Tem uma garota no banco

Vestiario Feminino

Nesta semana, uma novidade tomou conta dos noticiários esportivos. Um time da NBA, pela primeira vez, contratou uma mulher. Não para o elenco de jogadores, mas para o cargo de assistente técnica. Esse time é o San Antonio Spurs e essa mulher é Becky Hammon.

O atual campeão da NBA foi pioneiro na ação. Essa é a primeira vez que uma franquia da liga masculina emprega uma mulher, que passa a fazer parte da folha salarial da equipe, para a função de assistente técnica. O Cleveland Cavaliers, na temporada 2001/2002, teve Lisa Boyre em seu banco, mas como voluntária. Hammon será a primeira contratada.

Quem acompanha o Vestiário Feminino já sabia que a ala-armadora havia passado um tempo com Gregg Popovich para aprender com o grande técnico um pouco da função de treinador, dando sinais de que já pensava além de sua carreira nas quadras.

Em 2013, Hammon passara por uma lesão que a obrigara a ficar afastada dos jogos, mas não da academia, e muito menos da bola laranja. Enquanto se recuperava, teve umas aulas com o comandante do Spurs, que a acolheu junto à sua comissão técnica. A jogadora foi bem recebida pelo time e ganhou um feedback muito positivo.

Atrás de Gregg Popovich e ao lado de Tony Parker, Becky Hammon, agora, faz parte do time deles - literalmente (Billy Calzada/San Antonio Express)

Há pouco mais de duas semanas, a jogadora anunciou que se aposentaria ao final da temporada de 2014 da WNBA. Após 16 anos de vida profissional na liga norte-americana, Hammon deixa um legado que o Vestiário Feminino começou a relatar há duas semanas (no último domingo, a coluna não foi publicada por motivos pessoais) e continuará nas demais.

A contratação de uma das principais jogadoras do basquete feminino mundial é uma porta aberta para um dilema que tem sido quebrado já há algum tempo. A presença de mulheres no ambiente de trabalho, principalmente em posições de liderança, deixou de ser tabu para virar realidade, mas as barreiras têm sido derrubadas em etapas. E o esporte é um dos ambientes onde elas ainda precisam de muito mais liberdade.

Para quem acompanha a WNBA, e principalmente para os torcedores do San Antonio Stars e admiradores de Hammon – que não necessariamente torcem para a franquia texana – saber que a jogadora que teve uma trajetória tão cheia de percalços chegou a um dos mais altos níveis do basquete mundial é motivo de muito orgulho.

Esse é apenas mais um capítulo da história tão inspiradora da garota que saiu de South Dakota para a maior liga de basquete do mundo e uma das franquias mais admiradas do universo da bola laranja. O Vestiário Feminino e o Spurs Brasil ficarão muito felizes em acompanhar sua trajetória entre os homens.

Becky Hammon e Gregg Popovicch durante um dos treinos do San Antonio Spurs. A equipe texana acabou a temporada como campeã, será que com a jogadora que se aposenta da armação nessa temporada o feito se repete? (Business Insider)

Anderson é eleito o novato menos valorizado

Nesta terça-feira (6), a NBA divulgou, por meio de seu site oficial, os resultados da Rookie Survey, pesquisa anual feita entre os novatos sobre a classe do Draft daquela temporada. Nela, o novo jogador do San Antonio Spurs, o ala Kyle Anderson, foi eleito o nome mais subvalorizado entre todos os atletas que estão prestes a fazer sua estreia na liga americana.

Anderson mostrou ter moral entre os novatos (Reprodução/nba.com/spurs)

Anderson levou 11,1% dos votos da categoria, ficando à frente de Mitch McGary, do Oklahoma City Thunder, e de Glen Robinson III, do Minnesota Timberwolves, com 8,3%.

Além disso, Anderson foi eleito o segundo novato com melhor visão de jogo da classe, com 18,9% dos votos. O ala só ficou atrás de Tyler Ennis, do Phoenix Suns, que levou 24,3%.

Anderson ainda levou votos entre os novatos candidatos a ter a melhor carreira na liga profissional americana. Clique aqui e veja os resultados completos da pesquisa.

JaMychal Green assina com o Spurs

Nesta terça-feira (6), o San Antonio Spurs anunciou a contratação de JaMychal Green. O ala-pivô deve fazer parte da pré-temporada com o elenco e passa a brigar com o armador Bryce Cotton e o pivô Aron Baynes pela última vaga aberta no plantel para 2014/2015.

Green em ação pelo Spurs na Summer League (Reprodução/bleacherreport.com/)

Green é um velho conhecido da franquia texana. Ele disputou a última Summer League de Las Vegas pela equipe de San Antonio, apresentando médias de 7,8 pontos e 6,5 rebotes em 16,2 minutos por exibição. Além disso, disputou a D-League pelo Austin Toros na temporada 2012/2013, obtendo, em média, 12,3 pontos e 8,1 rebotes por partida.

Na última temporada, Green disputou o Campeonato Francês pelo Roanne, apresentando médias de 11,8 pontos e 6,6 rebotes em 22,1 minutos por jogo.

Spurs veta e Ginobili está fora da Copa do Mundo

Manu Ginobili está fora da Copa do Mundo masculina de basquete. De acordo com relatos da imprensa americana especializada, o San Antonio Spurs enviou uma carta para o ala-armador vetando sua participação na competição, receoso por conta da fratura por stress que o astro sofreu no pé direito. Nesta quinta-feira (31), a Federação Argentina de Basquete (CABB) emitiu um comunicado confirmando o corte do jogador, campeão olímpico em 2004.

Ginobili (à direita) está fora da Copa do Mundo (Reprodução/cabb.com.ar/)

Segundo a nota publicada pela CABB, o corte de Ginobili obedece a uma cláusula do contrato firmado entre a NBA e a Fiba, que justifica o corte desde que haja uma “preocupação médica razoável”. Clique aqui e confira o comunicado na íntegra.

Com isso, o Spurs terá dois jogadores na Copa do Mundo, que será disputada entre 30 de agosto e 14 de setembro, na Espanha: Tiago Splitter, do Brasil, e Boris Diaw, da França. Aron Baynes, da Austrália, também foi convocado, mas ainda não renovou com a franquia.

Parker renova com o Spurs por três temporadas

Ele fica!! (Fonte: spurs.com)

O San Antonio Spurs acertou a renovação de contrato do armador francês Tony Parker. O atleta, que receberá US$ 12,5 milhões nesta temporada, acertou sua renovação por mais três anos, em um valor total de US$ 45 milhões.

O contrato assinado por Parker é considerado o máximo para veteranos de sua idade, ou seja, atinge um teto e é apenas 7.5% maior em relação ao vencimento anterior. O salário ainda será crescente, ocupando em sua primeira temporada US$ 13,5 milhões e fechando sua duração, em 2017/2018, com um total de US$ 15,5 milhões.

Agora que Parker prorrogou seu contrato, o Spurs parte para as negociações com Kawhi Leonard. Caso queira renovar com o atual MVP das Finais, a equipe terá até o dia 31 de outubro. Caso contrário, terá apenas uma extensão de um ano no valor de US$ 4 milhões. Dirigentes da franquia acreditam que a negociação com o ala de 22 anos de idade será tranquila como todas as realizadas até o momento.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores