Spurs (37-11) @ Bobcats (11-34) – Que venha a Rodeo Trip!

 102×78

Nesta quarta-feira (30), o San Antonio Spurs venceu o Charlotte Bobcats em casa por 102 a 78 e carimbou sua nona vitória seguida nesta temporada. Sem contar com Tim Duncan, DeJuan Blair e Matt Bonner, o time texano contou com a volta do técnico Gregg Popovich para deter os visitantes que possuem a pior campanha da liga. Com o resultado positivo, a equipe, que agora se prepara para a Rodeo Trip, chegou a 17 triunfos consecutivos em casa, obtendo o melhor aproveitamento da NBA como mandante. Vamos aos destaques do jogo.

Agora é levantar e se preparar para o Rodeo Trip. (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

O jogo

A partida contra o Charlotte Bobcats tinha tudo pra ser a mais tranquila possível, afinal, era um jogo entre o time de melhor campanha da NBA contra o time de pior recorde da liga. No primeiro tempo, o elenco todo pontuava; ora Kawhi Leonard, ora Danny Green, ora Tony Parker… mas o Bobcats seguia encostado no placar. O quarto inicial terminou 25 a 23 para os mandantes. O segundo período seguiu o curso do primeiro: o Spurs abria vantagem e os visitantes recuperavam, mas nunca passava à frente no marcador. No segundo tempo, predominou a defesa dos donos dacasa. Assim, Tony Parker, Kawhi Leonard, Tiago Splitter, Danny Green e companhia ampliaram a diferença e levaram o time à vitória.

O Spurs volta a entrar em quadra no sábado (02) contra o Washington Wizards, enquanto que o Charlotte Bobcats enfrenta o Houston Rockets, também no sábado.

Ótima atuação, com direito a dunk! (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Má notícia

O veterano Manu Ginobili se encontrava bem na partida, até quem em um lance durante o último quarto, enquanto fazia um giro e dava uma assistência para Tiago Splitter, o argentino sentiu a parte anterior de sua coxa esquerda. Assim, o astro sinalizou que não conseguiria terminar a partida e deixou a quadra com nove pontos e seis assistências. Ainda não há notícias sobre seu estado físico.

Bem vindo, Aron Baynes!

Com as ausências de Tim Duncan e DeJuan Blair, o australiano Aron Baynes teve sua segunda participação com a camisa do Spurs. O jogador, que havia atuado por apenas 42 segundos na partida contra o Dallas Mavericks, desta vez teve mais tempo de quadra. O pivô australiano atuou durante 18 minutos no jogo contra o Bobcats e contribuiu com sete pontos e nove rebotes diante do Bobcats.

Spurs em peso no All-Star Weekend

Além de Tim Duncan e Tony Parker, ambos convocados para jogar pela Conferência Oeste, outras duas figuras do time texano estarão presentes no fim de semana: Kawhi Leonard e Gregg Popovich. O ala participará do BBVA Rising Stars Challenge, a partida disputada por novatos e segundanistas, enquanto que Pop será pela terceira vez o técnico do time de vermelho. O desempenho o camisa #2 Leonard na partida contra o Bobcats foi significativo: foram 18 pontos e cinco rebotes no jogo que marcou a volta do treinador ao comando do Spurs após quatro jogos afastado por problemas de saúde.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos, 7 assistências e 3 roubos de bola

Kawhi Leonard – 18 pontos e 5 rebotes

Danny Green – 17 pontos e 5 rebotes

Tiago Splitter – 15 pontos, 4 rebotes e 2 assistências

Charlotte Bobcats

Ramon Sessions – 20 pontos e 3 rebotes

Kemba Walker – 16 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Ben Gordon – 11 pontos e 3 assistências

About these ads

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas".

Publicado em 31/01/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Alguém percebeu que todas as cinco quarta-feiras do mês de Janeiro teve jogo do Spurs e ganhamos todos eles? Fizemos uma coluna no bingo!

  2. Que bom que o Baynes respondeu bem! Tá, foi contra o Bobcats, mas 9 rebotes em 18 minutos é um número respeitável. Se isso se tornar frequente, é bom os adversários abrirem passagem para o Alamotruck.
    Temos agora a Rodeo Trip. Na minha visão temos o direito de perder 4 jogos, e torcer pra ao menos uma derrota nesse período de Clippers e Thunder. Se voltarmos da Rodeo Trip com 3 derrotas ou menos, vamos poder garantir a mando de quadra mais cedo e descansar os titulares e dar ritmo aos reservas.

  3. Antes da Rodeo Trip ainda temos de ganhar aos Wizards em casa, que têm jogado melhor desde que John Wall regressou.

  1. Pingback: Vídeo: garçom argentino | Destino Riverwalk

  2. Pingback: Vídeo: a estreia de Aron Baynes | Destino Riverwalk

  3. Pingback: Lesão de Tim Duncan não é grave « Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs chama Baynes de volta do Toros « Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (38-11) @ Wolves (18-28) – Green Day « Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores