Arquivo da categoria: De Olho Neles

Temporada de Splitter em números

Durante as duas últimas temporadas, tivemos no Spurs Brasil um post semanal que narrava a campanha do antigo TAU Cerámica, hoje Caja Laboral. Tudo para que nosso leitor pudesse ficar por dentro do desempenho do pivô Tiago Splitter enquanto ele estivesse jogando na Espanha. O brasileiro, que foi a 27ª escolha do draft de 2007, parece finalmente estar próximo de defender a equipe texana. Por isso, na provável despedida da coluna De Olho Neles, trago um show de estatísticas de Splitter no que teria sido sua última temporada no basquete europeu.

Para isso, mostro a seguir os números de Splitter nas duas principais competições que ele disputou na última temporada: a Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete -, do qual o Caja Laboral foi campeão, e a Euroliga, torneio em que a equipe basca caiu nas quartas de final diante dos russos do CSKA Moscow. Vamos então às estatísticas:

1) Tiago Splitter na temporada regular da Liga ACB

Pontos: 14,7 (1º da equipe)

Aproveitamento nos arremessos de dois pontos: 59% (6º da equipe)

Aproveitamento nos lances livres: 79% (7º da equipe)

Rebotes: 6,3 (1º da equipe)

Assistências: 1,7 (5º da equipe)

Roubadas de bola: 1,1 (1º da equipe)

Tocos: 0,7 (2º da equipe)

Minutos: 26:01 (3º da equipe)

Obs: Tiago Splitter foi eleito o MVP da temporada regular da Liga ACB.

2) Tiago Splitter nos playoffs da Liga ACB

Pontos: 14,2 (1º da equipe)

Aproveitamento nos arremessos de dois pontos: 59% (5º da equipe)

Aproveitamento nos lances livres: 63% (7º da equipe)

Rebotes: 7,8 (1º da equipe)

Assistências: 3 (2º da equipe)

Roubadas de bola: 1,2 (2º da equipe)

Tocos: o,5 (1º da equipe)

Minutos: 33:06 (1º da equipe)

Obs: Tiago Splitter foi eleito o MVP das finais da Liga ACB.

3) Tiago Splitter na primeira fase da Euroliga

Pontos: 13,7 (2º da equipe)

Aproveitamento nos arremessos de dois pontos: 54% (5º da equipe)

Aproveitamento nos lances livres: 75% (5º da equipe)

Rebotes: 6,2 (1º da equipe)

Assistências: 2,1 (3º da equipe)

Roubadas de bola: 0,6 (2º da equipe)

Tocos: o,5 (2º da equipe)

Minutos: 27:01 (2º da equipe)

4) Tiago Splitter no Top 16 da Euroliga

Pontos: 12,5 (2º da equipe)

Aproveitamento nos arremessos de dois pontos: 56% (6º da equipe)

Aproveitamento nos lances livres: 70% (7º da equipe)

Rebotes: 5 (2º da equipe)

Assistências: 1,5 (5º da equipe)

Roubadas de bola: 0 (11º da equipe)

Tocos: 0 (5º da equipe)

Minutos: 28:53 (2º da equipe)

Obs: Por motivo de lesão, Splitter participou de apenas dois jogos nesta fase.

5) Tiago Splitter nas quartas de final da Euroliga

Pontos: 11,5 (2º da equipe)

Aproveitamento nos arremessos de dois pontos: 53% (4º da equipe)

Aproveitamento nos lances livres: 35% (8º da equipe)

Rebotes: 3,8 (3º da equipe)

Assistências: 1,2 (4º da equipe)

Roubadas de bola: 1,5 (1º da equipe)

Tocos: o,8 (1º da equipe)

Minutos: 24:39 (3º da equipe)

Caja Laboral, campeão da Liga ACB

Grande festa para os torcedores Caja Laboral – equipe espanhola em que joga o pivô brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs. O time venceu a terceira partida da final, como mandante, e sagrou-se campeã0 da temporada 2009/10 da Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete. Vamos, a seguir, a um pequeno resumo da partida do título:

Foto por Lino Gonzalez/MARCA

O jogo

15/06/2010 – Caja Laboral 79 x 78 Regal FC Barcelona

Uma partida emocionante até seus últimos momentos, com direito a prorrogação e cesta da vitória faltando meio segundo para o fim do jogo. Assim foi a terceira vitória do Caja Laboral na série, que fechou a final e deu o título para a equipe basca. O Saski Baskonia foi superior nos dois primeiros quartos da partida, e fechou o primeiro tempo em vantagem, com 41 a 36. Porém, o Barcelona reagiu nos dois últimos períodos e as duas equipes terminaram o tempo regulamentar com 66 pontos – a partida precisou da prorrogação para definir se o Caja Laboral seria campeão ou se o Barcelona iria reagir na série e proporcionar mais um duelo. O Regal começou melhor a prorrogação, chegando no minuto final vencendo por 76 a 78. Porém, faltando meio segundo, Fernando San Emeterio, com uma bandeja e um lance-livre convertido, garantiu a festa na cidade de Vitória, conquistando o título com uma vitória por 79 a 78.

Situação da equipe

Com essa vitória, o Caja Laboral sagrou-se campeão, vencendo a série final por 3 a 0 contra o time que venceu europeu de clubes dessa temporada, o Regal FC Barcelona.

E mais…

Tiago Splitter, MVP da final da Liga ACB

Foto em ACB.com

O pivô do Caja Laboral, o brasileiro Tiago Splitter foi escolhido o MVP da final da Liga ACB 2009/10. Nas três partidas vencidas por sua equipe na decisão, Splitter teve médias de 11.3 pontos, 8.3 rebotes, 2.3 assistências e 18 pontos de valoração. A melhor atuação do brasileiro foi no terceiro jogo, que fechou a série e garantiu o título para o Caja Laboral.

O capitão da equipe basca se tornou o primeiro jogador a receber o título de MVP da fase regular e da final da ACB depois do grande pivô lituano Arvydas Sabonis, que conseguiu o feito na temporada de 1993/94, quando ganhou os dois títulos de melhor jogador e foi campeão da liga pelo Real Madrid.

Com a mão na taça

Semana de muitas alegrias para os torcedores do Caja Laboral – equipe espanhola em que joga o pivô brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs. O time venceu, como visitante, as primeiras partidas da final da Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete – e está a um triunfo do título. Vamos, a seguir, a um pequeno resumo da série vitoriosa da equipe:

Os jogos

10/06/2010 – Regal FC Barcelona 58 x 63 Caja Laboral

Grande vitória do Caja Laboral, que, jogando como visitante, roubou a vantagem do mando de quadra dos campeões da Euroliga desta temporada. A equipe basca esteve em desvantagem durante praticamente toda a partida, mas conseguiu a liderança no período final para não mais perdê-la. Como de costume, Tiago Splitter se destacou no embate – o pivô foi o grande nome de seu time ao anotar 16 pontos e seis rebotes. Pelo Barça, destaque para J.C. Navarro, cestinha da partida com 17 pontos e que ainda contribuiu com três assistências e três roubadas de bola.

12/06/2010 – Regal FC Barcelona 69 x 70 Caja Laboral

Mais uma importantíssima vitória do Caja Laboral, que venceu os dois primeiros jogos atuando como visitante e agora está a um triunfo do título da Liga ACB. No quarto quarto – em que a partida foi decidida – a equipe basca contou com atuação decisiva do armador brasileiro Marcelinho Huertas, que anotou nove de seus 13 pontos neste período. Além do brazuca, quem se destacou foi Fernando San Emeterio: o cestinha do jogo com 19 pontos ainda contribuiu com dois rebotes, duas assistências e duas roubadas de bola. Splitter teve partida pra lá de discreta: foram quatro pontos e seis rebotes do pivô. Pelo Barça, o destaque foi Pete Mickeal, com 18 pontos e seis rebotes.

Situação da equipe

As duas vitórias deixaram o Caja Laboral muito perto do título da Liga ACB – competição que a equipe não vence desde 2008. Curiosamente, na oportunidade, a equipe derrotou o Barça na final por 3 a 0. No ano passado, o troco do Barcelona: 3 a 1 para o time da Catalunha.

A série agora muda-se para Vitória, onde o Caja Laboral terá duas chances de sagrar-se campeão: na terça e na quinta-feira. Se o Barcelona conseguir duas vitórias para empatar a série, então volta para a casa para o último jogo, a ser disputado no sábado.

Confira, na semana que vem, o campeão da Liga ACB aqui, no Spurs Brasil!

À grande final

Uma semana que começou difícil, mas terminou com muita festa para os torcedores do Caja Laboral – equipe espanhola em que joga o pivô brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs. O time chegou à final da Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete -, e enfrentará novamente o Regal FC Barcelona, que busca o bicampeonato. Vamos, a seguir, a um pequeno resumo da semana da equipe:

Os jogos

02/06/2010 – Real Madrid 80 x 67 Caja Laboral

O Real Madrid evitou ser varrido do mata-mata da Liga ACB  ao vencer o Caja Laboral. Depois de ser derrotado nas duas primeiras partidas em Vitória, o time madrilenho recebeu o Saski Baskonia em casa precisando diminuir a vantagem do adversário e forçar um quarto jogo. Apesar de um primeiro tempo bastante equilibrado, que terminou com a vantagem de 38 a 37 para a equipe dos brasileiros Huertas e Splitter, o Real Madrid reagiu na segunda etapa. A equipe madrilenha assumiu a liderança do placar no terceiro quarto e fechou o jogo, com um golpe fina dado pelo armador Sergio Llull, que acertou duas  cestas de três pontos consecutivas no último quarto para eliminar qualquer chance de reação do Caja Laboral, vencendo o jogo em 80 a 62. Pelo time de Vitória, os destaques foram Splitter, com 17 pontos, o brasileiro Marcelinho Huertas, com 11 pontos e cinco assistências, e o bósnio Mirza Teletovic, com 11 pontos e oito rebotes. Pelo Real, os destaques foram o croata Ante Tomic, com 18 pontos e sete rebotes, e Llull, com 17 pontos.

04/06/2010 – Real Madrid 80 x 62  Caja Laboral

O Real Madrid conseguiu forçar a quinta partida impondo o segundo revés seguido para o Caja Laboral, empatando em 2 a 2 a série melhor de cinco. Depois de vencer seus dois primeiros jogos em casa, o Saski Baskonia não teve forças para conseguir um único resultado positivo dentro de Madrid para fechar a série. As duas equipes começaram um primeiro quarto parelho, mas no segundo o time madrilenho conseguiu uma boa vantagem, fechando  o primeiro tempo em 47 a 39. O time basco voltou do intervalo jogando de igual para igual, mas não suportaram a força madrilenha no último quarto, que limitou o Caja Laboral a apenas seis pontos no período e fechou a partida em 80 a 62. Pelo Saski Baskonia, os destaques foram Splitter, com 20 pontos e oito rebotes, e o israelense Lior Eliyahu, com 11 pontos. Pelo Real, foram o croata Ante Tomic, com 19 pontos e 14 rebotes, Felipe Reyes, com 15 pontos, e o argentino Pablo Prigioni, com dez pontos e dez assistências.

06/06/2010 – Caja Laboral 64 x 56 Real Madrid

O Caja Laboral conseguiu vencer, em casa, o último confronto da série contra o Real Madrid e conseguiu a classificação para a final da Liga ACB. Como já era esperado, o jogo foi bastante truncado e nervoso, com o Saski Baskonia mantendo o controle, quase em sua totalidade, mesmo quando os “galácticos” do Real Madrid tentaram a reação. Assim, o time basco fechou a partida vencendo em 64 a 56. Pelo Caja Laboral, os destaques foram Splitter, que marcou 18 pontos e  nove rebotes, e Elyiahu e Teletovic, ambos com dez pontos. Pelos lados do Real Madrid, destacaram-se Felipe Reyes e Sergio Llull, com 13 pontos cada um.

Situação da equipe

O Caja Laboral agora enfrentará na final o líder da temporada regular, o Regal FC Barcelona, que pelo segundo ano seguido busca o título. O time de Tiago Splitter atua as duas primeiras partidas como visitante – na quinta, 10, e no sábado, 12, desta semana.

Não perca, na semana que vem, o resumo dos dois primeiros jogos da final aqui, no Spurs Brasil!

Perto da final

Semana de alegrias para os torcedores do Caja Laboral – equipe espanhola em que joga o pivô brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs. O time chegou à quarta vitória consecutiva em quatro jogos válidos pelos playoffs da Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete -, e está a um triunfo da decisão do torneio. Vamos, a seguir, a um pequeno resumo da semana da equipe:

Os jogos

23/05/2010 – Asefa Estudiantes 83 x 85 Caja Laboral

Não foi fácil, mas a vitória fora de casa fez com que o Caja Laboral fechasse a série, válida pelas quartas de final da ACB, em 2 a 0. O jogo foi muito equilibrado do começo ao fim, e foi decidido apenas nos minutos finais. Para triunfar, os visitantes contaram com boa atuação de Fernando San Emeterio, que anotou 19 pontos, quatro rebotes e duas roubadas de bola. Splitter esteve longe de suas melhores partidas; foram apenas três pontos e quatro rebotes do brasileiro. Pelo Asefa Estudiantes, destaque para o cestinha da partida, Germán Gabriel, que além dos 20 pontos contribuiu com quatro rebotes.

28/05/2010 – Caja Laboral 62 x 60 Real Madrid

De volta pra casa, o Caja Laboral encontrou dificuldades para vencer o primeiro jogo da série semifinal – disputada em melhor de cinco jogos – e abrir vantagem diante do Real Madrid. O time mandante chegou a estar perdendo por dígitos duplos, mas foi buscar a vitória no segundo tempo. Tiago Splitter voltou a jogar bem, e foi o principal nome da equipe basca no jogo, com 14 pontos, nove rebotes e quatro assistências. Pelo Real Madrid, destaque para Felipe Reyes, que foi cestinha do jogo com 15 pontos e ainda contribuiu com sete rebotes e duas roubadas de bola.

30/05/2010 – Caja Laboral 85 x 80 Real Madrid

Nova partida em Vitória, novo jogo equilibrado e novo triunfo do Caja Laboral. Novamente decidida nos minutos finais, a vitória colocou os donos da casa em excelente situação na semifinal da Liga ACB. Mais uma vez, Tiago Splitter foi decisivo na vitória – além de ser o cestinha da partida com 23 pontos, o brasileiro ainda contribuiu com dez rebotes, anotando um double-double. Do lado do Real Madrid, mais uma boa partida de Felipe Reyes, que anotou 16 pontos e 13 rebotes.

Situação da equipe

O Caja Laboral viaja agora para Madrid para tentar vencer mais um jogo e garantir assim a vaga para a final da Liga ACB. O time de Tiago Splitter atua como visitante na quarta e na sexta-feira dessa semana, e, se não conseguir fechar a série, terá nova chance no domingo, novamente como mandante.

Não perca, na semana que vem, o resumo do restante da série aqui, no Spurs Brasil!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores