Spurs (32-9) vs Nuggets (17-23) – Temporada Regular

 

San Antonio Spurs vs Denver Nuggets – Temporada Regular

Data: 19/01/2017

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Depois de vencer o Minnesota Timberwolves num jogo mais sofrido do que o esperado, o San Antonio Spurs enfrenta hoje (19) o Denver Nuggets em casa, para depois realizar quatro jogos seguidos longe dos seus domínios. Para a partida, pelo lado alvinegro é esperada a volta de Dejounte Murray que não pôde atuar nos dois últimos jogos. O Nuggets possui alguns jogadores lesionados, porém Nikola Jokic e Danilo Gallinari serão avaliados antes do duelo e deverão atuar.

Confrontos na temporada (1-0):

05/01/2017 – Spurs 127 @ 99 Nuggets

Na única partida realizada entre os dois times na temporada, o Spurs passou o trator pelo Denver Nuggets. Atuando fora de casa, o time texano contou com ótima atuação de Lamarcus Aldridge, que colaborou com 28 pontos e quatro rebotes.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Kawhi Leonard vem realizando partidas memoráveis, tendo se tornado o primeiro jogador do Spurs a ter quatro jogos seguidos com 30 ou mais pontos desde Tim Duncan em janeiro de 2004. Leonard mostra a cada dia que não é apenas um dos melhores defensores da NBA e que pode liderar o ataque texano e apavorar as defesas adversárias.

 

xeti0fjbyzmcffue57vz5o1gljokic

PG – Emmanuel Mudiay

SG – Will Barton

SF – Danilo Gallinari

PF – Kenneth Faried

C – Nikola Jokic

Fique de Olho – A temporada do Denver Nuggets vem sendo melhor que o esperado e o rápido desenvolvimento de Nikola Jokic está colocando o Nuggets com chances de sonhar com playoffs. Na última rodada o time do Colorado entrou na zona de classificação para a pós-temporada, passando o Portland Trail Blazers e Jokic foi o destaque do time com 29 pontos, 15 rebotes e três tocos. Alerta para o garrafão texano que terá que ficar de olhos bem abertos com o sérvio de 21 anos.

Spurs (32-9) vs Wolves (14-28) – Vitória sofrida

           122 x 114  

Após ser derrotado pelo Phoenix Suns em partida disputada no México, o San Antonio Spurs voltou ao AT&T Center onde recebeu o Minnesota Timberwolves nesta terça-feira (17). Apesar das dificuldades e do alto nível competitivo dos adversários, a equipe texana conseguiu sair com a vitória por 122 a 144. Confira a seguir como foi o duelo:

Sempre ele, Kawhi Leonard foi o destaque do Spurs (NBA/Mark Sobhani)

Sempre ele: Kawhi Leonard foi o destaque do Spurs na partida (NBA/Mark Sobhani)

De passagem, mas não a passeio

Apesar de jovem, o time do Minnesota Timberwolves tem mostrado alto nível competitivo nesta temporada da NBA. Foi a primeira vez que as equipes se enfrentaram no AT&T Center, e por pouco os visitantes não estragaram o reencontro do Spurs com a sua torcida após viajar até o México e perder para o Suns.

As parciais da partida mostram bem isso. O primeiro quarto terminou empatado em 30 pontos, números altos em relação a qualquer equipe da liga. No segundo quarto, os Wolves surpreenderam e anotaram impressionantes 41 pontos no parcial, recorde de um adversário de San Antonio nesta temporada. Não é todo dia que se vê o Spurs levando 71 pontos no primeiro tempo. Detalhe: o time visitante foi para os lances livres 30 vezes antes de ir para os vestiários. No restante da partida, foram apenas mais 11 arremessos de um ponto.

Contudo, na volta do intervalo, o fôlego da jovem equipe visitante reduziu drasticamente, e isso foi refletido nos 11

Leonard foi consciente tanto no ataque como na defesa (NBA/Mark Sobhani)

Leonard foi consciente tanto no ataque como na defesa (NBA/Mark Sobhani)

turnovers que possibilitaram a recuperação do experiente elenco do Spurs. Para efeitos de comparação da queda de ritmo dos adversários, o Timberwolves anotaram 43 pontos somando os dois quartos finais. Só no segundo quarto foram 41 tentos.

Além da juventude, muito se deve também ao banco do Timberwolves. Afinal, haviam apenas três reservas à disposição do técnico Tom Thibodeau (que inclusive era o aniversariante da noite). Assim, os titulares tiveram que fazer hora extra em quadra. Karl-Anthony Towns jogou por 43 minutos, Ricky Rubio jogou 39, Andrew Wiggins 38 e Zach LaVine atuou 35 minutos.

KaWOW

Explosivo no último quarto, Kawhi Leonard foi responsável por confirmar a vitória texana no período. Contudo, o que mais surpreende foi a intensidade com que o ala jogou durante todo o jogo, tendo sido muito elogiado tanto na defesa, como no ataque. “Isso é o que ele faz”, disse o técnico Gregos Popovich. “Ele joga as duas extremidades da quadra como ninguém”.

Thibodeau, treinador adversário, também não poupou palavras para elogiar a atuação do camisa #2 do Spurs e garantiu a ele seu voto para MVP. “Ele é candidato a MVP”, disse. “Quando você olha para All-Stars e MVPs, você olha o que eles fazem para sua equipe em  busca da vitória. Há pessoas que podem obter estatísticas, mas eles não contribuem para ganhar. Ele faz tudo para ajudar sua equipe a ganhar”.

Após conseguir o recorde de sua carreira com 38 pontos diante do Phoenix Suns, Leonard anotou, contra os Wolves, 34 pontos (12-17 do perímetro), sete rebotes e cinco assistências. Este foi o quarto jogo consecutivo de pelo menos 30 pontos do ala, se tornando o primeiro jogador de San Antonio a marcar 950 pontos na primeira metade de uma temporada desde Tim Duncan em 2003.

Fazendo história

A temporada passada foi histórica para o Spurs, que atingiu a marca de 40 vitórias e apenas uma derrota jogando em casa. Nesta edição, a equipe texana tem o terceiro melhor início na história da franquia, com 32 vitórias e nove derrotas. O Spurs ainda tem o segundo melhor recorde da liga apesar dos problemas, apenas a três jogos atrás do Golden State Warriors (35-6).

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 34 pontos (12-17 FG), sete rebotes e cinco assistências

LaMarcus Aldridge – 29 pontos (12-20 FG), quatro rebotes e três assistências

Tony Parker – 14 pontos e cinco assistências

Patty Mills – 11 pontos e quatro assistências

Minnesota Timberwolves

Karl-Anthony Towns – 27 pontos e 16 rebotes

Ricky Rubio – 21 pontos (13-14 FT) e 14 assistências

Zach LaVine – 18 pontos e quatro rebotes

Gorgui Dieng – 17 pontos e seis rebotes

Spurs (31-9) vs Wolves (14-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Data: 17/01/2017

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após perder para o Phoenix Suns jogando na Cidade do México, em partida válida pelo NBA Global Games, o San Antonio Spurs volta ao AT&T Center para receber o Minnestoa Timberwolves nesta terça-feira (17). A última vez que a equipe texana perdeu para os adversário foi em abril de 2014. Desde então, foram oito vitórias seguidas.

Confrontos na temporada (1-0):

06/12/2016 – Spurs 105 @ 91 Timberwolves

Na única vez em que as equipes se enfrentaram, o Spurs foi até Minneapolis e venceu o Wolves por 105 a 91. Destaque para Kawhi Leonard, com 31 pontos, quatro assistências e dois roubos de bola. Os texanos estavam invictos fora de casa naquela altura.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Apesar da partida morna realizada pelo Spurs no México, não é justo colocar parte da culpa em Kawhi Leonard. Afinal, o ala teve uma das suas melhores atuações com a camisa do Spurs, atingindo seu recorde de carreira com 38 pontos. Na temporada, seus números são de cerca de 24 pontos e cinco assistências em 28 minutos por jogo. É um dos cotados para ser titular da Conferência Oeste no All-Star Game.

PG – Ricky Rubio

SG – Zach LaVine

SF – Andrew Wiggins

PF – Gorgui Dieng

C – Karl-Anthony Town

Fique de Olho – Karl-Anthony Towns chegou na NBA para fazer história. Eleito o melhor calouro da última temporada, o pivô tem tido números impressionantes. Na temporada, o jovem tem cerca de 21 pontos e 11 rebotes por exibição. Nos últimos cinco jogos, suas médias aumentaram para aproximadamente 24 pontos e 14 rebotes em 38 minutos.

Spurs (31-9) @ Suns (13-27) – Zebra mexicana

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif105×108

Noite para ser esquecida pelos lados do Texas. Nesse sábado (14), o San Antonio Spurs visitou o Phoenix Suns no México, em um dos jogos válidos pelo NBA Global Games dessa temporada, e acabou derrotado pelo adversário, que é um dos piores do campeonato até aqui, pelo placar de 108 a 105. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Leonard igualou seu recorde (David Dow/NBAE via Getty Images)

Leonard igualou seu recorde (David Dow/NBAE via Getty Images)

Vantagem desperdiçada

Quando Jonathon Simmons acertou um arremesso de três e o Spurs abriu 81 a 70 faltando 1:39 para o fim do terceiro quarto, parecia que mais uma fácil vitória estava a caminho do Texas. Ledo engano. O Suns reagiu ainda no mesmo período, que acabou 85 a 80 a favor do alvinegro, e se manteve na cola durante toda a parcial final, virando nos minutos finais. Danny Green ainda teve a chance de empatar com uma bola de três, mas errou.

Manu veio bem do banco (Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Manu veio bem do banco (Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Lado bom…

Apesar da derrota, a atuação de Kawhi Leonard entrou para a história do ala. O camisa #2 do Spurs deixou a quadra com 38 pontos, igualando seu recorde na NBA, além de quatro rebotes e três assistências. O astro acertou 12 dos 15 arremessos de quadra que tentou, duas das cinco bolas de três que arriscou e 12 dos 14 lances livres que cobrou durante a partida.

E o lado ruim…

Kawhi Leonard só conseguiu chegar ao número histórico porque teve pouca ajuda do resto do quinteto inicial. Tony Parker deu contribuição razoável, com 14 pontos em dez arremessos, mas os demais membros do time titular ficaram devendo. Danny Green errou as quatro bolas de três que tentou na partida e registrou somente seis pontos. Pau Gasol arriscou apenas quatro arremessos de quadra e obteve só três pontos. Por fim LaMarcus Aldridge precisou de 14 arremessos para conseguir 13 pontos. Faltou pontaria.

Na segunda unidade, com a ausência do australiano Patty Mills, que lesionou a panturrilha esquerda, só Manu Ginobili, com 16 pontos e três assistências, se destacou no ataque.

E a marcação?

Nem a defesa de perímetro, ponto forte do Spurs, funcionou contra o Suns. Isso porque o ala-armador Devin Booker, astro do time do Arizona, bateu seu recorde pessoal de pontuação, deixando a quadra com 39 pontos. Noite para ser esquecida pelos lados do Texas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 38 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Manu Ginobili – 16 pontos e 3 assistências

Tony Parker – 14 pontos

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 4 rebotes

Phoenix Suns

Devin Booker – 39 pontos

Eric Bledose – 17 pontos, 10 assistências e 6 rebotes

TJ Warren – 12 pontos e 2 roubos de bola

Spurs (31-8) @ Suns (12-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 13/01/2017

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: Mexico City Arena

Onde assistir: ESPN+ e NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,12 (favorito) @ Suns 6,38

Dois dias depois de atropelar o Los Angeles Lakers no AT&T Center, o San Antonio Spurs enfrenta o Phoenix Suns no México em uma das partidas válidas pelo NBA Global Games. Vale lembrar que, em 2013, um jogo da equipe texana foi cancelado no local após incêndio na arena. Enquanto o time do Arizona deve contar com todo o seu elenco à disposição, o alvinegro tem Dejounte Murray, machucado, como desfalque.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (2-0)

16/12/2016 – Spurs 107 @ 92 Suns

Com o time completo, o Spurs bateu o Suns na casa do adversário. Destaque para Kawhi Leonard, com 18 pontos e dez rebotes, Pau Gasol, com 18 pontos e nove rebotes, LaMarcus Aldrdige, com 14 pontos e sete rebotes, e Dewayne Dedmon, com 11 pontos.

29/12/2016 – Spurs 119 x 98 Suns

No primeiro duelo entre os dois times no AT&T Center na temporada, o Spurs venceu o Suns graças à boa atuação de seus veteranos, em especial do ala-pivô LaMarcus Aldridge, que deixou a quadra com 27 pontos e oito rebotes e foi o cestinha do confronto.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Depois de ficar fora da derrota para o Milwaukee Bucks por conta de problemas estomacais, LaMarcus Aldridge retornou discreto contra o Lakers, anotando 13 pontos e quatro rebotes em 24 minutos. Veremos se o ala-pivô, que tem 17,6 pontos e 7,2 rebotes em 32,1 minutos por exibição na temporada, volta à velha forma contra o Suns.

PG – Eric Bledsoe

SG – Devin Booker

SF – TJ Warren

PF – Marquese Chriss

C – Tyson Chandler

Fique de Olho – Com médias de 13,5 pontos, quatro assistências e três rebotes em 28,2 minutos por partida nos dois primeiros jogos contra o Spurs, Eric Bledsoe é um dos jogadores mais perigosos do Suns. Até aqui, na temporada, o armador sustenta 20,1 pontos, 5,8 assistências e 4,9 rebotes em 32,5 minutos por exibição.