Spurs (45-8) @ Magic (23-29) – Kawhi para o resgate

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif98×96

Com direito a grande virada no quarto período, o San Antonio Spurs venceu, fora de casa, o Orlando Magic, nessa quarta-feira (10), pelo placar de 98 a 96, em seu último compromisso antes da pausa para o All-Star Weekend. A cesta da vitória do time texano, que fazia a sua segunda partida durante a anual Rodeo Road Trip, foi marcada por Kawhi Leonard a menos de um segundo do fim. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Leonard decidiu a partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Decisivo

Kawhi Leonard deixou a quadra como o cestinha da partida: foram 29 pontos, além de sete rebotes e duas roubadas de bola para o ala. Além disso, ele corou sua grande atuação marcando, no segundo final, os dois pontos que deram a vitória ao alvinegro. O belo e preciso arremesso de dois pontos de longa distância tem virado uma marca registrada do astro.

Duncan voltou ao time (Reprodução/nba.com/spurs)

Virou! Mas quase entregou…

O Spurs começou o quarto período perdendo por 81 a 67: 14 pontos de desvantagem. Para conseguir a virada, o time, desfalcado de Tony Parker e Manu Ginobili, machucados, precisou se basear no trabalho coletivo. Além de Leonard, estiveram entre os destaques do jogo Patty Mills, com 17 pontos, sete assistências, seis rebotes e duas roubadas de bola, e Danny Green, com 12 pontos e cinco rebotes. Mas o alvinegro quase colocou tudo a perder, já que, após a cesta da vitória, permitiu que Elfrid Payton corresse a quadra livre, recebesse a bola e errasse a bandeja que levaria o jogo para a prorrogação se convertida.

Sangue frio

LaMarcus Aldridge parecia estar em uma daquelas noites que a torcida do Spurs ama odiar. Porém, depois de se portar de modo passivo durante boa parte do jogo, o ala-pivô chamou a responsabilidade quando o Spurs perdia por 91 a 88 restando 4:30 para o fim.

O ala-pivô marcou, então, os seis próximos pontos da equipe, que chegou a virar para 94 a 93. Ele deixou a quadra com 21 pontos, sete rebotes e dois tocos.

De volta

Depois de perder os últimos oito jogos do Spurs por conta de dores no joelho direito, Tim Duncan retornou à equipe na partida contra o Magic. Porém, teve seus minutos gerenciados por Gregg Popovich: atuou por pouco mais de 18, anotando cinco pontos, sete rebotes, cinco assistências e três tocos e ficando no banco durante todo o quarto período.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 29 pontos, 7 rebotes e 2 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 21 pontos, 7 rebotes e 2 tocos

Patty Mills – 17 pontos, 7 assistências, 6 rebotes e 2 roubos de bola

Danny Green – 12 pontos e 5 rebotes

Orlando Magic

Evan Fournier – 28 pontos e 5 assistências

Nikola Vucevic – 20 pontos, 13 rebotes, 5 assistências e 2 tocos

Victor Oladipo – 14 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Elfrid Payton – 13 pontos, 7 assistências, 6 rebotes e 2 roubos de bola

Spurs (44-8) @ Magic (23-28) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Orlando Magic – Temporada Regular

Data: 10/02/2016

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: Amway Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,21 (favorito) @ Magic 4,43

Um dia após bater o Miami Heat fora de casa, o San Antonio Spurs visita o Orlando Magic na segunda partida da anual Rodeo Road Trip. Para o compromisso, o alvinegro contará com o retorno de Tim Duncan, que perdeu os últimos oito jogos por conta de dores no joelho direito. Kyle Anderson, que não jogou na noite anterior, também volta. Por outro lado, Manu Ginobili, que se recupera de cirurgia nos testículos, e Matt Bonner, com uma lesão na panturrilha esquerda, seguem fora, enquanto Tony Parker, com uma torção no tornozelo esquerdo, é dúvida. A equipe da casa, por sua vez, espera para ver se terá C.J. Watson e Tobias Harris.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

02/02/2016 – Spurs 107 x 92 Magic

O Spurs contou com 28 pontos e quatro rebotes de LaMarcus Aldridge para vencer o Magic no AT&T Center no primeiro encontro das duas equipes na atual temporada.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de olho – Se no ataque Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge tomaram as rédeas do Spurs, na defesa Tim Duncan, que volta após se recuperar de lesão, continua sendo a âncora do time mesmo aos 39 anos de idade. Na temporada, suas médias são de 8,9 pontos, 7,5 rebotes e três assistências em 25,9 minutos por exibição.

PG – Elfrid Payton

SG – Victor Oladipo

SF – Evan Fournier

PF – Aaron Gordon

C – Nikola Vucevic

Fique de olho – De volta ao time titular após ser testado, sem sucesso, como sexto homem do Magic, Victor Oladipo é uma das referências desta jovem equipe. Na temporada, suas médias são de 14,2 pontos, 4,7 rebotes e 4,1 assistências em 31,1 minutos por exibição.

Spurs (44-8) @ Heat (29-24) – Aperitivo para o futuro

assinatura SA Br''

SanAntonioSpurs119×101

O San Antonio Spurs venceu nessa terça-feira (9) o Miami Heat, fora de casa, por 119 a 101, no primeiro compromisso desta edição da tradicional Rodeo Road Trip. Ainda sem contar com Tim Duncan e Manu Ginobili, machucados, o time alvinegro conseguiu sua 44ª vitória na competição após grande atuação da dupla LaMarcus Aldridge e Kawhi Leonard, que combinou para 51 pontos. Sem tempo para descanso, os texanos permanecem na Flórida, onde nesta quarta encaram o Orlando Magic. Vamos, na sequência, aos destaques da partida:

Cestinha, Aldridge manteve o nível das últimas atuações (Reprodução/nba.com/spurs)

Pegou no breu

Após ser metralhado nas redes sociais graças à má atuação na derrota para o Golden State Warriors, LaMarcus Aldridge se calou e começou a responder em quadra. Contra o Heat, o ala-pivô esteve imparável, saindo de quadra como o cestinha da partida, com 28 pontos (10-16 FG e 8-8 FT), além de quatro rebotes e quatro assistências. Nos últimos sete jogos, o camisa #12 sustenta média de 24,5 pontos por partida e vem sendo o All-Star que a franquia buscava para tentar suprir a iminente aposentadoria de Tim Duncan.

Photos: Spurs at Heat

Kawhi fez grande partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Dominante

A supremacia na área pintada foi determinante para o time de San Antonio sair com a vitória em Miami. Nenhum defensor foi capaz de segurar o ataque alvinegro, que somou nada menos do que 58 pontos no garrafão, contra apenas 42 dos donos da casa. Além disso, o Spurs também levou larga vantagem nos rebotes ofensivos (11, contra somente um do Heat), que resultaram em vários pontos de segunda chance. Ao todo, a equipe de Gregg Popovich apanhou 43 ressaltos durante o confronto, contra só 31 do adversário.

A frustração dos homens de garrafão do Heat transpareceu em Hassan Whiteside, que passou longe de suas grandes atuações defensivas e acabou sendo expulso do duelo durante o terceiro período após acertar uma cotovelada no rosto do servio Boban Marjanovic – outro que levou vantagem em cima do pivô do time de Miami, anotando 11 pontos e pegando seis ressaltos.

Em casa

Para o azar do Heat, Kawhi Leonard sente-se em casa no tablado da American Airlines Arena. Em 2014, o camisa #2 sagrou-se MVP das Finais após duas atuações magistrais na Flórida. Já nessa terça, agora como protagonista do Spurs, a história não foi diferente. Abrindo seu arsenal de jogadas, o ala converteu 11 dos 17 arremessos que tentou e anotou 23 pontos, além de apanhar nove ressaltos e distribuir quatro assistências. Na defesa, The Klaw também se destacou, conseguindo três roubos de bola e um bloqueio, sendo um dos principais responsáveis pelos 18 turnovers cometidos pelos donos da casa durante o confronto.

Esquentou?

Arma importantíssima do ataque alvinegro, Danny Green vem somando nessa temporada as piores médias desde que entrou efetivamente na rotação da equipe. Porém, parece que aos poucos sua pontaria vem voltando ao normal. Contra o Heat, o camisa #14 mais uma vez se mostrou afiado e contribuiu com 15 pontos, acertando seis disparos em dez tentativas, sendo duas delas da linha dos três pontos – somando os últimos sete compromissos, o aproveitamento de Green do perímetro é de 46%. O ala-armador também mostrou disposição defensivamente, saindo de quadra com três roubos de bola, além de sete rebotes.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 28 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Kawhi Leonard – 23 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 3 roubos de bola

Danny Green – 15 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Boban Marjanovic – 11 pontos e 6 rebotes

Jonathon Simmons – 10 pontos e 8 rebotes.

Miami Heat

Dwyane Wade – 20 pontos e 5 assistências

Chris Bosh – 18 pontos, 5 rebotes e 2 assistências

Spurs (43-8) @ Heat (29-23) – Temporada Regular

assinatura SA Br'

San Antonio Spurs @ Miami Heat – Temporada Regular

Data: 09/02/2016

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: American Airlines Arena, Miami, FL.

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,33 (favorito) @ Heat 3,34

Após vencer o Los Angeles Lakers e se manter invicto como mandante na temporada, com 28 triunfos em 28 partidas, o San Antonio Spurs inicia nesta terça-feira a sua anual Rodeo Road Trip – sequência de jogos que o time tem de fazer como visitante por conta de uma competição de rodeio no AT&T Center. Ainda sem Tim Duncan, com problemas no joelho direito, e Manu Ginobili, que se recupera de uma cirurgia nos testículos, o alvinegro encara um inconstante Miami Heat, quarto colocado na Conferência Oeste e que também deverá ter desfalques importantes, como o pivô Hassan Whiteside, que será avaliado nos vestiários, além de Tyler Johnson e Chris Andersen, ausências confirmadas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – David West

Fique de olho – Eleito melhor jogador da semana da Conferência Oeste, LaMarcus Aldridge vem em ótima sequência pelo alvinegro, registrando nos últimos seis jogos médias de 24 pontos e seis rebotes por exibição. Após péssima exibição na derrota para o Golden State Warriors, o camisa #12 parece ter voltado à velha forma dos tempos de Portland TrailBlazers.

Justise Winslow

PG – Goran Dragic

SG – Dwayne Wade

SF – Luol Deng/Justice Winslow

PF – Chris Bosh

C – Amar’e Stoudemire

Fique de olho – Considerado uma das jóias do último Draft, o calouro Justice Winslow vem fazendo boa temporada de estreia pelo Miami Heat. Tendo como principal qualidade a defesa, o ala soma, nos últimos cinco jogos, médias de sete pontos, oito rebotes e um roubo de bola por partida. Com Luol Deng voltando de contusão, o jovem deve ter bons minutos de quadra.

Spurs (43-8) vs Lakers (11-42) – Adeus, Kobe!

106×102 

Pela última vez em sua carreira como jogador, Kobe Bryant visitou o AT&T Center. Em meio às homenagens ao astro, o San Antonio Spurs sofreu mais que o esperado para bater em seu ginásio o Los Angeles Lakers por 106 a 102, nesse sábado (6). Vamos aos destaques.

Adeus à lenda

Ao longo de duas décadas, Kobe Bryant foi mais odiado do que amado em San Antonio, fruto da enorme rivalidade entre Spurs e Lakers, que durante muitos anos dominaram a Conferência Oeste e travaram duelos decisivos em temporadas regulares e, principalmente, nos playoffs. Mas, neste sábado, a implicância com o camisa #24 deu lugar à reverência.

Antes mesmo do início da partida desse sábado, a equipe texana preparou uma homenagem ao ala no telão do AT&T Center, com direito a depoimentos de Manu Ginobili, Tim Duncan, Tony Parker e Gregg Popovich (Assista no vídeo acima). A torcida aplaudiu e ovacionou o eterno rival – cena que, aliás, vem se repetindo nos ginásios ao redor da NBA.

Pela última vez… (Reprodução/nba.com/spurs)

Dentro de quadra

Mas dentro das quatro linhas ficou bastante evidente os motivos de Kobe pendurar os tênis. Aos 37 anos, o corpo já não responde como antes, e a pontaria já não é mais a mesma. Apesar de terminar o confronto com 25 pontos, sendo o cestinha do time visitante, o astro precisou de 28 arremessos para chegar a tal marca, convertendo somente nove, um aproveitamento de quadra de 32%. Sem conseguir atacar a cesta como nos tempos áureos, o camisa #24 insiste demais nas bolas de três pontos, que nunca foram o ponto mais forte do seu jogo. Contra o Spurs, foram 14 tentativas e somente quatro conversões, 28% de acerto.

Protagonista

Sem Tim Duncan – que deve ficar fora da equipe pelo menos até a parada para o All-Star Game – David West tem assumido a vaga titular, mas é LaMarcus Aldridge quem tem se aproveitado do espaço a mais que tem recebido em quadra. Com seus 26 pontos e nove rebotes, foi o motor ofensivo da equipe.

Grande reforço da última offseason, o ala-pivô parece mais confortável e adaptado ao time e voltou a apresentar o nível que demonstrou por anos no Portland TrailBlazers. Se no começo da temporada o aproveitamento nos arremessos deixava a desejar, nos últimos cinco jogos Aldridge registrou índice de acerto de 60,3% e média de 23,8 pontos. Considerando toda a temporada, os números são de 50,1% e 16,7 pontos por confronto.

Desfalque e ajustes

Outro que desfalca o time é Manu Ginobili, que depois de passar por uma cirurgia nos testículos ficará afastado por, ao menos, quatro semanas. Com isso, Jonathon Simmons viu seu tempo de quadra crescer. Dos 14,1 minutos por duelo que sustenta na temporada, saltou para 24 contra o Lakers. Mas quem parece que recebeu carta branca para assumir os arremessos que antes saíam das mãos do argentino foi Patty Mills, quem em apenas 22 minutos jogados chutou 15 vezes, sendo 11 de longa distância. O desempenho, no entanto, foi aquém do desejado, com apenas cinco acertos no geral e três de trás do arco.

Até logo, AT&T Center

O confronto com o Lakers foi o último em casa antes do Spurs embarcar para a Rodeo Road Trip, a sequência de partidas que a equipe todos os anos disputa enquanto o seu ginásio, o AT&T Center, é ocupado por um tradicional rodeio. E a equipe, com certeza, sentirá saudades de casa, já que ainda não sabe o que é perder como mandante nesta temporada, tendo vencido todos os 28 jogos que disputou em seus domínios.

Neste ano, a viagem começa no dia 9, contra o Miami Heat, e segue com visitas a Orlando Magic, dia 10, Los Angeles Clippers, dia 18, Los Angeles Lakers, dia 19, Phoenix Suns, dia 21, Sacramento Kings, dia 24, Utah Jazz, dia 25, e é encerrada contra o Houston Rockets, dia 27.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 26 pontos e 9 rebotes

Kawhi Leonard – 20 pontos e 13 rebotes

Tony Parker – 14 pontos e 4 assistências

Los Angeles Lakers

Kobe Bryant – 25 pontos e 4 assistências

Jordan Clarkson – 21 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Julius Randle – 15 pontos e 17 rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 67 outros seguidores