Spurs (33-26) @ Grizzlies (23-35) – Demorou, mas veio

 

108×107

Depois de ser derrotado pelo Utah Jazz, o San Antonio Spurs voou até o Tennessee, onde encarou o Memphis Grizzlies na noite dessa terça-feira (12) e conquistou a sua primeira vitória na Rodeo Road Trip desta temporada. Contando com ótimas atuações de Patty Mills e LaMarcus Aldridge e com um fim dramático, os comandados de Gregg Popovich derrotaram os anfitriões no limite, pelo placar de 108 a 107. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

LaMarcus Aldridge fechou a noite com double-double (Foto: Reprodução/twitter.com/spurs)

Conquistando seu espaço

Depois de vivenciar uma noite de sucesso das bolas de três pontos do Spurs, LaMarcus Aldridge decidiu assumir o protagonismo do jogo, no fim, dentro do garrafão. O ala-pivô anotou os sete últimos pontos da equipe, todos em bolas feitas próximas à cesta, contrariando uma exibição construída até então em chutes de fora. Afinal, foram 13 bolas de três pontos de 21 tentadas, sendo que as treze foram convertidas em 16 tentativas nos três primeiros quartos.

“Quando meus companheiros estão derrubando arremessos desse tipo, isso me dá espaço para jogar um-contra-um no garrafão, e então posso fazer meus movimentos”, disse Aldridge, após o duelo. E foi exatamente o que aconteceu. Avery Bradley, que anotou seu recorde na carreira com 33 pontos, colocou o Grizzlies à frente por 102 a 101 restando quatro minutos. Foi então que o camisa #12 assumiu a responsabilidade e fez os pontos finais do time.

Aldridge converteu um par de lances-livres a 51,1 segundos do fim, dando a liderança de 108 a 106 para o Spurs. Com a apenas um segundo no relógio, Jaren Jackson Jr. também foi para a linha dos lances livres, mas acabou errando o primeiro e convertendo o segundo, o que colocou números finais na primeira vitória texana nesta Rodeo Road Trip.

Explicações

A vitória é um alívio para o Spurs. A Rodeo Road Trip está sendo particularmente dura este ano, já que a equipe perdeu seus quatro primeiros jogos por uma média de 21 pontos. Parte da queda de rendimento do time de San Antonio passa pela lesão de Derrick White. O armador tem ficado de fora dos jogos da equipe por conta de dores no calcanhar direito.

“É difícil perder seu armador. Como você sai de casa para uma longa sequência fora, você tem que reconstruir quase tudo. Você não pode executar as coisas como antes, ninguém sabe exatamente para onde ir e o que fazer. Isso tem complicado um pouco para nós”, disse Pop.

Sequência

Após perder para Sacramento Kings, Golden State Warriors, Portland Trail Blazers e Utah Jazz, e vencer o Memphis Grizzlies, o Spurs ainda tem pela frente o Toronto Raptors, dia 22, o New York Knicks, dia 24 e, por fim, o Brooklyn Nets, dia 25 antes de enfim voltar ao AT&T Center.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 22 pontos, 11 rebotes e 4 tocos

Patty Mills – 22 pontos e 3 assistências

Davis Bertans – 17 pontos e 3 rebotes

Rudy Gay – 15 pontos, 12 rebotes e 8 assistências

DeMar DeRozan – 12 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Marco Belinelli – 11 pontos

Memphis Grizzlies

Avery Bradley – 33 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Jonas Valanciunas – 23 pontos e 10 rebotes

Justin Holiday – 11 pontos e 4 rebotes

CJ Miles – 10 pontos e 4 rebotes

Anúncios

Spurs (32-26) @ Grizzlies (23-34) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Memphis Grizzlies – Temporada regular

Data: 12/02/2019

Horário: 23h (Horário de Brasília)

Local: FedExForum

Onde assistir: NBA League Pass

Após ser derrotado pelo Utah Jazz e estender a sequência negativa na Rodeo Road Trip, o San Antonio Spurs chega na sua segunda metade de compromissos longe do AT&T Center e encara o Memphis Grizzlies. A defesa vai ser fundamental para o alvinegro sair do FedExForum com um resultado positivo, afinal, os comandados de Gregg Popovich sofreram, em média, 130 pontos dos adversários nas últimas quatro derrotas, a pior sequência do time na temporada. É também o pior início da tradicional viagem que os texanos fazem há 17 anos.

Confrontos na temporada (1-2)

21/11/2018 – Spurs 103 vs 104 Grizzlies

No primeiro confronto entre os times na temporada, disputado no AT&T Center, o Spurs perdeu para o Grizzlies no último lance em partida com polêmicas de arbitragem. DeMar DeRozan, com 25 pontos, cinco assistências e cinco rebotes, se destacou na ocasião.

05/01/2019 – Spurs 108 vs 88 Grizzlies

O Spurs recebeu o Grizzlies e chegou a assustar a torcida com um início ruim, mas depois deslanchou e contou com grandes atuações do armador Derrick White e do ala-pivô LaMarcus Aldridge, com 19 pontos e quatro rebotes e 18 pontos e sete assistências, respectivamente.

09/01/2019 – Spurs 86 @ 96 Grizzlies

O duelo marcou a segunda vez que as equipes se encontraram em menos de cinco dias. Por falar em cinco, o triunfo do Grizzlies marcou o fim de uma sequência de cinco vitórias seguidas do time texano. Bryn Forbes e Marco Belinelli fizeram 14 pontos cada, enquanto Marc Gasol foi o grande destaque da noite com 26 pontos, 14 rebotes e três assistências.

PG – Bryn Forbes

SGDeMar DeRozan

SF – Davis Bertans

PF – LaMarcus Aldridge

C – Jakob Poeltl

Fique de olho – Apesar da maré negativa que o Spurs tem enfrentado nos últimos compromissos, ao menos um ponto positivo merece destaque. DeMar DeRozan tem tido êxito em suas tentativas de cestas, tendo feito 23 pontos contra o Jazz, e apresentou média de 27,3 pontos, convertendo 34 dos 62 arremessos de quadra que tentou, nos últimos três jogos.

PG – Mike Conley

SG – Avery Bradley

SF – Justin Holiday

PF – Jaren Jackson Jr.

C – Ivan Rabb/Joakim Noah

Fique de olho – A troca de Marco Gasol favoreceu Joakim Noah, que depois de um longo tempo está aos poucos voltando a apresentar um bom nível. Contra o New Orleans Pelicans, em jogo que o Grizzlies venceu por 99 a 90, o pivô anotou 19 pontos e 14 rebotes vindo do banco. Detalhe: contra um forte garrafão composto por nomes como Anthony Davis e Julius Randle.

Spurs (32-26) @ Jazz (32-24) – Sequência negativa

 105×125

Nesse sábado (9), o San Antonio Spurs visitou o Utah Jazz e perdeu para os mandantes pelo placar de 125 a 105, sofrendo sua quarta derrota nos quatro primeiros jogos da Rodeo Road Trip deste ano. O alvinegro até conseguiu se manter na liderança durante o primeiro quarto, mas desmoronou nos períodos seguintes. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

DeRozan foi bem, mas precisa melhorar (Reprodução: USA-TODAY Sports)

Mais DeRozan

O Spurs precisa mais de DeMar DeRozan, o que pode parecer injusto após uma partida com 23 pontos e cinco assistências do ala-armador. Entretanto, o camisa #10 continua cometendo muitos turnovers e poucas vezes tem uma sequencia de pontos que devasta o time adversário.

Os grandalhões

LaMarcus Aldridge não teve um bom jogo. Atuando contra a forte defesa de garrafão do Jazz, o ala-pivô do Spurs não teve as atuações que vinha conseguindo nas últimas partidas, não ajudando a equipe tanto quando era necessário. Ao contrário do astro, o pivô reserva Jakob Poetl até teve uma boa apresentação, mas não foi páreo para os adversários.

Perímetro

Bryn Forbes até conseguiu alguns pontos, mas não os necessários para ajudar na derrota. Soma-se a isso o fato de que Marco Belineli e Patty Mills não tiveram boas atuações no perímetro, e o garrafão não funcionou como esperado. Foi a receita para mais uma derrota.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 23 pontos e 5 assistências

Patty Mills – 14 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 15 pontos e 10 rebotes

Bryn Forbes – 12 pontos

Utah Jazz

Donovan Mitchell – 23 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Rody Gobert – 21 pontos e 13 rebotes

Royce O’Neale – 17 pontos e 5 rebotes

Spurs (32-25) @ Jazz (31-24) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Utah Jazz – Temporada regular

Data: 09/02/2019

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: EnergySolutions Arena

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 3.25 x Jazz 1.38 (favorito)

Vindo de três derrotas consecutivas, o San Antonio Spurs tenta encerrar a série negativa contra um dos seus principais adversários na luta por uma vaga nos playoffs desta temporada.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Série na temporada (1-1)

05/12/2018 – Spurs 105 @ 139 Jazz

Apresentando variações entre boas e más atuações no começo da temporada, o Spurs foi totalmente subjugado pelo Jazz, perdendo por uma diferença de mais de 30 pontos.

09/12/2018 – Spurs 110 x 97 Jazz

Com ótima atuação de quase todos os jogadores que entraram em quadra, o Spurs conseguiu reverter, em casa, a primeira derrota sofrida para o Jazz, empatando a série.

PG – Bryn Forbers

SG – DeMar DeRozan

SF – Rudy Gay

PF – Davis Bertans

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Vindo de partida de 35 pontos, na derrota para o Portland Trail Blazers, DeMar DeRozan vem sendo, por vezes, o melhor jogador da equipe e, por outras vezes, não tem se destacado. Essa inconstância faz com que ele possa ser mais cobrado. Contra o Jazz, o ala-armador tem a chance de fazer mais uma boa partida, tentando se firmar como referência.

PG – Ricky Rubio

SG – Donovan Mitchell

SF – Joe Ingles

PF – Derrick Favors

C – Rudy Gobert

Fique de Olho – Exímio defensor e com boas atuações ofensivas, Rudy Gobert é um dos pilares do Jazz. Com ele em quadra, LaMarcus Aldridge terá dificuldades no ataque, assim como DeRozan, por conta da boa proteção de aro que o pivô adversário exerce. Com essa qualidade, pode forçar ambos os destaques alvinegros a experimentarem arremessos de longa distância.

Spurs (32-25) x Blazers (33-21) – Ainda zerados

 118×127

Nessa quinta-feira (8), o San Antonio Spurs visitou o Portland TrailBlazers e perdeu para os mandantes pelo placar de 127 a 118, sofrendo sua terceira derrota nos três primeiros jogos da Rodeo Road Trip deste ano. O alvinegro lutou e chegou a ensaiar uma virada no terceiro quarto, mas não teve fôlego para vencer. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

McCollum guiou o Blazers à vitória (twitter.com/trailblazers)

Faltou pouco

Quanto o Blazers abriu 21 pontos de vantagem no começo do terceiro quarto, parecia que o jogo já estava decidido. Foi aí que o Spurs lutou, conseguindo até mesmo arrancar um empate de 88 a 88. No entanto, o time da casa garantiu a vitória comandado por um inspirado CJ McCollum, que deixou a quadra com 30 pontos, nove rebotes, duas roubadas de bola e dois tocos em 34 minutos e converteu sete bolas de três, igualando seu recorde pessoal. Com a grande exibição do ala-armador, ficou difícil para o alvinegro roubar a vitória na estrada.

Se reforçar é importante

Se o Spurs entrou no quarto período perdendo por apenas 96 a 90 e viu o jogo ser decidido a favor do adversário, muito se deve a Rodney Hood. O ala do Blazers anotou 14 pontos e três rebotes em 25 minutos, saindo do banco de reservas, e converteu a bola de três que fez com que os mandantes abrissem 125 a 110 restando pouco menos de dois minutos, praticamente garantindo a vitória. O jogador foi uma das duas novidades que a franquia conseguiu na última semana de trocas – a outra é Skal Labissiere. O alvinegro, por sua vez, segue sem reforços.

Baixa

Mais uma vez, o Spurs entrou em quadra sem Derrick White. Com uma fascite plantar, o armador deve voltar às quadras somente depois a pausa para o All-Star Game – ao menos, é o que o técnico Gregg Popovich disse após a partida. Davis Bertans começou a partida em seu lugar e registrou somente dois pontos, cinco rebotes, uma assistência e um toco em 24 minutos.

Saudades de casa

A derrota foi a 18ª do Spurs em 28 jogos que a equipe fez longe de sua casa na temporada. Antes de voltar para o AT&T Center, o alvinegro ainda visita Utah Jazz, Memphis Grizzlies, Toronto Raptors, New York Knicks e Brooklyn Nets enquanto seu ginásio recebe um rodeio.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 35 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Rudy Gay – 25 pontos e 3 rebotes

LaMarcus Aldridge – 17 pontos e 10 rebotes

Bryn Forbes – 11 pontos e 3 rebotes

Portland TrailBlazers

CJ McCollum – 30 pontos, 9 rebotes, 2 roubos de bola e 2 tocos

Damian Lillard – 24 pontos, 9 assistências e 5 roubos de bola

Jusuf Nurkic – 22 pontos, 6 assistências, 3 rebotes e 2 tocos

Rodney Hood – 14 pontos e 3 rebotes

Jake Layman – 13 pontos e 3 rebotes

Al-Farouq Aminu – 11 pontos e 8 rebotes