Arquivo diário: 07/03/2008

Notícias – Só faltam sete…

Com a vitória do Spurs sobre o Indiana Pacers, na madrugada do dia 6 para o dia 7 de março, o time texano chega cada vez mais perto de quebrar uma marca da franquia: a de maior sequência de vitórias. O recorde a ser quebrado ocorreu na temporada de 1995/1996, quando ainda nem sonhávamos em ser tetra campeões da NBA. Leia o resto deste post

Pacers @ Spurs – Dois tempos, dois times

 

108 x 97

Os Spurs receberam, na noite dessa quinta-feira, como favoritos, os Pacers, que não contaram com Jermaine O’Neal. O jogo começou com Kurt Thomas de titular na equipe de San Antonio. Os primeiros minutos foram equilibrados, até que os Spurs abriram com a bandeja de Tony Parker; faltando 5:52, o placar marcava 20 x 15. A vantagem foi se mantendo, e, faltando 2:30, os Pacers já haviam gastado dois tempos. Pop resolveu então movimentar os reservas, o que colocou o Indiana de volta ao jogo; o primeiro quarto acabou empatado em 27.

No segundo período, muitos desses reservas se mantiveram em quadra; desses, Matt Bonner se destacava, alcançando 7 pontos e 2 rebotes até o primeiro tempo pedido por Pop, faltando 9:05 para o halftime. Com 5:38 por correr no relógio, o técnico dos Spurs tomou duas técnicas e levou o empate em 38. Outro tempo foi pedido pelos Pacers faltando 2:56; ali, os Spurs dominavam os rebotes por 23 x 13, mas seus 11 turnovers não os deixaram abrir vantagem. O jogo, até então marcado pelo equilíbrio, foi para o intervalo com vitória parcial do San Antonio por 50 x 48, com grandes atuações de Parker e Manu, mas com Duncan participando pouco ofensivamente.

O terceiro quarto começou com os Spurs em run de 9-2, abrindo 9 de vantagem e forçando os Pacers a pedirem tempo. O time de San Antonio continuou atropelador e, após a falta técnica do time de Indiana faltando 1:41, a vantagem subiu para 16 pontos e encerrou o período em 15. Um quarto digno de San Antonio Spurs, vencido por 34 x 21.

O último período teve em seu início uma rotação que Pop vem testando muito: 4 homens leves (Vaughn, Manu, Finley e Bowen) e 1 homem de garrafão (Oberto). O time de San Antonio continuou arrasador e, faltando 6:43, já atingia a marca de 100 pontos. O Indiana chegou a equilibrar o quarto, mas não o jogo; vitória dos Spurs por 108 x 97.

Um primeiro tempo burocrático e um segundo de bom basquetebol foram suficientes para vencer os Pacers e atingir a marca de 11 vitórias seguidas, mas o time tem de ficar atento para que os 22 turnovers de hoje não voltem a se repetir.

Destaques da partida:

Manu Ginóbili – 28 pontos, 5 rebotes, 4 assistências

Tony Parker – 19 pontos, 5 assistências

Matt Bonner – 12 pontos, 4 rebotes

Tum Duncan – 6 pontos, 12 rebotes