Spurs (18-5) vs Nets (6-15) – Temporada regular

San Antonio Spurs @ Brooklyn Nets – Temporada regular

Data: 10/12/2016

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,05 (favorito) @ Nets 10,61

Após perder a invencibilidade fora de casa nessa temporada, em derrota para o Chicago Bulls, o San Antonio Spurs volta ao Texas para enfrentar a equipe do Brooklyn Nets.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho Pau Gasol alterna boas e más partidas. No jogo de hoje (10), contra o sempre perigoso Brook Lopez, é peça fundamental na defesa do garrafão Texano.

PG – Isaiah Whitehead

SG – Bogdan Bogdanovic

SF – Sean Kilpatrick

PF – Trevor Booker

C – Brook Lopez

Fique de Olho – Há alguns anos sendo o principal jogador do Nets, e nessa temporada, até agora, sem nenhum lesão grave, Brook Lopez vem desempenhando bom papel em um time que precisa se reconstruir. Ótimo na parte ofensiva, deve dar trabalho para o garrafão Texano.

Spurs (18-5) @ Bulls (12-10) – Sem recorde

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif91×95

Terminou a invencibilidade do San Antonio Spurs longe do AT&T Center. Nessa quinta-feira (8), a equipe texana visitou o Chicago Bulls e foi derrotada pelo adversário pelo placar de 95 a 91, perdendo seu primeiro jogo na estrada na temporada. Vamos aos destaques da partida.

Mills fez a parte dele (Reprodução/nba.com/spurs)

Mills fez a parte dele (Reprodução/nba.com/spurs)

Fim do sonho

O Spurs chegou a Chicago depois de ter vencido os 13 primeiros jogos que fez como visitante no campeonato. Com isso, estava a apenas uma vitória de igualar o melhor começo na estrada da história da NBA, e a somente três de empatar com a melhor sequência fora de casa da história da liga profissional americana. Por isso, a derrota para o Bulls foi um balde de água fria para quem esperava a franquia texana batendo os recordes.

Leonard fez bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Leonard fez bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Roteiro repetido e bronca

Pelo segundo jogo seguido, o Spurs começou o jogo muito mal. A péssima atuação do time texano no primeiro tempo fez que com o Bulls chegasse a abrir 18 pontos de vantagem no terceiro quarto. Porém, diferentemente da vitória sobre o Minnesota Timberwolves – quando Gregg Popovich tirou os titulares de quadra logo nos primeiros minutos da partida – dessa vez a reação do alvinegro não foi suficiente para que a vitória viesse. Por isso, o treinador foi duro nas críticas aos seus comandados.

“Os caras ganham muito dinheiro para estarem prontos para jogar. É o seu trabalho. Se você é encanador e não faz seu serviço, você não consegue um emprego. Não acho que um encanador precise de um discurso motivacional. Se um médico falha em uma operação, ele não será mais médico. Se você é um jogador de basquete, tem de estar pronto. Se chama maturidade. É o seu trabalho”, disse Pop, criticando o começo ruim.

Sempre eles

As únicas boas notícias do jogo foram as atuações de Kawhi Leonard e Patty Mills. Os dois, destaques do Spurs neste começo de temporada, foram muito bem novamente. O ala titular deixou a quadra com 24 pontos, oito rebotes e cinco assistências, enquanto o armador australiano, que saiu do banco, contribuiu com 16 pontos e duas roubadas de bola.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Patty Mills – 16 pontos e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 13 pontos, 10 rebotes e 3 assistências

LaMarcus Aldridge – 10 pontos, 6 rebotes e 4 tocos

Chicago Bulls

Dwyane Wade – 20 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Jimmy Butler – 13 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Rajon Rondo – 12 pontos, 10 rebotes, 9 assistências e 2 roubos de bola

Taj Gibson – 12 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

Robin Lopez – 12 pontos e 4 rebotes

Spurs (18-4) @ Bulls (11-10) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Chicago Bulls – Temporada Regular

Data: 09/12/2016

Horário: 00h30 (Horário de Brasília)

Local: United Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,61 (favorito) @ Bulls 2,34

Na madrugada de quinta para sexta-feira, o San Antonio Spurs visita o Chicago Bulls para ficar ainda mais perto de um recorde da NBA. A equipe texana venceu os 13 primeiros jogos que fez na estrada neste campeonato e está a somente três triunfos do Los Angeles Lakers da temporada 1971/1972, que possui a maior invencibilidade da história da liga profissional americana fora de casa. O alvinegro ainda não sabe se poderá contar com o armador francês Tony Parker, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo. O time mandante, por sua vez, tem Michael Carter-Williams como baixa e Doug McDermott como dúvida.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Nicolás Laprovittola

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Poupado na vitória sobre o Minnesota Timberwolves, na terça-feira, Manu Ginobili deve estar inteiro e saudável para comandar a segunda unidade. Até aqui, na temporada, o astro tem médias de 7,9 pontos e 2,5 assistências em 19,7 minutos por exibição.

PG – Rajon Rondo

SG – Dwyane Wade

SF – Jimmy Butler

PF – Taj Gibson

C – Robin Lopez/Cristiano Felício

Fique de Olho – Em um elenco cheio de opções para as posições 4 e 5, Cristiano Felício batalha por espaço para poder mostrar serviço no Bulls. Até aqui, na temporada, o pivô brasileiro sustenta médias de 2,3 pontos e 3,5 rebotes em 10,2 minutos poi exibição.

Spurs (18-4) @ Wolves (6-15) – Recorde intacto

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif105×91zq8qkfni1g087f4245egc32po

Mesmo após um início devagar e com o técnico Gregg Popovich substituindo todos os cinco titulares já nos primeiros minutos da partida, o San Antonio Spurs alcançou mais um triunfo fora de casa nessa terça-feira (6), ao vencer o Minnesota Timberwolves por 105 a 91, e manteve sua invencibilidade na estrada intacta. A seguir, vamos aos destaques do jogo.

San Antonio Spurs v Minnesota Timberwolves

Patty Mills contribuiu com 15 pontos vindo do banco (Reprodução/nba.com/spurs)

Início lento

Os primeiros minutos da partida contra o Wolves foram atípicos por parte do time texano, que entrou completamente desligado e viu os lobos abrirem 8 a 0 em poucos minutos. Com tantos erros dos titulares, o técnico Gregg Popovich não teve dúvidas e sacou logo de cara toda a primeira unidade, deixando os reservas – liderados por Patty Mills – comandarem a reação. Resultado: para quem chegou a estar perdendo por dez pontos, o Spurs terminou o primeiro quarto com uma bela reação e apenas três pontos atrás no placar (22 a 19).

San Antonio Spurs v Minnesota Timberwolves

Leonard foi novamente o cestinha da equipe (Reprodução/nba.com/spurs)

Chovendo no molhado

Novamente o melhor jogador do Spurs (e da partida) foi Kawhi Leonard. O ala obteve 31 pontos, quatro assistências e duas roubadas de bola em 35 minutos. Também vale ressaltar que não apenas a parte ofensiva foi brilhante, assim como a sua defesa, que, juntamente com Danny Green, limitou Andrew Wiggins, astro do adversário, a apenas 11 pontos.

Banco forte

Os reservas do Spurs fizeram bonito de novo. Mesmo com a ausência de Manu Ginobili, poupado, e com Nicolas Laprovittola sendo titular devido à lesão no joelho de Tony Parker, a segunda unidade soube lidar bem com o placar desfavorável no início e ajudou a administrar a partida após obter a liderança no placar. Foram 42 pontos vindos do banco, sendo Patty Mills e Kyle Anderson os que mais contribuiram para a vitória texana, com 15 e 11 pontos, respectivamente.

13 e contando!

Para continuar o recorde de triunfos atuando longe de seus domínios, o Spurs não terá vida fácil e, na madrugada de quinta para sexta-feira, às 0h30 (de Brasília), irá enfrentar o inconstante, mas perigoso time do Chicago Bulls na cidade dos ventos. Caso obtenha mais uma vitória, o time texano estará bem próximo de igualar o feito do Los Angeles Lakers da temporada 1971/1972, que conquistou 16 vitórias consecutivas fora de casa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 31 pontos, 4 assistências e 2 roubos de bola

Patty Mills – 15 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 11 pontos e 7 rebotes

Kyle Anderson – 11 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Minnesota Timberwolves

Zach Lavine – 25 pontos, 3 rebotes e 2 assistências

Gorgui Dieng – 16 pontos, 9 rebotes e 1 roubo de bola

Kris Dunn – 15 pontos e 2 assistências

Karl-Anthony Towns – 11 pontos, 14 rebotes e 4 assistências

Andrew Wiggins – 11 pontos, 5 rebotes e 2 assistências

Spurs (17-4) @ Wolves (6-14) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Data: 06/12/2016

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: Target Center

Onde assistir: SporTV e NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,51 (favorito) @ Wolves 2.58

Após vencer o Milwaukee Bucks na noite dessa segunda-feira e se manter invicto atuando fora de casa na temporada, o San Antonio Spurs não terá folga e, um dia depois, visita o Minnesota Timberwolves para tentar manter seu recorde intacto longe de seus domínios. Tony Parker é dúvida, devido a uma lesão no joelho agravada na noite anterior. Além disso, Gregg Popovich provavelmente poupará algum dos veteranos em decorrência do back-to-back.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

kawhi

PG – Nicolás Laprovittola

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Kawhi Leonard foi o destaque do time texano contra o Bucks, se sobressaindo no último quarto, no qual anotou 16 pontos e fez um duelo bastante físico com o grego Giannis Antetokounmpo. Nessa quarta, não será diferente, já que o Wolves tem um elenco jovem e atlético. The Klaw terá de ser consistente novamente para que o Spurs vença.

wigginszq8qkfni1g087f4245egc32po

PG – Ricky Rubio

SG – Zach Lavine

SF – Andrew Wiggins

PF – Gorgui Dieng

C – Karl-Anthony Towns

Fique de Olho – Com 22,8 pontos, 3,9 rebotes e 2,5 assistências por jogo, Andrew Wiggins vem tendo sua melhor temporada na NBA. Para esse ano, o ala adicionou ao seu arsenal ofensivo uma melhora significativa nos arremessos de três pontos – com 39.2% de conversão – se tornando uma arma ainda mais perigosa para os adversários.