Spurs (18-4) @ Rockets (9-11) – Parker freia a Linsanity

http://l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif134@126

O San Antonio Spurs venceu o Houston Rockets mais uma vez, na noite desta segunda-feira (10), e conquistou sua 18ª vitória na atual temporada. O triunfo, dessa vez, veio fora de casa após uma prorrogação. Com uma atuação no tempo extra praticamente irretocável, o alvinegro texano, comandado pelo armador Tony Parker, conseguiu frear a Linsanity de Jeremy Lin, que pela primeira vez se revelou em Houston. Já o armador francês conquistou seu primeiro triplo-duplo na carreira.

Jeremy Lin bem que tentou… (Layne Murdoch/NBAE/Getty)

Prorrogação

O jogo foi muito disputado do início ao fim. No entanto, no final do último quarto, o Rockets levava uma pequena vantagem na pontuação. Com uma bola de três de Tony Parker e ótimas jogadas ofensivas e defensivas de Danny Green, o Spurs conseguiu empatar e levar o jogo para a prorrogação. O alvinegro, mais uma vez, mostrou que não se intimida em levar o jogo para o tempo extra e venceu com certa facilidade. Foi a terceira vitória do San Antonio na prorrogação na temporada.

Pode rir! Noite memorável de Tony Parker com a camisa do Spurs (Layne Murdoch/NBAE/Getty)

Triplo-duplo

Tony Parker está no auge de sua carreira. Na temporada passada, o armador ficou entre os votados para MVP do campeonato e, em 2012/2013, o armador está melhorando cada vez mais e se tornando o principal nome em San Antonio. Na partida de ontem, contra o Rockets, veio mais uma conquista para o francês. Tony conseguiu seu primeiro triplo-duplo em grande estilo. Foram 27 pontos, 12 rebotes e 12 assistências.

Todos pontuam

Seis jogadores do elenco do Spurs atingiram a marca de dois dígitos na pontuação, sendo que três deles fizeram mais de 20 pontos. Apenas Matt Bonner, Patty Mills e James Anderson não pontuaram pelo time preto e prata. Nando De Colo, Boris Diaw e DeJuan Blair fizeram menos que dez pontos. No entanto, os três jogadores juntos contribuíram com 22 pontos para sua equipe.

Draft?

Anos atrás, se alguém dissesse que Jeremy Lin e Gary Neal seriam os principais pontuadores de duas equipes de ponta da NBA, ninguém acreditaria. Os dois jogadores, que foram ignorados pelo Draft, se destacaram na partida de ontem e foram os cestinhas de suas equipes. Lin fez absurdos 38 pontos e Neal conseguiu 29, sua maior pontuação na carreira.

Linsanity

Jeremy Lin precisa monopolizar o jogo para se destacar. Em Nova York, na temporada passada, o jogador só revelou seu poderio ofensivo após contusão de Carmelo Anthony. Contra o Spurs, o mesmo aconteceu. Com James Harden de fora devido a uma contusão, Lin pôde concentrar em sua mão os ataques do Rockets e provou que sua contração não foi aposta de fundo. O armador marcou 38 pontos, além de distribuir sete assistências. Em 42 minutos de atuação, o sino-americano só desperdiçou duas bolas.

Timmy

Tim Duncan não fez uma grande partida no ataque. Acertando apenas um único arremesso de quadra em nove tentativas, o pivô tinha tudo pra não conseguir uma boa pontuação. No entanto, da linha do lance livre, Timmy foi perfeito, acertando oito bolas em oito tentativas. Duas delas, inclusive, foram nos momentos decisivos do jogo. Com dez pontos e 13 rebotes, Duncan conseguiu mais um duplo-duplo para a coleção.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Garry Neal – 29 pontos

Tony Parker – 27 pontos, 12 assistências e 12 rebotes

Manu Ginóbili – 22 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Danny Green – 14 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tim Duncan – 10 pontos e 13 rebotes

Tiago Splitter – 10 pontos e 5 rebotes

Houston Rockets

Jeremy Lin – 38 pontos e 7 assistências

Omer Asik – 21 pontos e 10 rebotes

Chandler Parsons – 20 pontos e 7 rebotes

Toney Douglas – 17 pontos e 4 assistências

Marcus Morris – 13 pontos e 6 rebotes

About these ads

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 11/12/2012, em Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. Grande MVP!!!!!

    Já agora, o Mills também não pontuou pessoal.

    Abraço.

  2. Felipe Ladislau

    Jogão, o Parker tá jogando muito… E a bola de 3, antes de arremesar ele olha pra ver se tava atrás da linha. E o Ginobili jogou muito também.

  3. Que lindo esse time. Com tantos jogadores prontos para assumir responsabilidades e meter bolas em momentos cruciais, difícil não ver o Spurs indo bem nos playoffs. Temos muito a acertar ainda, não gostei de algumas rotações defensivas. Mas o Rockets jogou melhor do que poderia, especialmente sem Harden, e desabou uma chuva de bolas de três também. Em outras condições, o Spurs teria vencido esse jogo já no tempo normal.

  1. Pingback: Vídeo: o primeiro triple-double a gente nunca esquece! | Destino Riverwalk

  2. Pingback: Spurs (18-4) @ Jazz (12-10) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (22-8) vs Rockets (16-12) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  4. Pingback: Parker na defesa? Sim senhor! | Spurs Brasil

  5. Pingback: O Spurs nas prorrogações | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (53-16) @ Rockets (38-31) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores