Arquivos do Blog

Spurs (8-3) @ Celtics (6-5) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Boston Celtics – Temporada Regular

Data: 21/11/2012

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: TD Garden

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,82 (favorito) @ Celtics 2,00

O San Antonio Spurs começa uma sequência de seis jogos longe do AT&T Center diante do Boston Celtics, um dos adversários mais experientes e difíceis de se encarar na NBA. Com as lesões de Kawhi Leonard e Stephen Jackson, o time texano recorreu à D-League e nessa partida contará com os reforços dos jovens Cory Joseph e James Anderson, que defendiam o Austin Toros e o Rio Grande Valley Vipers, respectivamente, nos últimos dias. Nos últimos três jogos, foram duas derrotas – para New York Knicks e Los Angeles Clippers – e apenas uma vitória, em boa exibição diante do Denver Nuggets. O triunfo em Boston é de utilidade máxima para que o time retome a regularidade e continue fixo nas primeiras colocações do Oeste.

PG – Tony Parker

SG - Gary Neal/Manu Ginobili

SF – Danny Green

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho - Com uma rotação de perímetro muito prejudicada pelas lesões de Leonard e Jackson, o Spurs precisará muito que Manu Ginobili jogue em nível acima do que vem apresentando. Contra Nuggets e Clippers, veio do banco e pontuou bem. Nos outros jogos, porém, quando não ficou fora por lesão, contribuiu pouco. Será essencial para que o time vença que ele pontue bem.

PG – Rajon Rondo

SG – Jason Terry

SF – Paul Pierce

PF – Brandon Bass

C – Kevin Garnett

Fique de Olho - Se o Spurs estivesse com todo seu time à disposição, a preocupação seria menor. Mas sem Leonard para marcá-lo, Paul Pierce tem tudo para ser o homem do Celtics no duelo. Maior pontuador da equipe, o ala deixou para trás um ano passado apenas mediano e voltou a ser a principal fonte de pontos do time, suprindo a saída sentida de Ray Allen.

Spurs (38-14) @ Celtics (30-23) – Teste pra cardíaco!

San Antonio Spurs87X86Boston Celtics

Foi sofrido, mas o San Antonio Spurs arrancou uma vitória importante do Boston Celtics fora de casa. Com o triunfo, a franquia texana se aproximou ainda mais do Oklahoma City Thunder e já sonha com o topo da Conferência Oeste. O time da casa teve a bola do jogo, mas Paul Pierce desperdiçou o arremesso e o placar ficou em 87 a 86 para os visitantes em partida disputada nesta quarta-feira (4).

Quem é melhor?

Nove e contando…

A vitória desta quarta foi a nona consecutiva do San Antonio Spurs – melhor sequência em atividade em toda a NBA. O Boston Celtics, por outro lado, teve sua sequência de cinco triunfos consecutivos quebrada.

Amor e ódio

Confesso que tenho um caso de amor e ódio com o Gary Neal. Ele é bom jogador, tem um arremesso confiável e é um ótimo desafogo na tábua ofensiva, mas peca em uma série de aspectos. Tudo bem que ele está jogando improvisado como armador, mas precisa passar mais a bola, forçar menos arremessos e procurar fazer o simples. Contra o Celtics, Neal cometeu cinco turnovers – muitos deles na reta final da partida – e quase prejudicou a equipe. No entanto, foi o mesmo camisa 14 que acertou uma bola de três pontos crucial no último minuto do jogo. Assim fica difícil ter raiva dele, né?

Flop do Timmy?

Segundo tempo sofrível

O primeiro tempo do San Antonio Spurs contra o Boston Celtics foi fantástico. A franquia texana foi para o intervalo vencendo por 59 a 48, mas parece ter parado por aí. Na volta do descanso, quem ditou o ritmo da partida foi o time da casa, que sufocou os comandados de Gregg Popovich. Para se ter uma ideia, San Antonio fez apenas nove pontos no terceiro período e um total de 28 pontos no segundo tempo inteiro – o que é tenebroso!

O aproveitamento nos arremessos também foi ruim (41,9%), assim como o aproveitamento de longa distância (25%). Vale lembrar que o tiro de três pontos é uma das principais armas – quiçá a principal – do Spurs no ataque.

Esses 25% refletem um pouco o desempenho do time em quadra, já que essas bolas que deixaram de cair fizeram muita falta. A parte boa é que o Spurs conseguiu sobreviver mesmo sem essa alternativa fundamental.

Double-double

Para encerrar, Matt Bonner fez um double-double (dez pontos e dez rebotes). Aposto que o blogueiro Lucas Pastore, grande admirador do basquete do camisa 15, está em êxtase! Ah, e ele acertou um arremesso importantíssimo no finalzinho. Além de tudo é clutch! 

Próxima parada

O San Antonio Spurs volta à quadra na sexta-feira, quando recebe o New Orleans Hornets no AT&T Center. No domingo, ainda em casa, o visitante a ser batido será o Utah Jazz. Tá fácil aumentar essa sequência, hein!?

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 14 pontos e quatro rebotes

Gary Neal – 13 pontos e quatro assistências

Tim Duncan – Dez pontos e 16 rebotes

Matt Bonner – Dez pontos e dez rebotes

Tiago Splitter – Oito pontos e seis rebotes (14 minutos em quadra)

Boston Celtics

Avery Bradley – 19 pontos

Rajon Rondo – 17 pontos e 11 assistências

Kevin Garnett – 16 pontos e sete rebotes

Paul Pierce – 15 pontos e dez rebotes

Parker é eleito o jogador da semana na Conferência Oeste

Parker dança break para comemorar escolha

Tony Parker está em alta. O armador foi anunciado nesta segunda-feira (6) como o jogador da semana na Conferência Oeste. Pelo Leste, o escolhido foi o ala Paul Pierce, do Boston Celtics.

O francês ajudou o San Antonio Spurs a conquistar quatro vitórias na última semana. Nos quatro embates, Parker registrou médias de 22 pontos, oito assistências e 1,5 roubos de bola.

A cereja do bolo foi o desempenho contra o Oklahoma City Thunder, quando o camisa 9 anotou 42 pontos, distribuiu nove assistências e ainda por cima se tornou o maior passador do Spurs em todos os tempos, ultrapassando Avery Johnson.

Spurs (57-18) vs Celtics (52-22) – Nem Tim Duncan salva…

97X107

O cenário parecia perfeito para retornar à boa fase. Após quatro derrotas consecutivas, o San Antonio Spurs contava com a volta de Tim Duncan, recuperado de uma entorse no pé esquerdo. Além dele, Manu Ginobili e Tony Parker, que ficaram de fora do último jogo, também voltaram. No entanto, o time completo foi incapaz de derrotar o Boston Celtics – igualmente em má fase.

Foto por Alissa Hollimon/NBAE via Getty Images

O calcanhar de aquiles texano foi o terceiro quarto – como sempre. Depois de fazer um bom primeiro tempo, os comandados de Gregg Popovich cochilaram no terceiro período e cederam a virada aos verdes, que, experientes, souberam muito bem como tirar proveito. O novo revés, de quebra, acendeu o sinal vermelho em San Antonio. Antes líder isolado, o Spurs vem sendo seguido de perto pelo Los Angeles Lakers, que ontem massacrou o Dallas Mavericks e chegou a 54 vitórias em 74 jogos.

O cestinha da noite pelo lado texano na partida de ontem mais uma vez foi Tony Parker: 23 pontos e oito assistências para ele. Tim Duncan também apareceu bem. O Big Fundamental deixou a quadra com 20 pontos e 13 rebotes. Destaque negativo para o argentino Manu Ginobili, que anotou apenas nove pontos em 33 minutos.

Pelo lado do Boston Celtics, o destaque da noite foi Rajon Rondo. O armador deitou e rolou na defesa adversário e, além de marcar 22 pontos, ainda contribuiu com 14 assistências. Paul Pierce também apareceu bem e quase conquistou um triple-double: 21 pontos, 11 rebotes e sete assistências.

O próximo jogo do Spurs é hoje, contra o Houston Rockets, em Houston. Depois disso, Tim Duncan e companhia retornam para San Antonio e medem forças com o Phoenix Suns, no domingo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos, oito assistências, quatro rebotes e duas roubadas de bola

Tim Duncan – 20 pontos, 13 rebotes, três assistências e dois tocos

Richard Jefferson – 14 pontos e três rebotes

Tiago Splitter – Dois rebotes e um toco contra em 4:12 minutos

Boston Celtics

Rajon Rondo – 22 pontos, 14 assistências e cinco rebotes

Paul Pierce – 21 pontos, 11 rebotes e sete assistências

Kevin Garnett – 20 pontos e nove rebotes

Glen Davis – 16 pontos e oito rebotes

Parker é o jogador da semana no Oeste

O armador Tony Parker foi eleito nesta segunda-feira o melhor jogador da semana na Conferência Oeste. O francês liderou o San Antonio Spurs a três vitórias em três jogos com médias de 25,7 pontos, 8,7 assistências e 2,3 rebotes por duelo.

Na partida diante do Memphis Grizzlies, realizada no último sábado, TP obteve sua melhor marca da temporada: 37 pontos e nove assistências. Vale lembrar que San Antonio tem hoje a melhor campanha da NBA (23-3) e está invicto há oito combates.

Pelo lado Leste, o melhor jogador da semana foi Paul Pierce, do Boston Celtics. Assim como Parker, Pierce liderou a franquia de Massachusetts a três triunfos em três contendas. Suas médias foram de 21,7 pontos, 8,7 assistências e 8,3 rebotes por noite. O Celtics tem a segunda melhor campanha da liga e mantém a maior sequência de vitórias entre todos os competidores: o time está sem perder há 13 jogos.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores