Em meio a rumores, Leonard pode ir para seleção com Pop

De acordo com reportagem da emissora americana ESPN, nove franquias da NBA entraram em contato com o San Antonio Spurs interessadas em uma troca envolvendo Kawhi Leonard. Em meio às conversas, o ala considera seriamente se apresentar a Gregg Popovich, técnico da franquia texana e da seleção americana, em período de treinos da equipe nacional.

Leonard em ação pela seleção americana (Reprodução/foxsports.com)

Em abril, Pop incluiu Leonard em relação com 35 jogadores pré-convocados para o evento, que marcará o início do trabalho do técnico na seleção. O período de treinamentos vai acontecer entre os dias 25 e 27 de julho, em Las Vegas. Pessoas ligadas à equipe nacional acreditam que o ala do Spurs tem interesse em participar, mas pode desistir em meio à complexidade da situação. Sob o ponto de vista do jogador, uma boa exibição pode, por um lado, fazer com que franquias interessas acelerem as negociações de troca. Por outro, pode dar ao alvinegro de San Antonio mais lastro para negociar, o que tornaria um possível desfecho mais lento.

Ainda de acordo com a ESPN, Boston Celtics, Denver Nuggets, Los Angeles Clippers, Los Angeles Lakers, Philadelphia 76ers, Phoenix Suns, Portland TrailBlazers, Toronto Raptors e Washington Wizards são franquias que entraram em contato com o Spurs interessadas em Leonard. As ofertas não teriam agradado ao alvinegro, que exige um jogador de nível All-Star, um ou mais jovens de grande potencial e escolhas de Draft para liberar o ala.

No entanto, os riscos envolvendo a saúde de Leonard e sua vontade declarada de jogar no Lakers têm assustado as franquias que entraram em contato com o Spurs. O Blazers não inclui Damian Lillard e CJ McCollum nas negociações. O Celtics faz o mesmo com Kyrie Irving, Jaylen Brown, Gordon Haywrad, Jayson Tatum e Al Horford, enquanto o Sixers não aceita negociar Markelle Fultz, Ben Simmons e Joel Embiid. As duas últimas agremiações teriam feito ofertas centradas em múltiplas futuras escolhas de Draft, o que não agradou ao alvinegro.

Assim, o período de treinos será, para os mais otimistas, mais uma oportunidade para Pop tentar conversar com Leonard e convencê-lo a seguir na franquia, possivelmente renovando contrato por cinco anos e US$ 221 milhões, máximo permitido da NBA – o astro é elegível para este salário desde segunda-feira. Por outro lado, se apresentam à seleção nove técnicos e 35 jogadores, o que pode fazer com que o treinador nem sequer interaja com o jogador.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Anúncios

Spurs acerta contratação de Dante Cunningham

O San Antonio Spurs segue trabalhando na construção de seu elenco de olho na temporada 2018/2019 da NBA. De acordo com reportagem de Shams Charania, jornalista do site americano Yahoo!, a franquia texana acertou a contratação de Dante Cunningham por um ano.

Cunningham em ação pelo Nets (Reprodução/nba.com)

Ala de 31 anos de idade e 2,03m de altura, Cunningham começou a última temporada no New Orleans Pelicans e foi trocado para o Brooklyn Nets em fevereiro. No total, disputou 73 jogos, com médias de 5,7 pontos e 4,1 rebotes em 21,4 minutos por exibição, convertendo 45,1% de seus arremessos de quadra, 34,5% de suas bolas de três e 59,6% de seus lances livres.

O Spurs tem agora 16 jogadores sob contrato: Dejounte Murray, Derrick White, Manu Ginobili, Patty Mills, Bryn Forbes, Brandon Paul, Lonnie Walker, Marco Belinelli, Danny Green, Kawhi Leonard, Dante Cunningham, Rudy Gay, Davis Bertans, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol e Drew Eubanks. Paul é o único com salário não garantido e pode ser dispensado a qualquer momento sem custos extras. Já Eubanks deve ficar na franquia só durante a pré-temporada.

Na pré-temporada, uma equipe de NBA pode ter até vinte jogadores. Na temporada regular, esse número cai para 17 – 15 com contratos profissionais e mais dois em regime two-way.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Spurs (1-4) x Suns (4-1) – Até logo Summer League

55×90

Nesta sexta-feira (13), dia nacional do rock, o San Antonio Spurs entrou em quadra em sua rodada de consolação na Summer League de Las Vegas após ser eliminado da disputa pelo título na noite anterior, com derrota para o Milwaukee Bucks na prorrogação. A despedida aconteceu com novo revés, dessa vez pelo placar de 90 a 55 para o Phoenix Suns. Sem Derrick White, Lonnie Walker e Chimezie Metu, machucados, o alvinegro pouco apresentou no jogo. Mesmo assim, ainda temos algumas coisas para destacar –  ou quase isso… Vamos lá.

Blossomgame

Blossomgame segue ajudando da sua maneira (Reprodução/nba.com/spurs)

Ataque nulo

Mesmo que Jaron Blossomgame não tenha feito um jogo ruim, o ataque em geral foi muito fraco. Maverick Rowan foi o grande destaque ofensivo com apenas 11 pontos. Amida Brimah também fez das suas e anotou oito pontos. Por fim, Trey McKinney-Jones ajudou com sete pontos. Em uma partida em que o ataque foi mal e acertou apenas 31,4% de seus arremessos de quadra, o Spurs parou em um jogo inspirado de Javonte Green, que brilhou pelo time de Phoenix.

Não mostrou ao que veio

London Perrantes, que veio como um dos destaques do time de verão do Spurs depois de integrar o elenco profissional do Cleveland Cavaliers na última temporada, sairá em baixa após a competição. A apresentação contra o Suns foi mais uma para o armador esquecer. Tentou apenas cinco arremessos de quadra, acertou dois e também distribuiu quatro assistências. Vamos ver como ele vai lidar com isso no restante da temporada se conseguir novas chances.

Será que chegou sua hora?

Selecionado na penúltima escolha do Draft de do ano passado, Jaron Blossomgame disputou as Summer Leagues da última temporada, levou sua bagagem também para G-League e agora parece estar pronto para a última etapa: a NBA. O ala vem apresentando bons números tanto ofensivamente quanto defensivamente, além de conseguir se manter consistente, algo que tem ser levado em conta quando se ingressa na liga profissional americana de basquete. Fiquem de olho, pois o técnico Gregg Popovich pode começar a dar chances ao garoto.

Tem mais

Além de Derrick White e Lonnie Walker IV, o já citado Jaron Blossomgame pode ser chamados para integrar o elenco principal, haja visto que Kawhi Leonard tem seu futuro incerto, e o ala se sente confortável jogando justamente na posição três. Além deles, o bom ala-pivô Chimezie Metu também pode ganhar mais oportunidades. Olivier Hanlan também merece destaque.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Maverick Rowan – 11 pontos e 2 rebotes

Phoenix Suns

Javonte Green –  20 pontos e 5 rebotes

Alec Peters – 17 pontos e 4 rebotes

Shaquille Harrison – 13 pontos, 7 assistências, 6 rebotes e 3 tocos

Spurs (1-3) x Suns (3-1) – Summer League de Las Vegas

San Antonio Spurs x Phoenix Suns – Summer League de Las Vegas

Data: 13/07/2018

Horário: 19h30 (Horário de Brasília)

Local: Thomas & Mack Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,10 x Suns 1,65 (favorito)

Eliminado da disputa do título da Summer League de Las Vegas ao perder para o Milwaukee Bucks, o San Antonio Spurs volta à quadra já no dia seguinte para enfrentar o Phoenix Suns em pela rodada de consolação. O alvinegro deve entrar em quadra sem três de suas principais atrações, já que Derrick White, com lesão muscular, Lonnie Walker, com problema no tornozelo direito, e Chimezie Metu, que machucou o pulso, são prováveis baixas para a partida.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

 

PG – London Perrantes

SG – Olivier Hanlan

SF – Trey McKinney-Jones

PF – Jaron Blossomgame

C – Drew Eubanks

Fique de Olho – Sem Derrick White e Lonnie Walker, London Perrantes deve ser titular do Spurs. Somando suas participações nas Summer Leagues de Utah e Las Vegas, o armador fez seis jogos, com médias de 4,8 pontos e 3,2 assistências em 18,8 minutos por exibição.

PG – Davon Reed

SG – Shaquille Harrison

SF – Mikal Bridges

PF – Dragan Bender

C – Deandre Ayton

Fique de Olho – Os cinco titulares do Suns têm contrato profissional com a franquia. O de Shaquille Harrison, no entanto, não é garantido, e o ala-armador ainda briga por espaço. Até aqui, ele disputou quatro jogos na Summer League de Las Vegas, registrando médias de 12 pontos, 6,5 assistências, 4,2 rebotes e 2,7 roubos de bola em 27,3 minutos por exibição.

Spurs (1-3) x Bucks (2-2) – Más notícias

 75×83

 

Nessa quinta-feira (12), o San Antonio Spurs foi eliminado da disputa pelo título da Summer League de Las Vegas ao perder para o Milwaukee Bucks por 83 a 75, após prorrogação, em sua estreia nos playoffs do torneio. Se não bastasse o revés, o alvinegro ainda viu Lonnie Walker deixar a quadra com lesão no tornozelo direito. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

Hanlan comandou o ataque do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Mais uma baixa

Depois de jogar por 26 minutos, Walker sentiu o tornozelo direito no quarto período e deixou a quadra mancando, sem conseguir colocar peso no pé. Com isso, o ala-armador provavelmente se junta a Derrick White e Chimezie Metu na lista de desfalques para o jogo de consolação contra o Phoenix Suns, que acontece já nesta sexta-feira. O jogador deixou a quadra com cinco pontos, nove rebotes e três assistências, sem chamar atenção mais uma vez. Em Las Vegas, disputou quatro partidas e apresentou médias de 11,5 pontos e cinco rebotes em 27,8 minutos por exibição, convertendo apenas 34% de seus arremessos de quadra. Ainda tem muito trabalho pela frente antes de pensar em entrar na rotação do time principal do Spurs.

Blossomgame foi bem de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Tomou conta

Com White indisponível e Walker não conseguindo jogar bem, coube a Olivier Hanlan assumir as rédeas do ataque do Spurs no jogo. Foram 18 pontos e quatro rebotes em 27 minutos para o armador canadense de 25 anos de idade, que foi selecionado pelo Utah Jazz na 42ª escolha do Draft de 2015 e teve os direitos adquiridos pela franquia texana na troca que enviou Boris Diaw para Salt Lake City em 2016.

Candidato

Com a incerteza sobre o futuro de Kawhi Leonard e a ida de Kyle Anderson para o Memphis Grizzlies, o elenco profissional do Spurs precisa de tamanho no perímetro. Em meio a este cenário, Jaron Blossomgame vem se consolidando como opção interessante. Contra o Bucks, foram 19 pontos, nove rebotes e dois tocos em 32 minutos para o ala, que converteu oito dos 16 arremessos de quadra que tentou, acertou uma das duas bolas de três que arriscou e converteu dois dos três lances livres que cobrou contra o Bucks.

Blossomgame foi selecionado pela franquia na 59ª escolha do Draft de 2017 e aguarda uma chance na NBA desde então. Na última temporada, foi campeão da G-League pelo Austin Spurs

Alerta aceso

No jogo desta quinta, o Spurs não conseguiu acompanhar o atleticismo do Bucks. O oponente pegou mais rebotes (47 a 39), teve facilidade para infiltrar rumo à cesta e, aproveitando-se de atuação abaixo do esperado de Walker, impediu que os armadores da equipe texana conseguissem penetrar em sua defesa. As exceções foram o já citado Blossomgame e o pivô Amida Brimah, que saiu do banco para anotar quatro pontos, oito rebotes e impressionantes seis tocos em 23 minutos. O alvinegro tem de refletir se o mesmo não pode acontecer com o elenco profissional, composto por jogadores baixos no perímetro e pesados no garrafão.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Jaron Blossomgame – 19 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

Olivier Hanlan – 18 pontos e 4 rebotes

Milwaukee Bucks

Christian Wood – 26 pontos e 15 rebotes

D.J. Wilson – 19 pontos e 10 rebotes

Sterling Brown – 13 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Travis Trice – 10 pontos e 7 assistências