Arquivos do Blog

Spurs (49-16) @ Warriors (23-42) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Golden State Warriors – Temporada Regular

Data: 26/04/2012

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: ORACLE Arena

O San Antonio Spurs fará nesta quinta-feira sua última partida na temporada regular, contra o Golden State Warriors, em Oakland. Com o primeiro lugar na Conferência Oeste garantido, o Spurs ainda mantém a esperança de conseguir o primeiro posto geral da NBA. Porém. para que isso aconteça, o Chicago Bulls precisa perder do Cleveland Cavaliers, o que é pouco provável. Com isso dito, e tendo em vista o adversário, que já não tem tanto interesse em vencer, o time texano não deverá utilizar seus principais jogadores no embate. A última vez que o Spurs perdeu para o  Warriors foi em 7 de janeiro de 2008. De lá pra cá, foram 14 triunfos consecutivos.

Confrontos na Temporada (2-0)

04/01/2012 – San Antonio Spurs 101 vs 95 Golden State Warriors

A partida no início da temporada marcou o crescimento de Danny Green. O ala-armador se destacou ofensivamente e defensivamente, ao marcar bem a dupla Stephen Curry e Monta Ellis, hoje no Milwaukee Bucks.

16/04/2012- San Antonio Spurs 120 @ 99 Golden State Warriors

O jogo foi marcado pelo retorno do Spurs a liderança da Conferência Oeste. Gary Neal e Tiago Splitter ganharam tempo de quadra e fizeram sua parte: 17 e 15 pontos, respectivamente.

San Antonio Spurs

PG – Patrick Mills

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – DeJuan Blair

Fique de Olho - Patty Mills aproveitou bem a titularidade que ganhou na noite de quarta-feira, contra o Phoenix Suns. Com a contusão de Garry Neal e o descanso de Tony Parker, o australiano ganhou tempo de quadra e marcou 27 pontos, batendo o recorde de sua carreira.

PG – Charles Jenkins

SG – Klay Thompson

SF – Richard Jefferson

PF- Jeremy Tyler

C - Mickell Gladness

Fique de Olho – Com a saída de Monta Ellis, o novato Klay Thompson ganhou espaço no time de Oakland. O ala-armador faz, em média, 12.4 pontos por jogo. No último confronto contra o Spurs, o jovem marcou 29 pontos, pegou oito rebotes e chegou a afirmar que será melhor que Manu Ginobili.

Spurs (43-16) @ Warriors (22-38) – De volta ao topo!

San Antonio Spurs120X99Golden State Warriors

O San Antonio Spurs iniciou nesta segunda-feira (16) sua pequena viagem à Califórnia com uma fácil vitória sobre o Golden State Warriors por 120 a 99. De quebra, a franquia texana retomou a liderança da Conferência Oeste graças ao triunfo do Los Angeles Clippers sobre o Oklahoma CIty Thunder. Se a temporada acabasse hoje, Tim Duncan e companhia enfrentariam o Phoenix Suns. Moleza, né!?

Olha só como foi fácil...

Primeiro quarto arrasador

Assim como no sábado, quando recebeu o Phoenix Suns, o Spurs massacrou seu adversário no período inicial. Contra o Warriors, foram 39 pontos só no primeiro quarto – uma marca bastante expressiva. No intervalo, os comandados de Gregg Popovich venciam por 70 a 49.

Neal foi o cestinha do Spurs na noite...

Hora de poupar

Com o triunfo assegurado desde cedo, nosso treinador pôde poupar seus principais atletas. Dos titulares, nenhum jogou mais do que 20 minutos. Tim Duncan teve praticamente uma noite de folga, ficando só 11 minutos em quadra. Manu Ginobili e Tony Parker também mal suaram a camisa – jogaram pouco mais de um período.

Sequência complicada

Após conquistar sua terceira vitória consecutiva, o Spurs terá um calendário apertadíssimo pela frente. A equipe volta à quadra nesta terça, contra o Los Angeles Lakers, e também na quarta – desta vez diante do Sacramento Kings. Depois de uma folguinha na quinta para recarregar as baterias, sexta tem novo duelo contra o Lakers, que já nos venceu uma vez nesta temporada, sem Kobe Bryant.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Gary Neal – 17 pontos e cinco assistências

Tiago Splitter – 15 pontos e oito rebotes

Tim Duncan – 13 pontos e dois rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e quatro assistências

Golden State Warriors

Nate Robinson – 30 pontos e sete assistências

Klay Thompson – 29 pontos, oito rebotes e cinco assistências

Dorell Wright – 17 pontos e seis rebotes

Jackson se diz “pronto e faminto” para atuar pelo Spurs

Ele deu o que falar nesta quinta

Logo após confirmada, a notícia da troca em que o Spurs conseguiu Stephen Jackson rapidamente repercutiu nas redes sociais. Em sua conta oficial no Twitter (@DaTrillStak5), “Captain Jack” mostrou toda sua alegria e animação em voltar ao San Antonio Spurs.

“Voltando para onde pertenço. SA aqui vou eu”, postou o ala, logo após a troca.

Em seguida, Jackson deu mais uma demostração de que está motivado para ajudar o Spurs a buscar mais um título. Vale lembrar que ele fez parte do elenco campeão em 2003.

“Para todos os meus fãs, obrigado pelo carinho. Para meus fãs do Spurs, vamos lá. Estou pronto e faminto. Grrrrrr”, postou, antes de lançar uma enquete perguntando aos seguidores se deveria continuar com a camisa número 1 ou voltar a utilizar a 3. A segunda opção foi a eleita.

Também no Twitter, Richard Jefferson (@RJeff24), principal envolvido na troca que também enviou uma escolha de draft e o armador TJ Ford para o Golden State Warriors, nem de longe repetiu a mesma animação do colega e se limitou a agradecer aos fãs com uma mensagem curta.

“Obrigado pelo carinho, fãs”, publicou o ala, que desde sua chegada a San Antonio foi duramente criticado pelo desempenho abaixo do esperado e viu seu nome envolvido até mesmo em boatos de que seria anistiado pela franquia.

Já no Facebook, o argentino Manu Ginobili demonstrou uma mescla de sentimentos de tristeza e alegria por conta da transação.

“O Spurs trocou Richard Jefferson por Stephen Jackson. É triste por dizer adeus a RJ, que foi um ótimo companheiro e jogador, mas ao mesmo tempo estou feliz de ter Jack de volta conosco. Boas lembranças de minha temporada de calouro!”, disse o argentino, que chegou à NBA na temporada 2002/2003 e logo conquistou o título ao lado de Jackson.

Spurs (6-2) vs Thunder (7-2) – Temporada Regular

Bruno Lorscheiter

San Antonio Spurs vs Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 08/01/2012

Horário: 22:00 (Horário de Brasília)

Local:  Chesapeake Energy Arena

Transmissão: NBA.TV

As duas equipes com as melhores campanhas do Oeste se encontram em um duelo pela hegemonia parcial da conferência. Mesmo vindo de dois jogos em dias consecutivos, certamente a jovem e talentosíssima equipe do Thunder dará trabalho para o Spurs.

Foto em nba.com

PG – Tony Parker

SG – Gary Neal

SF – Richard Jefferson/Danny Green

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de olho – O assunto do momento em San Antonio é o ala Danny Green. Ele ganhou confiança e tempo de quadra após grande atuação contra o Golden State Warriors. Na última partida, contra o Denver Nuggets, marcou 24 pontos, sua maior marca na carreira.

Foto em nba.com

PG – Russel Westbrook

SG – Thabo Sefolosha

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C – Kendrik Perkins

Fique de olho – Estrela da equipe e um dos melhores jogadores da NBA, Kevin Durant sempre é uma dor de cabeça para o adversário. Com média de 26,2 pontos por embate, Durant será um bom teste para a equipe texana.

Spurs (4-2) vs Warriors (2-4) – Acelera, Danny Green!

Robson Kobayashi - Resumo de Jogo

101×95

Nesta quarta-feira (4), o San Antonio Spurs recebeu o Golden State Warriors e, mesmo sem Manu Ginobili, venceu o adversário por 101 a 95.

Gregg Popovich iniciou o jogo com Tony Parker, James Anderson, Richard Jefferson, DeJuan Blair e Tim Duncan. O embate começou disputado, mas Monta Ellis logo começou a se destacar na partida, fazendo 12 pontos e deixando o placar em 26 x 20 para os visitantes no primeiro quarto.

Os texanos até conseguiram buscar o empate, mas a defesa não funcionava e descemos para os vestiários perdendo pelo placar de 53 a 45.

Cuidado Timmy

Cuidado Timmy!!! (AP Photo/Bahram Mark Sobhani)

Pop arrumou a defesa na volta do intervalo, não dando espaço para Ellis e Curry, e chegamos a virar o jogo. O armador rival sentiu o tornozelo direito e facilitou a vida de Tony Parker, mas mesmo assim o período decisivo iniciaria em 75 a 70 para o adversário.

Danny Green entrou bem no jogo e começou a pisar fundo no acelerador. A equipe começou a acompanhá-lo e os jogadores gostaram do ritmo, virando o jogo. Pop solicitou um “Hack-Kwane Brown” só para desestabilizar o adversário, mas os visitantes não desistiam. Foi aí que Parker chamou a responsabilidade e garantiu a invencibilidade no AT&T Center na temporada e uma sequência de 27 vitórias contra o Warriors em San Antonio.

Todos os jogadores que entraram em quadra pontuaram. Nosso próximo adversário será o Dallas Mavericks, na quinta-feira (5), enquanto o Warriors vai até a Califórnia enfrentar a equipe do Los Angeles Lakers.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 21 pontos e oito assistências

Richard Jefferson – 17 pontos (5-5 3pts) e cinco rebotes

Tim Duncan – 15 pontos, 11 rebotes, três roubos e três bloqueios

DeJuan Blair – 12 pontos e nove rebotes

Golden State Warriors

Monta Ellis – 38 pontos e sete assistências

Stephan Curry – 20 pontos e oito assistências

David Lee – 13 pontos e dez rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores