Spurs (15-14) vs Bulls (6-23) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Chicago Bulls – Temporada regular

Data: 15/12/2018

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,15 (favorito) x Bulls 6.25

Vindo de quatro vitórias consecutivas, o San Antonio Spurs segue em casa e enfrenta o Chicago Bulls, que vem de derrota para o Orlando Magic. Do lado dos Texanos, Pau Gasol e Dejounte Murray são desfalques. Do lado visitante, o ala-armador Denzel Valentine é baixa.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Série na temporada (1-0)

26/11/2018 – Spurs 108 @ 107 Bulls

O Spurs visitou o Bulls no primeiro duelo da temporada e teve de suar para conseguir a vitória por um ponto de diferença. Pelo lado texano, o ala-armador DeMar DeRozan deixou a quadra com 21 pontos, oito rebotes e cinco assistências e se destacou na ocasião.

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Um dos principais nomes da equipe texana essa temporada, Rudy Gay vem sendo importante tanto defensivamente quanto ofensivamente. Podendo atuar em diversas posições e conseguindo bons matchups, o ala é importante arma para Gregg Popovich..

PG – Ryan Arcadiacono

SG – Zach LaVine

SF – Justin Holiday

PF – Lauri Markkanen

C – Wendell Carter Jr.

Fique de Olho – Principal esperança para o futuro da franquia de Chicago, Zach LaVine mantém médias de 23.8 pontos, 4,9 rebotes e 4,8 assistências por partida na temporada.

Anúncios

Spurs (15-14) vs Clippers (17-11) – Empolgou

 125×87

Nessa quinta-feira (13), o San Antonio Spurs recebeu o Los Angeles Clippers, oponente mais difícil da série que o alvinegro texano faz em casa, e venceu com propriedade por 125 a 87, no que foi seu triunfo mais largo da temporada. Vamos aos destaques do jogo.

Gay se destacou contra o Clippers (Reprodução/twitter.com/spurs)

Isso que é defesa

Depois de sofrer derrotas de mais de 30 pontos de diferença nesta temporada, o Spurs finalmente começou a defender, respeitando um dos maiores princípios da era Gregg Popovich. Com isso, a equipe texana segurou um adversário que faz 114,3 pontos por partida nesta campanha a apenas 87. Apertando a marcação, o alvinegro conseguiu 14 pontos em contra-ataques, contra somente dois do Clippers. Conseguindo cestas mais fáceis deste modo, os donos de casa tiveram 59% de aproveitamento nos arremessos de quadra. No primeiro quarto, esse número chegou a incríveis 63%. Quando o resultado já estava quase assegurado, os mandantes seguraram o time de Los Angeles a 20 pontos no terceiro quarto e a dez no último.

Encontrando entrosamento

DeMar DeRozan terminou a partida com 14 pontos em 14 arremessos de quadra, mas compensou com sete assistências, além de quatro rebotes. Jogador mais criativo da equipe, o ala-armador é um pontuador confiável no um contra um, mas a equipe texana fica mais perigosa quando ele usa sua visão de quadra para envolver seus companheiros. Melhor para LaMarcus Aldridge, que deixou a quadra com 27 pontos, quatro rebotes e duas roubadas de bola e finalmente ameaça engrenar após um começo de temporada abaixo do esperado.

Papai chegou

Depois de perder dois jogos para acompanhar o nascimento de seu primeiro filho, Davis Bertans voltou à rotação do Spurs. O letão saiu do banco de reservas para anotar cinco pontos, quatro rebotes, duas assistências e dois tocos e 17 minutos. Na segunda unidade, forma dupla versátil de alas com Dante Cunningham, ajudando a compensar a falta de altura de Patty Mills e Marco Belinelli e ajudando a abrir a quadra para Jakob Poeltl aproveitar sua presença de garrafão.

Fator x

Contra o Clippers, Bryn Forbes acertou somente dois dos sete arremessos de três pontos que tentou, mas chegou aos dez pontos mais uma vez, registrando ainda duas assistências e uma roubada de bola. Com isso, o jogador se tornou apenas o segundo da história do Spurs a registrar mil pontos e 150 bolas de três convertidas nos primeiros 150 jogos pela franquia, se juntando aos ala-armadores Danny Green e a Gary Neal no clube exclusivo.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 27 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Rudy Gay – 21 pontos, 6 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 14 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Marco Belinelli – 14 pontos e 5 rebotes

Patty Mills – 11 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Derrick White – 11 pontos e 4 rebotes

Bryn Forbes – 10 pontos

Los Angeles Clippers

Tobias Harris – 17 pontos e 5 rebotes

Danilo Gallinari – 15 pontos, 4 assistências e 3 rebotes

Avery Bradley – 15 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Shai Gilgeous-Alexander – 13 pontos

Spurs (14-14) vs Clippers (17-10) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Los Angeles Clippers – Temporada regular

Data: 13/12/2018

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,72 (favorito) x Clippers 2,22

Vindo de três vitórias consecutivas e finalmente com aproveitamento de 50% nesta campanha, o San Antonio Spurs tenta entrar de vez na briga por uma vaga nos playoffs contra o Los Angeles Clippers, quarto colocado na Conferência Oeste e uma das sensações da temporada. A equipe texana segue sem Dejounte Murray e Pau Gasol, machucados. Do outro lado, os visitantes têm os também lesionados Lou Williams, Jerome Robinson e Luc Mbah a Moute como desfalques.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Série na temporada (0-1)

15/11/2018 – Spurs 111 @ 116 Clippers

Sofrendo como visitante na temporada, o Spurs perdeu para o Clippers em partida disputada na Califórnia. DeMar DeRozan, com 34 pontos, seis rebotes e cinco assistências, se destacou.

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Aproveitando-se das recentes ausências de Dante Cunningham e Davis Bertans, Derrick White teve oportunidade para mostrar serviço como titular. Na temporada, o armador tem médias de 5,6 pontos e 3,5 assistências em 20,5 minutos por exibição, números que se transformam em 7,1 pontos e 4,4 assistências em 24,8 minutos por partida contando apenas os jogos em que fez parte do quinteto inicial do técnico Gregg Popovich.

PG – Shai Gilgeous-Alexander

SG – Avery Bradley

SF – Danilo Gallinari

PF – Tobias Harris

C – Marcin Gortat

Fique de Olho – A ausência de Lou Williams torna o armador Shai Gilgeous-Alexander ainda mais importante para o Clippers. Até aqui, na temporada, o sólido novato tem médias de 10,6 pontos, 3,3 rebotes e três assistências em 27,3 minutos por exibição.

Spurs (14-14) vs Suns (4-24) – Entrando nos trilhos

 

111×86

Depois de bater o Utah Jazz e em plena recuperação na temporada, o San Antonio Spurs recebeu o Phoenix Suns na noite dessa terça-feira (11) e, no melhor estilo Gregg Popovich, aplicou forte defesa e venceu os visitantes pelo placar de 111 a 86, conquistando assim a sua terceira vitória consecutiva no campeonato. Confira, a seguir, os destaques do duelo.

O coletivo falou mais alto (Reprodução/San Antonio Spurs Twitter)

Para empolgar

Com um desempenho bem atípico durante a temporada, o Spurs está querendo brigar entre os grandes da Conferência Oeste. Até lá, o caminho é bem longo, mas os texanos estão dando seus primeiros passos. Contra o Suns, a equipe de Gregg Popovich voltou a desempenhar boa defesa, que até então tinha média de 113,3 pontos sofridos por jogo, e permitiu apenas 86. Nos últimos seis triunfos, a média de pontos sofridos caiu para 101.

“Foi o terceiro jogo seguido em que todos estavam envolvidos e jogamos da maneira que queríamos jogar. A emoção está lá. A sensação de que todos estão contribuindo para uma vitória como essa é bom para todo mundo”, disse Patty Mills, após a partida.

Brilha, garoto!

De fato, Mills tem razão. Por isso, o destaque da equipe foi Bryn Forbes, que pela primeira vez em sua carreira anotou um double-double. O armador atingiu seu recorde na temporada com 24 pontos e o recorde de sua carreira em rebotes com 11. Desde que jogava no colégio, nunca havia chegado aos duplos dígitos em dois quesitos, muito por conta de sua altura. Até então, tinha coletado no máximo cinco ressaltos. Ele atingiu tudo isso ainda no terceiro quarto.

“Isso é importante para mim. Mas precisávamos dessa vitória mais do que eu precisava do double-double“, ressaltou Forbes. A limitação imposta ao Suns acontece duas semanas após o Spurs perder quatro jogos em que três deles foram por diferença de pelos menos 30 pontos. O time de Phoenix não liderou em nenhum momento da partida e chegou ao décimo tropeço seguido. Perdendo por mais de 25 pontos na última parcial, os visitantes jogaram a toalha e colocaram os reservas em quadra. Pop também lançou o banco..

Um por todos, todos por um

Outro destaque do Spurs foi o jogo coletivo. Prova disso foi a pontuação baixa de DeMar DeRozan, que fez apenas cinco pontos, mas tentou somente seis arremessos e se concentrou em fazer o time jogar, distribuindo nove assistências no total, sendo oito no primeiro tempo e seis que terminaram em chutes de três pontos convertidos por seus seus companheiros.

Pop histórico

Claro que Gregg Popovich não iria passar imune aos elogios. O técnico fez o time jogar conforme suas já conhecidas características após tanto tempo à frente da equipe em que fez história na NBA. Pop ultrapassou ninguém menos que Pat Riley e se tornou o quarto treinador mais vitorioso da liga, com 1.211 triunfos, apenas dez a menos que Jerry Sloan. O recordista é Don Nelson, com 1.335. Será que o ídolo da franquia de San Antonio chega lá?

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Bryn Forbes – 24 pontos, 11 rebotes e 3 assistências

LaMarcus Aldridge – 18 pontos e 5 rebotes

Dante Cunningham – 14 pontos e 3 rebotes

Rudy Gay – 13 pontos e 4 rebotes

Marco Belinelli – 11 pontos

Phoenix Suns

T.J. Warren – 23 pontos e 6 rebotes

De’Anthony Melton – 17 pontos, 7 rebotes e 6 assistências

Deandre Ayton – 12 pontos, 11 rebotes e 4 assistências

*Texto publicado pelo mesmo autor no site The Playoffs

Spurs (13-14) vs Suns (4-23) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 11/12/2018

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após vencer o Utah Jazz por 110 a 97, o San Antonio Spurs volta à quadra nesta terça-feira (11) contra o pior time da temporada, o Phoenix Suns. Mas não espere vida fácil, já que os texanos foram vítimas de uma das únicas quatro vitórias do time do Arizona no campeonato. Ao longo dos anos, os comandados de Gregg Popovich ficaram conhecidos por seu extremo empenho defensivo, e é nisso que a equipe aposta para se reerguer e ficar acima de 50% na campanha.

Confrontos na temporada (1-1)

31/10/2018 – Spurs 120 @ 90 Suns

O Spurs visitou o Suns no primeiro confronto entre as equipes na temporada e levou a melhor sobre os adversários sem grandes sustos. Com a ausência de Devin Booker e com Deandre Ayton pouco inspirado, DeMar DeRozan assumiu o protagonismo com 25 pontos, quatro rebotes e três assistências, enquanto LaMarcus Aldridge guardou 24 pontos e três rebotes.

14/11/2018 – Spurs 96 @ 116 Suns

Em um revés preocupante, o Spurs visitou o Suns no Arizona e perdeu pelo sonoro placar de 116 a 96, totalizando o quarto tropeço da equipe texana em seis jogos como visitante na temporada 2018/2019 até então. De um lado, o ala-armador DeMar DeRozan foi o destaque do time de San Antonio com 24 pontos, cinco rebotes e quatro assistências, enquanto o ala TJ Warren fez 27 pontos, quatro rebotes e três roubos de bola pelos mandantes.

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SFDeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – DeMar DeRozan foi o principal jogador do Spurs nos dois confrontos com o Suns até aqui. Vindo de uma vitória sobre o Jazz, que serviu para empolgar a equipe, o ala-armador pode aproveitar do momento para liderar o time mais uma vez.  No triunfo sobre os rivais de Salt Lake City, guardou 26 pontos, com oito assistências e seis rebotes.

PG – De’Anthony Melton

SG – Mikal Bridges

SF – T.J. Warren

PF – Trevor Ariza

CDeandre Ayton

Fique de Olho – Primeira escolha do Draft deste ano, Deandre Ayton pode muito bem se aproveitar do garrafão do Spurs, que deve ir bem aberto com dois armadores, dois alas e um ala-pivô. Com a ausência de Devin Booker, o calouro tem sido o principal pontuador do Suns e, na desgastante partida contra o Los Angeles Clippers, fez 20 pontos e conquistou 12 rebotes.