Arquivo diário: 12/01/2013

Promoção de aniversário: Spurs Brasil 5 anos

O tempo passa, o tempo voa… E o Spurs Brasil está prestes a completar seu quinto aniversásio! É isso mesmo amigos, dentro de exatamente um mês – no dia 12 de fevereiro – o blog mais querido da internet comemora cinco anos de sua fundação. Ai, ai, eu me lembro como se fosse hoje…

E para comemorar, preparamos uma promoção especial. O prêmio? Uma jersey do San Antonio Spurs, é claro!

Leia o resto deste post

Spurs (28-11) @ Grizzlies (24-10) – Queda na prorrogação

98@101

Mais uma batalha pelo topo da Divisão Sudoeste acabou na prorrogação na noite desta sexta-feira (11). San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies precisaram de 53 minutos para resolver suas desavenças. Assim como no primeiro confronto, os donos da casa saíram vitoriosos. Uma pena, para os torcedores do time texano, que a partida foi realizada em Memphis.

O Grizzlies, com o placar de 101 a 98, impôs a primeira derrota ao Spurs após a primeira fase dos playoffs da temporada 2010/2011. Agora, os dois time jogam de novo na quarta-feira para desempatar a série na temporada regular. A boa notícia é que o jogo será em San Antonio. A equipe texana vem fazendo um campanha oscilante na estrada. Essa é também a terceira derrota em cinco jogos para o time de preto e prata. Antes do reencontro com os rivais, o Spurs recebe o Minnesota Timberwolves, no domingo.

Terceira derrota em cinco jogos. Hora de abrir o olho! |Foto:NBA

Jogo apertado

Spurs e Grizzlies é o tipo de jogo que você precisa reservar os cinco minutos finais para assistir, porque são partidas como essa que só se resolvem no fim. E assim foi. O grande problema é que a equipe texana não conseguiu jogar bem nos momentos finais. Com uma série de erros, somados à ótima defesa do Memphis, o time de San Antonio sofreu pra fazer cestas simples. Se a bolas fáceis não entravam, restou ao time de Gregg Popovich fazer as difíceis.

Tony Parker bem que tentou… (Joe Murphy/NBAE/Getty)

Com o relógio marcando apenas sete segundos para o fim do jogo, e o Grizzlies com uma vantagem de quatro pontos, parecia impossível pensar em uma reação. Mas aconteceu. Stephen Jackson acertou uma bola de três e, após dois lances livres feitos por Zach Randolph, Tony Parker acertou mais uma do perímetro.

No entanto, na prorrogação o problema ofensivo perdurou. A única bola que o time acertou foi outra de três de Parker. Sem um ataque efetivo, a defesa sofreu para segurar as investidas do adversário. Rudy Gay e Darrell Arthur fizeram as cestas decisivas, que definiram a vitória dos donos da casa.

TP

Tony Parker mais uma vez teve uma ótima partida contra o Grizzlies. Assim como no primeiro jogo entre as duas franquias na temporada, o armador anotou 30 pontos. Em um jogo apertado como esse, em que o time não consegue atingir três dígitos no placar, a pontuação do francês realmente se destaca.

Além disso, o camisa #9 não só fez muitos pontos, como também apareceu quando necessário. Basicamente, os seis últimos pontos do time no jogo saíram de suas mãos.

Bola quente

O Spurs tem sofrido com as bolas desperdiçadas. No jogo contra o Los Angeles Lakers, foram 18. Na derrota para o New Orleans Hornets, 19. Contra o Grizzlies a média se manteve: mais 18 turnovers. O time mandante agradeceu as bolas cedidas e capitalizou isso em 26 pontos anotados em contra-golpes.

Cadê o banco?

O Spurs é considerado um adversário difícil não só pelo trio formado por Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan e pelo bom time titular. O que preocupa os adversários é a hora de colocar os que iniciaram para descansar. Com o melhor banco da liga, o time de San Antonio inferniza os adversários nos momentos de descanso das estrelas. Porém, na noite de sexta, os reservas não apareceram como esperado. Com uma média na temporada de 42 pontos por jogo, o banco do Spurs conseguiu apenas 27. Ainda uma boa média, mas que faz diferença para os titulares acostumados a não ter que segurar as pontas sozinhos. A boa defesa do Grizzlies só permitiu que quatro jogadores dos visitantes chegassem a dois dígitos. O Big Three mais o o brasileiro Tiago Splitter.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 30 pontos e 5 assistências

Manu Ginobili – 14 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tim Duncan – 13 pontos e 15 rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos e 5 rebotes

Memphis Grizzlies

Rudy Gay – 23 pontos e 6 rebotes

Michael Conlley – 21 pontos e 5 assistências

Zach Randolph – 18 pontos e 10 rebotes

Darell Arthur – 14 pontos e 5 rebotes

Marc Gasol – 10 pontos e 6 rebotes

Tony Allen – 10 pontos e 5 rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores