Arquivo diário: 29/11/2012

Parker, Ginobili, Green e Duncan não vão enfrentar o Heat

O San Antonio Spurs terá desfalques importantes na partida de logo mais contra o Miami Heat. Tony Parker, Manu Ginobili, Danny Green e Tim Duncan não vão enfrentar os atuais campeões da NBA, em jogo que será disputado na Flórida.

Não veremos esses craques em quadra hoje (Ned Dishman/NBAE/Getty Images)

Segundo o site Spurs Nation, os quatro atletas viajaram direto para San Antonio depois da vitória sobre o Orlando Magic e sequer foram com o resto da delegação para Miami.

O motivo oficial da ausência do quarteto ainda não foi informado. No entanto, provavelmente o técnico Gregg Popovich quis poupar os jogadores do último jogo de uma série de seis partidas na estrada. Vale lembrar que, no sábado, o time texano recebe o Memphis Grizzlies em duelo dos dois líderes da Conferência Oeste.

Parker, Ginobili, Green e Duncan se juntam a Stephen Jackson e Kawhi Leonard, machucados, como desfalques do Spurs. Com isso, o time só terá à disposição na noite de hoje nove jogadores: Patrick Mills, Cory Joseph, Nando de Colo, Gary Neal, James Anderson, Boris Diaw, Matt Bonner, DeJuan Blair e Tiago Splitter.

Spurs (13-3) @ Heat (10-3) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Miami Heat – Temporada Regular

Data: 29/11/2012

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: American Airlines Arena

TV: Space

Cotação no Apostas Online: Spurs 2,98 x Heat 1,40 (favorito)

Sem tempo para descansar, o San Antonio Spurs volta à quadra um dia depois de vencer o Orlando Magic, fora de casa. E a viagem continua pela Flórida, só que desta vez os texanos encaram o atual campeão da NBA e líder do Leste, o Miami Heat, que vem de quatro vitórias consecutivas e está descansado, já que entrou em quadra pela última vez apenas no sábado, quando bateu o Cleveland Cavaliers. Como esta é uma partida de “back-to-back“, Gregg Popovich pode optar por poupar algum de seus veteranos, principalmente Tim Duncan.

PG – Tony Parker

SG – Gary Neal

SF – Danny Green

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho - Sem Kawhi Leonard e Stephen Jackson, a ingrata missão de marcar LeBron James deve cair no colo de Danny Green. E se o Spurs quiser ter uma chance de vencer, precisa que o ala esteja bem tanto na defesa, marcando o atual MVP, como no ataque, sendo cirúrgico nos arremessos.

PG – Mario Chalmers

SG – Dwyane Wade

SF – LeBron James

PF – Shane Battier

C – Chris Bosh

Fique de Olho -  LeBron James dispensa apresentações. É o melhor jogador de basquete em atividade no mundo e todos sabem o estrago que é capaz de fazer em uma quadra. Completo e versátil, o ala pode ser decisivo pontuando de quase todas as formas e também servindo seus companheiros. Suas médias na temporada 2012/2013 são de 25,2 pontos, 8,8 rebotes e 6,5 assistências por partida.

Spurs (13-3) @ Magic (5-9) – Mais uma pra conta!

110x89

Impondo sua superioridade durante toda a partida, o San Antonio Spurs bateu o Orlando Magic por 110 a 89, nesta quarta-feira (28), e conquistou sua quinta vitória seguida. O time texano, liderado pelo argentino Manu Ginobili, acertou onze bolas de três, contra apenas duas do rival. O alvinegro agora terá pela frente, nesta quinta, o Miami Heat, atual campeão da NBA.

Tim Duncan fez mais um bom jogo (Fernando Medina/NBAE/Getty)

Manu Ginobili

O ala-armador Manu Ginobili veio do banco para incendiar o jogo. O argentino só tentou arremessos de três na partida. Foram nove tentativas e seis acertos. Com mais dois lances livres feitos, Manu fechou o jogo com 20 pontos, se tornando o cestinha do embate.

Splitter fez nove pontos (Fernando Medina/NBAE/Getty)

Da linha de três… 

Tim Duncan igualou sua melhor marca da linha de três pontos desde da temporada 2009/2010. Ontem, o ala-pivô acertou sua segundo bola do perímetro no campeonato. Em 2010/2011 e 2011/2012, Timmy não acertou nenhum bola de três em oito tentativas. O recorde do camisa 21 é da temporada de 2000/2001. Na ocasião, Duncan acertou sete tiros de longa distância.

Na noite desta quarta, além da bola de três, Duncan contribuiu com 15 pontos e quatro rebotes. Diferente do que era esperado, Gregg Popovich não poupou o jogador, que acabou ficando 27 minutos em quadra.

Gray Neal

Gary Neal pode não ser o armador reserva ideal, mas não há como negar seu poder ofensivo. O jogador vem do banco e consegue contribuir na tabela ofensiva com uma regularidade como poucos no elenco. Contra o Magic, Neal teve outra boa atuação. Foram 19 pontos e quatro rebotes para ele.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 20 pontos e cinco assistências

Gary Neal – 19 pontos e quatro rebotes

Tim Duncan – 15 pontos e quatro rebotes

Tony Parker – 14 pontos e oito assistências

DeJuan Blair – 11 pontos e seis rebotes

Orlando Magic

Arron Afflalo - 16 pontos e cinco rebotes

Jameer Nelson - 14 pontos e cinco rebotes

Glen Davis – 12 pontos e cinco rebotes

E’Twaun Moore - 11 pontos e três rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores