Spurs (20-23) @ Pelicans (17-28) – Batalha de gigantes

121×117

Após superar o Miami Heat e o Phoenix Suns, o San Antonio Spurs chegou ao terceiro triunfo consecutivo. Nessa quarta-feira (22), o estreante Zion Williamson pegou fogo no quarto período, mas o alvinegro levou a melhor sobre o New Orleans Pelicans, na casa do adversário, com grande atuação de LaMarcus Aldridge. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

DeRozan fez mais um bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

LaMáquina

Foram 32 pontos, 14 rebotes e 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Agressivo e impossível de ser marcado, LaMarcus Aldridge ainda fez um trabalho interessante defendendo Zion Williamson – ainda que o novato tenha feito uma estreia muito boa, convertendo os quatro arremessos de quadra que tentou. Do outro lado, o ala-pivô do time texano registrou mais um double-double e manteve a sina: o alvinegro sempre vence quando ele marca ao menos 30 pontos.

Constante

O Spurs liderou três dos quatro período. No último, a vantagem de dígitos duplos fez toda a diferença, já que o Pelicans ameaçou reagir e encostrou no placar. Além disso, DeMar DeRozan anotou 20 pontos e contribuiu bastante para a grande noite de Aldridge.

Banco importante

Patty Mills e Derrick White também foram importantes para o resultado final. Os armadores combinaram para 20 pontos e ajudaram muito o Spurs a conseguir a vitória na estrada. BMarco elinelli também contribuiu com seus oito pontos. Rudy Gay, por sua vez, voltou de lesão, mas pouco jogou, ficando apenas nove minutos em quadra.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 32 pontos, 14 rebotes e 2 tocos

DeMar DeRozan – 20 pontos e 5 rebotes

Dejounte Murray – 13 pontos e 5 rebotes

Derrick White – 12 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Bryn Forbes – 11 pontos

New Orleans Pelicans

Zion Williamson – 22 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Brandon Ingram – 22 pontos e 3 rebotes

Lonzo Ball – 14 pontos, 12 assistências, 8 rebotes e 3 roubos de bola

Jrue Holiday – 12 pontos e 4 assistências

Josh Hart – 10 pontos e 5 rebotes

JJ Redick – 10 pontos

Spurs (19-23) @ Pelicans (17-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ New Orleans Pelicans – Temporada regular

Data: 22/10/2019

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: Smoothie King Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 2.64 @ Pelicans 1.62 (favorito)

Após vencer duas partidas seguidas, o San Antônio Spurs está de volta à quadras na noite desta quarta-feira. O time texano terá parada dura contra o New Orleans Pelicans, que enfim contará com a estreia de Zion Williamson.

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Mesmo estando em baixa na temporada, Dejounte Murray pode ser um diferencial, principalmente porque o Spurs enfrenta jogadores como Lonzo Ball, que vem em boa fase, e JJ Redick. O alvinegro precisará da defesa de perímetro do jovem armador, e o mesmo vale para Derrick White.

PG – Lonzo Ball

SG – JJ Redick

SF – Brandon Ingram

PF – Zion Williamson

C – Jaxson Hayes

Fique de Olho – Zion Williamson é o futuro jogador dominante da NBA. O ala-pivô faz sua estreia na liga contra o Spurs, sem limite de minutos. O novato pode ser um problema, e o garrafão do alvinegro terá de ficar bem atento.

Spurs (19-23) x Suns (18-25) – Duas seguidas

121×119

Após vencer o Miami Heat fora de casa, o San Antonio Spurs visitou o Phoenix Suns em um back-to-back e conseguiu seu segundo triunfo seguido. Ainda sem Rudy Gay e abrindo uma vantagem de vinte pontos, o time texano teve de lidar com um fim de jogo encardido, mas conseguiu o resultado positivo apesar da noite maravilhosa de Devin Booker. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Highlights from Monday's win versus the Phoenix Suns,

DeRozan segue jogando muito bem e é um dos pilares desse time de Popovich (nba.com/Spurs)

Desperdiçando vantagem

Mesmo que tenha aberto mais de vinte pontos de diferença na metade do terceiro quarto, o Spurs soube administrar essa boa vantagem pelo restante da partida, o que culminou em um fim de jogo extremamente equilibrado, mas com final feliz pelo lado texano. O time apressou-se demais, e isso poderia ter gerado outro revés, como aconteceu na derrota para o Atlanta Hawks.

Bryn Forbes na história

É estranho dizer isso, mas é verdade: Bryn Forbes tornou-se o primeiro jogador do Spurs a acertar sete bolas de três pontos antes do intervalo de uma partida. Assim, deixou para trás ninguém menos do que Manu Ginobili, que havia conseguido seis. O americano teve uma noite incrível, registrando aproveitamento acima de 70% nos arremessos do tipo.

DeRozan modo estrela

DeMar DeRozan anotou 19 pontos e converteu apenas 33% dos arremessos de quadra que tentou, mas contribuiu com nove rebotes e oito assistências, ficando muito perto de um triple-double. O ala-armador já tinha sido eleito o melhor jogador da Conferência Oeste e está em grande fase. Será que vem renovação por aí? Só o tempo dirá.

Fator chave

Mesmo com todas essas boas atuações, o fator chave para a vitória do Spurs foi Derrick White. O armador fez vinte e cinco pontos e contribuiu com sete assistências. O jogador ainda foi fundamental no momento em que o Suns voltou para a partida, já que passou a marcar Devin Booker, inclusive na posse final.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Derrick White – 25 pontos, 7 assistências e 3 rebotes

Bryn Forbes – 24 pontos

LaMarcus Aldridge – 19 pontos, 3 rebotes, 3 tocos e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 18 pontos, 9 rebotes, 8 assistências e 3 roubos de bola

Marco Belinelli – 11 pontos e 3 rebotes

Dejounte Murray – 10 pontos, 4 assistências e 4 roubos de bola

Phoenix Suns

Devin Booker – 37 pontos, 7 rebotes e 5 assistências

DeAndre Ayton – 25 pontos e 12 rebotes

Ricky Rubio – 15 pontos, 9 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Kelly Oubre Jr. – 15 pontos e 8 rebotes

Dario Saric – 10 pontos e 5 rebotes

Spurs (18-23) x Suns (18-24) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 20/01/2019

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: Talking Speak Resort Arena

Onde assistir: NBA League Pass

Um dia depois de vencer o Miami Heat, o San Antonio Spurs volta para tenta r varrer o back-to-back. Rudy Gay será mais uma vez baixa para a partida. Enquanto isso, o time do Arizona conta com o retorno de DeAndre Ayton, que cumpriu suspensão no início da temporada.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

14/12/2019 – Spurs 121 x 119 Suns

Jogando em território mexicano, o Spurs foi comandando por Patty Mills e buscou uma vitória apertada sobre um embalado Suns. Na ocasião, Devin Booker foi desfalque de última hora para a equipe de Phoenix.

PG – Derrick White=

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Derrick White é um dos jogadores mais regulares de todo elenco texano e pode fazer a diferença contra o Suns. Com aproveitamento de 47% nos arremessos de quadra e 39% nas bolas de três, o armador terá bastante trabalho ofensivamente e, principalmente, na marcação de Devin Booker.

booker

PG – Ricky Rubio

SG – Devin Booker

SF – Kelly Oubre Jr.

PF – Dario Saric

C – DeAndre Ayton

Fique de Olho – Mesmo que seu aproveitamento tenha caído para menos de 40% nos arremessos de três pontos, Devin Booker ainda é uma superestrela dentro da NBA. O ala-armador têm tido uma grande temporada e ainda conta com a ajuda de Ricky Rubio. Sua precisão impressiona, já que ele acerta 51% dos arremessos de quadra e  91,8% dos lances livres que tenta.

Spurs (18-23) x (29-13) Heat – Recuperação

107×102

Nesse domingo (20), o San Antonio Spurs conquistou uma bela vitória sobre o Miami Heat, segundo colocado colocado da Conferencia Leste. Com o resultado de 107 a 102 conquistado no AT&T Center, a equipe de Gregg Popovich se recupera da dolorida derrota para o Atlanta Hawks. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

LaMarcus Aldridge foi o cestinha do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Decisivos

O principal cestinha do Spurs foi LaMarcus Aldridge, com 21 pontos. Nos outros quesitos, o destaque foi DeMar DeRozan, que coletou nove rebotes, sendo um deles ofensivo, e distribuiu nove assistências.

Popovich manteve o mesmo quinteto inicial com Dejounte Murray, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Trey Lyles e LaMarcus Aldridge. Sem Rudy Gay, o treinador utilizou como segunda unidade Derrick White, Patty Mills, Marco Belinelli, Lonnie Walker e Jakob Poeltl. Pelo lado dos visitantes, Kendrick Nunn, Duncan Robinson, Jimmy Butler, Meyers Leonard e Bam Adebayo foram titulares, e Goran Dragic, Tyler Herro, Derrick Jones, James Johnson e Kelly Olynyk saíram do banco.

O jogo

A partida foi marcada por problemas defensivos de ambos os times. A equipe de Popovich ainda não conseguiu engrenar neste quesito na temporada. Por outro lado, apesar da atuação abaixo da crítica de Forbes, o Spurs conseguiu se sobressair na produção ofensiva e nos arremessos de três pontos.

Ao fim do primeiro quarto, o alvinegro perdia por 31 a 28. No segundo período, a segunda unidade entrou bem no jogo, com uma marcação mais agressiva e com bolas de três de Mills e Bellinelli. Assim, a equipe mandante foi para o intervalo vencendo por 60 a 54.

Durante o terceiro quarto, os times não conseguiram acelerar na pontuação, e o máximo que uma equipe conseguiu abrir em relação a outra foi quatro pontos. Ao fim do período, o Heat vencia por 86 a 84. Na parcial final, a pressão pesou, e a experiência dos reservas do Spurs fez a diferença. Mills e Belinelli foram importantes ao redor de DeRozan e Aldridge. Por outro lado, os mandantes começaram a desperdiçar a bola.

No último minuto, DeRozan cometeu um turnover que quase custou o jogo, mas Robinson e Butler não conseguiram capitalizar em cima.

Coadjuvantes e titulares

Os reservas do Spurs foram importantíssimos na vitória. Ao todo, 48 pontos foram produzidos pela segunda unidade da equipe. Enquanto isso, DeRozan e Aldridge combinaram para 41 pontos e 12 assistências, chamando a responsabilidade na reta final do jogo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 21 pontos, 4 rebotes, 3 assistências e 2 tocos

DeMar DeRozan – 20 pontos, 9 assistências e 9 rebotes

Patty Mills – 18 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Marco Bellinelli – 12 pontos e 7 rebotes

Derrick White – 11 pontos, 6 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Miami Heat

Edrice Adebayo – 21 pontos, 16 rebotes, 6 assistências e 2 roubos de bola

Goran Dragic – 19 pontos e 5 rebotes

Kendrick Nunn – 18 pontos, 4 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Jimmy Butler –  16 pontos, 6 assistências, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Duncan Robinson – 12 pontos e 5 rebotes