que Ginóbili havia revidado em Miller e, no final, o argentino recebeu uma falta técnica. Após esse lance, que ocorreu quando restavam mais de quatro minutos a serem jogados no terceiro período, o Kings marcou apenas cinco pontos, contra 12, e logo a diferença já era de dígitos duplos. No último quarto, não houve nem um esboço de reação do Sacramento.

O Kings agora possui 31 vitórias e 37 derrotas, e continua em busca de uma campanha melhor que a da temporada passada, quando terminou com 33 vitórias e 49 derrotas.

Destaques da partida

Kevin Martin – 20 pontos, 15-17 nos lances livres, 2-12 nos arremessos de quadra

Anthony Johnson – 12 pontos, 5-9 nos arremessos de quadra

Mikki Moore – 9 rebotes

Craque da partida:

O ala Ron Artest foi claramente o melhor jogador em quadra pelo Sacramento. Em várias oportunidades, ele tomou a liderança do time, foi agressivo ao partir para a cesta e anotou pontos importantes.

Estatística: 23 pontos, 7 rebotes, 10-21 nos arremessos de quadra

por Line

Spurs – Mais um belo passeio

Em mais uma grande apresentação da dupla Tony Parker e Tim Duncan, o San Antonio Spurs derrotou o Sacramento Kings no AT&T Center.

O começo da partida foi ruim nos arremessos de quadra para os dois times; o Spurs acertou apenas 22% e o Kings 27%. Faltando quatro minutos para o fim do primeiro quarto, Francisco Garcia fez uma falta ofensiva e se chocou com Robert Horry. Horry saiu mancando, com dores no joelho esquerdo, e não retornou mais ao jogo. Ime Udoka entrou no final do período e anotou 5 pontos, dando ao Spurs a vitória parcial por 19-23.

A segunda etapa começou com o Finley marcando os cinco primeiros pontos do Spurs, mantendo a liderança. O jogo continuou com muitas faltas e erros dos dois lados. Ron Artest anotou 17 pontos para o Kings. Tony Parker fez 13 pontos e Tim Duncan 12 para o Spurs, levando a vantagem do time texano no intervalo para 47-54.

No começo do terceiro quarto, o Kings fez 11-4 contra o Spurs, empatando a disputa em 58-58. Bruce Bowen, com uma cesta de três pontos, colocou o Spurs na frente novamente. Porém, logo depois, Bowen e Ginobili receberam uma falta técnica cada um. O San Antonio estava dominando a partida, terminando mais um período na frente por 68-79.

No último período, o Kings tentou iniciar uma reação, mas não conseguiu engrenar. Logo depois, o Spurs conseguiu fazer 9-2 com seis pontos seguidos de Fabricio Oberto. Depois disso, Popovich tirou os titulares de quadra, e colocou os reservas para terminar a partida. O confronto terminou com uma vitória tranquila pelo placar de 89-102.

O Spurs venceu todos os quartos, mesmo nao tendo feito um grande jogo, e até permitindo o empate do Kings no terceiro período. Eles conseguiram vencer os dois jogos em noites seguidas. Mais uma vez, a nota ruim da noite vai para Manu Ginobili, que fez mais uma partida ruim, anotando 9 pontos, 5 assistências e 2 rebotes. O Spurs está vencendo a série por 2-1, e ainda enfrenta o Kings mais uma vez, no dia 14 de abril, na Arco Arena. O próximo confronto será contra o rival Dallas Mavericks, domingo, no American Airlines Center.

Destaques da partida

Tim Duncan: 21 pontos, 13 rebotes, 2 roubos de bola e 3 tocos

Tony Parker: 19 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Jacque Vaughn: 11 pontos e 7 assistências

Bruce Bowen: 10 pontos e 100% (2-2) em arremessos de três pontos

Kurt Thomas: 7 rebotes

por Glauber da Rocha

Entre em nossa comunidade no Orkut!

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SPURS BRASIL DIRETO NO SEU E-MAIL! CLIQUE AQUI E CADASTRE-SE!

Anúncios

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 22/03/2008, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Eu que agradeço! ^^
    Muito obrigada a toda equipe do Spurs Brasil pela oportunidade!
    Sempre que precisarem, estou a disposição…

  2. perdi as 10 jujubas!!
    :/

  3. Temo que a volta ao banco tenha abalado um pouco o Manu, ou até deixado-o insatisfeito.

    PS: Como editor do blog, fico feliz em ver Line, novamente, abrilhantando nosso espaço! =]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s