Duelo entre Spurs e Mavericks começa neste domingo

A caminhada do San Antonio Spurs na pós-temporada da NBA tem data e hora marcada para começar. Como melhor time na classificação geral, o alvinegro começará todas as séries que disputar atuando em casa e com a vantagem de atuar em quatro partidas como mandantes.

Nowitzki e Duncan frente a frente de novo (Reprodução/facebook.com/Spurs)

Diante do Dallas Mavericks, adversário da primeira rodada no Oeste, o Spurs entrará em quadra inicialmente no próximo domingo (20), às 14h00 (horário de Brasília).

VEJA O CALENDÁRIO DO CONFRONTO:

Jogo 1 – 20/04/2014 – 14h00 (horário de Brasília) – San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks
Jogo 2 – 23/04/2014 – 21h00 (horário de Brasília) – San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks
Jogo 3 – 26/04/2014 – 17h30 (horário de Brasília) – San Antonio Spurs @ Dallas Mavericks
Jogo 4 – 28/04/2014 – 22h30 (horário de Brasília) – San Antonio Spurs @ Dallas Mavericks
Jogo 5* – 30/04/2014 – San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks
Jogo 6* – 02/05/2014 – San Antonio Spurs @ Dallas Mavericks
Jogo 7* – 04/05/2014 – San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks

* Se houver necessidade; os horários serão divulgados se os duelos acontecerem

Spurs (62-20) vs Lakers (27-55) – Que venha o Mavericks!

100×113

Com a primeira colocação geral garantida, o San Antonio Spurs entrou em quadra contra o Los Angeles Lakers, nesta quarta-feira (9), apenas para cumprir tabela e manter o elenco ativo para os playoffs. Com nenhum jogador passando de 26 minutos em quadra e Tim Duncan e Marco Belinelli poupados, o time de Gregg Popovich foi derrotado por 113 a 100. Agora, o alvinegro terá pela frente o Dallas Mavericks, no domingo, pela primeira partida dos playoffs.

Splitter foi um dos principais jogadores do Spurs em quadra, com 12 pontos e oito rebotes (NBAE/Getty Images)

Sem esquentar com recorde

Gregg Popovich não está preocupado em derrubar marcas históricas de temporada regular com esse time. Seu foco total está nos playoffs. Tendo perdido os últimos dois jogos da primeira fase, em boa parte por ter poupado peças do elenco, o Spurs ficou um vitória atrás do seu recorde de vitórias nesta etapa do campeonato: 63, alcançado na temporada 2005/2006.

Jogo do Lakers 

Kawhi Leonard foi o cestinha do Spurs (NBAE/Getty Images)

Esse atual time de Lakers estava se despedindo do amarelo e roxo. É provável que poucos do elenco continuem na franquia para sua próxima campanha. Por isso, vários jogadores estavam tentando se provar e conseguir um contrato – nem que seja em outra equipe – para a próxima temporada.

O time angelino ficou na frente por praticamente todo o jogo. O Spurs até conseguiu empatar antes do intervalo, em 51 a 51, mas, na volta dos vestiários o Lakers teve uma sequência de 11 pontos contra apenas dois dos donos da casa. Kendall Marshall e Jordan Hill deram trabalho aos texanos.

Outro jogo 

Mais importante que o jogo contra o Lakers era o confronto entre Memphis Grizzlies e Dallas Mavericks, também disputado nesta quarta. O vencedor ficaria com o sétimo lugar, e o derrotado, com a tarefa de encontrar o Spurs na primeira rodada dos playoffs. O Grizzlies venceu na prorrogação por 106 a 105 e também não terá uma missão fácil: pega o Oklahoma City Thunder.

O Mavs, por sua vez, é o próximo adversário do Spurs, e foi varrido pelo alvinegro na temporada regular. Da última vez que os dois se encontraram nos playoffs, em 2010, o time texano não teve dificuldades e venceu por 4 a 2. No ano anterior, em 2009, o time havia sido eliminado  por 4 a 1 por Dirk Nowitzki e companhia.

 Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 14 pontos e 5 rebotes

Tiago Splitter – 12 pontos e 8 rebotes

Tony Parker - 12 pontos e 4 assistências

Patty Mills – 12 pontos e 3 assistências

Austin Daye – 13 pontos

Manu Ginobili - 10 pontos e 5 assistências

Los Angeles Lakers

Jordan Hill – 18 pontos e 14 rebotes

Nick Young – 16 pontos e 6 rebotes

Kendall Marshall – 15 pontos e 11 assistências

Jodie Meeks – 14 pontos e 3 assistências

Ryan Kelly – 12 pontos e 8 rebotes

Wesley Johnson – 11 pontos e 11 rebotes

Jordan Farmar – 10 pontos e 6 assistências

Robert Sacre – 10 pontos e 3 rebotes

Spurs (62-19) vs Lakers (26-55) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Los Angeles Lakers – Temporada Regular

Data: 16/04/2014

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,23 (favorito) @ Lakers 4,26

Na última partida da temporada regular de 2013/2014 da NBA, o San Antonio Spurs encara o Los Angeles Lakers tendo a possibilidade de varrer o adversário angelino neste campeonato. A equipe texana já garantiu o primeiro lugar geral da competição e pode preservar alguns jogadores se esse for o desejo do comandante Gregg Popovich. Danny Green, Kawhi Leonard e Tiago Splitter, integrantes quinteto inicial do time, assim como o armador reserva Patrick Mills, foram poupados da derrota para o Houston Rockets, na segunda-feira. O Big Three, por sua vez, também não entrou por muito tempo em quadra naquele compromisso. De acordo com Tony Parker, é provável que o mesmo se repita nesta quarta-feira. “Quinze ou vinte minutos para todo mundo e a certeza de que estejamos em forma para sábado ou domingo”, disse.

Confrontos na temporada (3-0)

01/11/2013 – Spurs 91 @ 85 Lakers

Sem Tim Duncan, o Spurs não teve muitas dificuldades para bater um Lakers, que estava sem seu astro Kobe Bryant. Destaque para os 24 pontos de Tony Parker e os 20 de Manu Ginobilli, melhores jogadores da equipe de San Antonio em quadra.

14/03/2014 – Spurs 119 x 85 Lakers

No segundo confronto entre as duas equipes, os texanos nem sequer precisaram de seus titulares por muito tempo em quadra para atropelar os angelinos. Tony Parker e Tim Duncan, por exemplo, atuaram por 14 e 15 minutos, respetivamente.

19/03/2014 – Spurs 125 @ 109 Lakers

O terceiro encontro entre as duas equipes foi bem equilibrado. Durante os três primeiros períodos, o texanos não conseguiram abrir no placar. Já no último quatro, os visitantes deslancharam, ficando com a vitória no Staples Center.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Marco Belinelli

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C - Tiago Splitter

Fique de Olho - É importante para o Spurs que Marco Belinelli chegue nos playoffs com a mão calibrada. No último jogo, contra o Rockets, o italiano foi o cestinha do time, com 17 pontos.

PG – Kendall Marshall

SG – Jodie Meeks/Nick Young

SF – Wesley Johnson

PF – Ryan Kelly

C – Jordan Hill

Fique de Olho - Na partida contra o Utah Jazz, na segunda-feira, Nick Young anotou 41 pontos pelo Lakers, ficando a apenas de seu recorde pessoal. Mas o ala-armador ainda precisa se provar no confronto com o Spurs, já que sua média na temporada é de apenas 8,6 pontos por exibição, com 33% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Spurs (62-19) @ Rockets (54-27) – Varrido

98×104

O San Antonio Spurs acabou a temporada regular sem ter vencido o Houston Rockets. Na noite de segunda-feira (14), o alvinegro visitou o rival texano no Toyota Center, no quarto e último clássico da primeira fase deste campeonato e, com a rotação desfigurada por conta da opção de Gregg Popovich de poupar quatro jogadores, sofreu a quarta derrota seguida para o adversário. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Spurs não foi páreo para o Rockets (Reprodução/nba.com/rockets)

Diga aonde você vai…

O Spurs perdeu os quatro jogos que fez contra o Rockets na temporada, repetindo o retrospecto que teve nos duelos com o Oklahoma City Thunder. Claro que o alvinegro é um time experiente, que pratica um basquete diferente nos playoffs e que jogou desfalcado em boa parte desses confrontos. Mas ter sofrido oito das 19 derrotas no campeonato para possíveis adversários de semifinal e final de Conferência Oeste deixa uma pulga atrás da orelha.

Parker não foi bem (Bill Baptist/NBAE via Getty Images)

Coadjuvantes fora…

No jogo desta segunda, Popovich resolveu dar um descanso para quatro jogadores – três deles titulares. Danny Green, Kawhi Leonard e Tiago Splitter, todos parte do quinteto inicial do time texano, não participaram da partida, assim como o armador reserva Patrick Mills, também poupado. Com isso, Marco Belinelli e Damion Jones, que acaba de assinar contrato até o fim da temporada, iniciaram o jogo como alas titulares, e o australiano Aron Baynes ganhou uma chance no garrafão.

… e coadjuvantes dentro

Nenhum dos membros do Big Three conseguiu se destacar contra o Rockets nesta segunda. Tim Duncan (12 pontos, 4-10 FG e nove rebotes), Tony Parker (10 pontos, 4-9 FG, quatro assistências e duas roubadas de bola) e Manu Ginobili (10 pontos, 4-12 FG e três rebotes) estiveram longe de suas melhores exibições. Com isso, o alvinegro chegou a estar perdendo por 14 pontos de diferença.

Porém, com os três já no banco de reservas, os coadjuvantes do plantel entraram em cena no quarto período e chegaram a colocar cinco pontos de vantagem sobre o Rockets no marcador antes de sofrerem a virada. Os destaques do elenco de apoio foram Marco Belinelli (17 pontos), Jeff Ayres (12), Cory Joseph (11) e Boris Diaw (11).

Rivalidade?

Nos últimos anos, o Dallas Mavericks se estabeleceu como grande rival texano do Spurs. Porém, isso parece estar a ponto de mudar. Durante o jogo, Tim Duncan levou uma falta técnica – um pouco exagerada – após se enroscar com Patrick Beverley. Depois, foi a vez de James Harden levar advertência deste tipo ao jogar o ombro na direção de Manu Ginobili. Aparentemente, o clima vai esquentar nessa provável semifinal de conferência…

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Marco Belinelli – 17 pontos e 4 assistências

Tim Duncan – 12 pontos e 9 rebotes

Jeff Ayres – 12 pontos e 3 rebotes

Boris Diaw – 11 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Cory Joseph – 11 pontos, 5 assistências e 3 rebotes

Tony Parker – 10 pontos, 4 assistências e 2 roubos de bola

Manu Ginobili – 10 pontos e 3 rebotes

Houston Rockets

Chandler Parsons – 21 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Dwight Howard – 20 pontos e 17 rebotes

Terrence Jones – 20 pontos, 11 rebotes e 2 roubos de bola

James Harden – 16 pontos e 7 assistências

Patrick Beverley – 12 pontos

Spurs (62-18) @ Rockets (53-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Houston Rockets - Temporada Regular

Data: 14/04/2014

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: Toyota Center

Na TV: SPORTS+

Com que clima o San Antonio Spurs, que jogará como visitante, vai encarar o clássico texano desta segunda-feira, contra o Houston Rockets? Por um lado, uma vitória seria importante para o alvinegro mostrar sua força, já que a equipe saiu derrotada nos três duelos que fez até aqui com o rival local, provável adversário na segunda fase dos playoffs, na temporada. Por outro, com a primeira colocação geral no campeonato já assegurada, e o time pode se dar ao luxo de poupar seus principais jogadores – Manu Ginobili e Tim Duncan, por exemplo, nem sequer entraram em quadra na sexta-feira, durante a vitória sobre o Phoenix Suns. De qualquer modo, se desejar, o técnico Gregg Popovich terá quase todo o elenco à disposição – inclusive Damion James, que acaba de assinar contrato válido até o fim da campanha da franquia. A única baixa deve ser o ala-pivô Matt Bonner, lesionado. Os donos da casa, por sua vez, têm o ala Chandler Parsons, machucado, como a sua única dúvida.

Confrontos na temporada (0-3)

30/11/2013 – Spurs 106 vs 112 Rockets

Jogando em casa, o Spurs perdeu para o Rockets e manteve sua sina de perder para todos os times favoritos ao título que enfrentou até então. Tony Parker, com 27 pontos, oito assistências e seis rebotes, foi o destaque do alvinegro na partida.

25/12/2013 – Spurs 98 vs 111 Rockets

Na rodada de Natal, mais uma vez o Rockets deixou o AT&T Center comemorando uma vitória sobre o Spurs, que ainda encontrava dificuldades contra os melhores times da temporada. Na ocasião, Manu Ginobili, com 22 pontos e três rebotes, se destacou pelo alvinegro.

28/01/2014 – Spurs 90 @ 97 Rockets

No primeiro duelo disputado no Toyota Center, o Spurs não tinha Danny Green, Kawhi Leonard e Tiago Splitter, machucado, e ainda viu Manu Ginobili deixar o jogo no terceiro quarto com dores musculares. Assim, virou presa fácil para o Rockets, que jogou desfalcado de James Harden. Boris Diaw, com 22 pontos e 11 rebotes, foi o principal nome dos visitantes na partida.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan/Boris Diaw

C – Tiago Splitter

Fique de Olho - Boris Diaw foi titular no lugar de Tiago Splitter nos três jogos feitos contra o Houston Rockets na temporada regular até aqui – nos primeiros por opção de Pop, por conta das características do oponente, e no último porque o brasileiro estava machucado. Nestes duelos, o francês apresentou médias de 10,3 pontos e seis rebotes em 21,7 minutos por exibição. No campeonato, sustenta 9,2 pontos e 4,1 rebotes em 25,1 minutos por partida.

PG – Patrick Beverley

SG – James Harden

SF – Chandler Parsons

PF – Terrence Jones

C – Dwight Howard

Fique de Olho - James Harden foi o cestinha dos dois jogos que disputou contra o Spurs, apresentando médias de 29,5 pontos, 6,5 rebotes e seis assistências em 39,6 minutos por exibição contra o alvinegro. Na temporada, o ala-armador do Houston Rockets sustenta 25,5 pontos, 6,1 assistências e 4,8 rebotes em 38,1 minutos por partida.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores