Spurs (39-12) @ Pistons (19-32) – Acidente de percurso

109×119

Chegou ao fim de maneira surpreendente a série de vitórias do San Antonio Spurs. Após 11 triunfos consecutivos, a equipe texana foi derrotada por 119 a 109 pelo Detroit Pistons nesta sexta-feira (8), no segundo jogo da Rodeo Road Trip. Confira a seguir como foi o revés.

Não deu para o Spurs em Detroit (Allen Einstein/NBAE/Getty)

Cadê a defesa?

Sentindo falta de Tim Duncan, âncora defensiva do time no garrafão, o Spurs teve dificuldades para conter o ímpeto do Pistons. Três jogadores do time de Detroit passaram da marca de 20 pontos: Greg Monroe (26), Brandon Knight (24) e, acreditem ou não, Charlie Villanueva (21). Além disso, os donos da casa marcaram ao menos 30 pontos em cada um dos três primeiros quartos da partida. O brasileiro Tiago Splitter ainda tentou compensar com três tocos, mas a presença do pivô não foi o bastante.

Parker fez sua parte (Allen Einstein/NBAE/Getty)

Cadê os rebotes?

Sem Duncan, um problema recente do Spurs foi exposto: a dificuldade na briga pelos rebotes. O Pistons conseguiu coletar 49 ressaltos, contra apenas 33 dos visitantes. O destaque do fundamento foi Monroe, que se impôs fisicamente sobre Splitter e deixou a quadra com 16. Do lado texano, só DeJuan Blair, com dez, chegou aos dígitos duplos.

Parker e Green inspirados

As atuações de Tony Parker e Danny Green estiveram entre os poucos pontos positivos da derrota do Spurs. O armador francês, que aparece na  quarta colocação na corrida pelo MVP, no site oficial da NBA, deixou a quadra com 31 pontos, acertando dez dos 16 arremessos de quadra e 11 dos 12 lances livres que tentou, além de oito assistências. O ala-armador, por sua vez, converteu cinco e errou apenas dois tiros de três pontos para anotar 15 pontos.

Agora complica

Depois de vencer o Minnesota Timberwolves e perder para o Detroit Pistons, o Spurs começa a encarar adversários mais complicados pela frente na Rodeo Road Trip. No domingo, o time texano visita o Brooklyn Nets, e, no dia seguinte, o Chicago Bulls. Será que Manu Ginobili e Tim Duncan voltam para as pedreiras?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 31 pontos e 8 assistências

Kawhi Leonard – 16 pontos, 5 rebotes e 3 roubadas de bola

Danny Green – 15 pontos e 2 tocos

Tiago Splitter – 10 pontos, 6 rebotes e 3 tocos

Detroit Pistons

Greg Monroe – 26 pontos, 16 rebotes e 5 assistências

Brandon Knight – 24 pontos e 5 rebotes

Charlie Villanueva – 21 pontos, 8 rebotes e 2 tocos

About these ads

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 09/02/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores