Arquivos do Blog

Spurs (27-8) @ Grizzlies (15-19) – Vitória suada

110×108

Mesmo com dificuldade e com o jogo decidido no último segundo, o San Antonio Spurs conseguiu mais uma vitória sobre o Memphis Grizzlies na temporada. Nesta terça-feira (7), o time de preto e prata precisou triunfar na prorrogação, após permitir uma reação e um empate dos donos da casa no último quarto. Manu Ginobili, mesmo sem ter feito um grande jogo, definiu o placar final de 110 a 108. A equipe texana volta a entrar em quadra já nesta quarta-feira, contra o Dallas Mavericks. Já os mandantes retornam na sexta, contra o Phoenix Suns.

Duncan coletou 17 rebotes no total (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

Manu

Como mensurar a importância de um jogador em uma partida? Pelos números, Manu Ginobili teve uma noite muito fraca. Acertou apenas três arremesses de quadra em doze tentativas, além de ter errado todas as cinco bolas do perímetro. O argentino também perdeu dois dos cinco lances livres que teve no jogo. Foram nove pontos em 32 minutos de exibição.

Manu foi responsável pelo ponto final (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

No entanto, nos momentos mais tensos do jogo, lá estava o argentino para segurar a bola e decidir. Primeiro, no fim do último quarto. Faltando três segundos para o fim do tempo regulamentar, Manu recebeu de Tim Duncan no garrafão e desempatou o jogo (98-96) com uma bandeja dificílima. No ataque seguinte, o Grizzlies empataria com Mike Conley.

Na prorrogação, o ala-armador voltou a mostrar sua magia. De novo recebendo de Duncan, só que dessa vez próximo à linha de três pontos, Ginobili infiltrou e fez uma bandeja desajeitada e contestada. Com 1,8s no relógio, o deu números finais ao jogo. Mais uma atuação que nos lembra que grandes jogadores aparecem nos momentos de necessidade.

Vacilo

Após explicar como o Spurs se livrou do problema, vamos ver como o time se meteu nessa. Com cinco minutos no relógio e uma vantagem de 16 pontos, o normal é se acreditar que a equipe iria apenas administrar a vantagem e garantir a vitória.

No entanto, bastaram cinco desperdícios de bola e uma sequência de 23 a 7 para o Memphis para o jogo ir para a prorrogação. Conley foi responsável por 11 pontos na virada. O armador adversário teve outra grande noite contra o Spurs. Ele teve sua melhor pontuação na temporada, com 30 pontos, além de cinco assistências e seis rebotes. Ah, e depois daquela cesta de Ginobili faltando 1,8 s, ele andou tentou de três e deu aro. Imagina se entra?

Outro duplo-duplo

Se o Manu não jogou muito, o armador Tony Parker não passou muito longe. Acertando cinco dos 12 arremessos que tentou, sem ter ido para a linha de lance livre nenhuma vez, o francês só anotou dez pontos na noite. Pelo menos (e o mesmo serve para o Manu), ele distribuiu seis assistências. Se dois membros do Big Three não jogaram bem e o Spurs ainda assim ganhou, quer dizer que o que restou deve ter ido muito bem. E foi assim que aconteceu. Tim Duncan tirou da cartola mais um duplo-duplo. O ala-pivô foi o cestinha do Spurs com 24 pontos, além de ter pego 17 rebotes e dado quatro assistências. Para complementar os números da noite, Kawhi Leonard e Marco Belinelli ajudaram com 17 e 19 pontos, respectivamente.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan –  24 pontos e 17 rebotes

Marco Belinelli – 19 pontos e 4 assistêcias

Kawhi Leonard – 17 pontos e seis rebotes

Boris Diaw – 11 pontos

Patty Mills – 11 pontos

Tony Parker – 10 pontos e 6 assistências

Memphis Grizzlies

Mike Conley – 30 pontos e 5 assistências

Zach Randolph – 17 pontos e 8 rebotes

James Johnson - 15 pontos e 5 assistências

Courtney Lee – 12 pontos

Jon Leuer - 10 pontos e 9 rebotes

Spurs (22-7) @ Mavericks (16-12) – Temporada regular

San Antonio Spurs @ Dallas Mavericks – Temporada Regular

Data: 26/12/2013

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: American Airlines Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,63 (favorito) vs Mavs 2,18

Após perder para o Houston Rockets no dia de Natal, o San Antonio Spurs cai na estrada e já enfrenta outro rival texano nesta quinta-feira. Pela primeira vez na temporada, o alvinegro vai medir forças com o Dallas Mavericks. Os donos da casa querem impedir a sexta vitória seguida dos visitantes em seus domínios. O último triunfo da equipe de Dirk Nowitzki foi justamente contra o time de James Harden, na segunda-feira, por 111 a 104.

PG – Tony Parker

SG – Marco Belinelli

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho - Marco Belinelli não tem sido incrível, mas tem mostrado que pode contribuir. Porém, para manter a vaga de titular, vai ter que mostrar mais serviço. O italiano tem médias de 10,2 pontos e 2,7 rebotes por exibição. Apesar de ter somado apenas 13 pontos nos últimos dois jogos, fazendo parte do quinteto titular em ambas, o ala-armador já mostrou do que é capaz ao anotar 17 e 28 pontos nos dois compromissos anteriores a esses. 

PG – Monta Ellis

SG - Jose Calderon

SF – Shawn Marion

PFDirk Nowizki

C – Samuel Dalembert

Fique de Olho - Em sua última apresentação, Dirk Nowitzki mostrou que ainda tem muita lenha para queimar, anotando 31 pontos (11-18 FG). O alemão foi responsável por dez pontos no último quarto na segunda-feira, na vitória sobre o Rockets em outro clássico texano.

Spurs (2) @ Grizzlies (0) – Final do Oeste

San Antonio Spurs @ Memphis Grizzlies - Final da Conferência Oeste

Data: 25/05/2013

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: FedEX Forum

Na TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,75 @ Grizzlies 1,46 (favorito)

O San Antonio Spurs fez a sua parte em casa na série contra o Memphis Grizzlies, válida pela final da Conferência Oeste, vencendo os dois jogos iniciais em seus domínios. Agora, para confirmar a boa fase contra o rival que eliminou o time alvinegro em 2011, a equipe texana cai na estrada, buscando vencer os donos da casa e abrir o irremediável 3 a 0.

Série nos playoffs (2-0)

19/05/2013 – Spurs 105 vs 83 Grizzlies

O Spurs surpreendeu massacrando o Grizzlies no primeiro jogo. Se no garrafão a missão de defender Marc Gasol e Zach Randolph era difícil, no perímetro a equipe de San Antonio deu show, conquistando uma vitória fácil.

21/05/2013 – Spurs 93 vs 89 Grizzlies

O Spurs caminhava para conseguir mais uma vitória tranquila dentro de casa, mas acabou vacilando no fim e deixou os visitantes empatarem. O jogo foi para a prorrogação, e, com a ajuda de Tim Duncan, os texanos venceram.

PG – Tony Parker

SG - Danny Green

SF - Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C - Tiago Splitter

Fique de Olho - O francês Tony Parker está fazendo uma série incrível. Se no primeiro jogo o armador fez 20 pontos, sendo o cestinha em quadra, no segundo jogo ele surpreendeu com incríveis 18 assistências, recorde em sua carreira.

PG – Mike Conley

SG – Tony Allen

SF – Tayshaun Prince

PF – Zach Randolph

C – Marc Gasol

Fique de Olho - Especialistas chegaram a afirmar que a derrota do Grizzlies no jogo 2 foi uma espécie de vitória moral. O grande motivo disso é que o ala-pivô Zach Randolph acordou para a série. Com um ótimo segundo tempo, Z-Bo fechou o jogo com 15 pontos e 18 rebotes.

Spurs (28-11) @ Grizzlies (24-10) – Queda na prorrogação

98@101

Mais uma batalha pelo topo da Divisão Sudoeste acabou na prorrogação na noite desta sexta-feira (11). San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies precisaram de 53 minutos para resolver suas desavenças. Assim como no primeiro confronto, os donos da casa saíram vitoriosos. Uma pena, para os torcedores do time texano, que a partida foi realizada em Memphis.

O Grizzlies, com o placar de 101 a 98, impôs a primeira derrota ao Spurs após a primeira fase dos playoffs da temporada 2010/2011. Agora, os dois time jogam de novo na quarta-feira para desempatar a série na temporada regular. A boa notícia é que o jogo será em San Antonio. A equipe texana vem fazendo um campanha oscilante na estrada. Essa é também a terceira derrota em cinco jogos para o time de preto e prata. Antes do reencontro com os rivais, o Spurs recebe o Minnesota Timberwolves, no domingo.

Terceira derrota em cinco jogos. Hora de abrir o olho! |Foto:NBA

Jogo apertado

Spurs e Grizzlies é o tipo de jogo que você precisa reservar os cinco minutos finais para assistir, porque são partidas como essa que só se resolvem no fim. E assim foi. O grande problema é que a equipe texana não conseguiu jogar bem nos momentos finais. Com uma série de erros, somados à ótima defesa do Memphis, o time de San Antonio sofreu pra fazer cestas simples. Se a bolas fáceis não entravam, restou ao time de Gregg Popovich fazer as difíceis.

Tony Parker bem que tentou… (Joe Murphy/NBAE/Getty)

Com o relógio marcando apenas sete segundos para o fim do jogo, e o Grizzlies com uma vantagem de quatro pontos, parecia impossível pensar em uma reação. Mas aconteceu. Stephen Jackson acertou uma bola de três e, após dois lances livres feitos por Zach Randolph, Tony Parker acertou mais uma do perímetro.

No entanto, na prorrogação o problema ofensivo perdurou. A única bola que o time acertou foi outra de três de Parker. Sem um ataque efetivo, a defesa sofreu para segurar as investidas do adversário. Rudy Gay e Darrell Arthur fizeram as cestas decisivas, que definiram a vitória dos donos da casa.

TP

Tony Parker mais uma vez teve uma ótima partida contra o Grizzlies. Assim como no primeiro jogo entre as duas franquias na temporada, o armador anotou 30 pontos. Em um jogo apertado como esse, em que o time não consegue atingir três dígitos no placar, a pontuação do francês realmente se destaca.

Além disso, o camisa #9 não só fez muitos pontos, como também apareceu quando necessário. Basicamente, os seis últimos pontos do time no jogo saíram de suas mãos.

Bola quente

O Spurs tem sofrido com as bolas desperdiçadas. No jogo contra o Los Angeles Lakers, foram 18. Na derrota para o New Orleans Hornets, 19. Contra o Grizzlies a média se manteve: mais 18 turnovers. O time mandante agradeceu as bolas cedidas e capitalizou isso em 26 pontos anotados em contra-golpes.

Cadê o banco?

O Spurs é considerado um adversário difícil não só pelo trio formado por Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan e pelo bom time titular. O que preocupa os adversários é a hora de colocar os que iniciaram para descansar. Com o melhor banco da liga, o time de San Antonio inferniza os adversários nos momentos de descanso das estrelas. Porém, na noite de sexta, os reservas não apareceram como esperado. Com uma média na temporada de 42 pontos por jogo, o banco do Spurs conseguiu apenas 27. Ainda uma boa média, mas que faz diferença para os titulares acostumados a não ter que segurar as pontas sozinhos. A boa defesa do Grizzlies só permitiu que quatro jogadores dos visitantes chegassem a dois dígitos. O Big Three mais o o brasileiro Tiago Splitter.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 30 pontos e 5 assistências

Manu Ginobili – 14 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tim Duncan – 13 pontos e 15 rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos e 5 rebotes

Memphis Grizzlies

Rudy Gay – 23 pontos e 6 rebotes

Michael Conlley – 21 pontos e 5 assistências

Zach Randolph – 18 pontos e 10 rebotes

Darell Arthur – 14 pontos e 5 rebotes

Marc Gasol – 10 pontos e 6 rebotes

Tony Allen – 10 pontos e 5 rebotes

Spurs joga na terça-feira pela semifinal da Conferência Oeste

Ansiedade para voltar à quadra já é grande!

A espera está quase acabando, caro leitor!

O adversário do San Antonio Spurs na semifinal da Conferência Oeste será conhecido neste domingo (13). Los Angeles Clippers e Memphis Grizzlies fazem hoje o aguardado Jogo 7 da série. O time de Zach Randolph tem uma ligeira vantagem por estar em casa e pelo fato de o adversário ter suas principais estrelas, Chris Paul e Blake Griffin, “baleados”.

“Todos nós queremos entrar em quadra e jogar logo”, disse o ansioso Danny Green ao longo da semana. “Acho que todo mundo está empolgado para saber quem será o nosso oponente. A pós-temporada é o melhor momento do ano, por isso queremos jogar novamente o quanto antes”, completou Green.

Mesmo com adversário indefinido, o calendário da próxima fase já foi divulgado pela NBA. O San Antonio Spurs estará em quadra na terça-feira às 22h30 para o Jogo 1. Confira abaixo a lista complete das partidas.

Jogo 1: Terça-feira (15) às 22h30 (San Antonio)
Jogo 2: Quinta-feira (17) às 22h30 (San Antonio)
Jogo 3: Sábado (19) às 16h30 (Memphis/Los Angeles)
Jogo 4: Domingo (20) às 23h30 ou 21h00 (Memphis/Los Angeles)
Jogo 5: Terça (22) – Se necessário
Jogo 6: Quinta (24) – Se necessário
Jogo 7: Domingo (27) – Se necessário

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores