Arquivo diário: 22/11/2012

Spurs não procurou Mickael Pietrus

Diferente do que foi noticiado pela mídia norte-americana, o San Antonio Spurs não chegou a fazer uma proposta para o ala francês Mickael Pietrus, agente livre que defendeu o Boston Celtics na última temporada. De olho no mercado por conta das lesões dos alas Kawhi Leonard e Stephen Jackson, o  time tem sido centro de diversas especulações nos últimos dias.

Fica para a próxima? (David Dow/NBAE/Getty Images)

As especulações eram de que o Spurs teria oferecido um contrato mínimo para o atleta, que prontamente havia negado a proposta por esperar um salário maior. O jornal francês Le Parisien, porém, informa nesta quinta-feira que sequer foi feito qualquer tipo de contato entre a franquia e Pietrus. A falta de confirmação do interesse aconteceu por conta da aposta do Spurs em jogadores que já haviam feito parte do elenco, mas que estavam na D-League: Cory Joseph e James Anderson.

Os dois jogadores estiveram presentes no banco durante a vitória sobre o Boston Celtics, mas não foram acionados por Gregg Popovich. Sem Jackson e Leonard, o treinador optou por colocar Gary Neal como titular e deu mais minutos para os jogadores do banco. O novato armador Nando De Colo e o pivô brasileiro Tiago Splitter estiveram entre os maiores beneficiados pela nova rotação montada pelo técnico.

Spurs (9-3) @ Celtics (6-6) – Tem que ter time!

112×100

No duelo entre duas das franquias mais experientes e tradicionais da NBA, melhor para o San Antonio Spurs. Jogando fora de casa e desfalcada de Kawhi Leonard e Stephen Jackson, a equipe texana logrou uma excelente vitória sobre o Boston Celtics. A vitória mantém o time nas primeiras posições da Conferência Oeste, que segue embolada com Memphis Grizzlies, Los Angeles Clippers e Oklahoma City Thunder também brigando pela liderança.

Rondo e Parker brilharam no duelo de armadores

Duelo de armadores

Tony Parker e Rajon Rondo são dois dos melhores armadores da NBA. A partida da noite desta quarta-feira marcava o encontro desses craques, que não decepcionaram. Rondo, um passador nato, distribuiu pelo menos dez assistências em todas as partidas que disputou nesta temporada regular, e tem médias absurdas de 13,1 assistências nesta temporada. Na noite, Rondo se destacou nos passes decisivos (15) e ainda na pontuação (22). Parker também teve ótima atuação, com 26 pontos e seis assistências.

Boa, Splitter! (Brian Babineau/NBAE/Getty Images)

Tiago Splitter, é do Brasil!

Contestado e criticado muitas vezes, Tiago Splitter mostrou que está pronto para assumir um papel mais relevante na rotação da franquia texana. O pivô brasileiro tem feito boas atuações nesta temporada, se mostrando um pontuador muito confiável e um jogador decisivo no último quarto. Contra o Celtics, Splitter anotou 23 pontos em 25 minutos de exibição. E pasmem, acertou todos os cinco lances-livres que tentou. Vale destacar também o bom trabalho defensivo que o brazuca realizou sobre o lendário ala-pivô Kevin Garnett, que sofreu quando foi marcado por Tiago.

Vitória coletiva

O Spurs voltou a mostrar uma das principais características da equipe nos últimos anos: o jogo coletivo. Além das jogadas bem executadas e não egoístas, seis jogadores fizeram dez ou mais pontos. O plantel do Spurs tem mostrado profundidade, e se saiu bem mesmo com as ausências de Kawhi Leonard e Stephen Jackson, alas importantíssimos na rotação da equipe.

Ganhando espaço

Quem vem aproveitando as lesões dos companheiros é Nando De Colo. Mesmo que não impressione nas estatísticas, o francês movimenta muito bem a bola quando está em quadra, e parece que está aos poucos caindo nas graças de Pop e ganhando espaço na rotação. Contra o Celtics, jogou 11 minutos, enquanto Patty Mills, outro armador reserva, sequer entrou em quadra.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 26 pontos e seis assistências

Tiago Splitter – 23 pontos e três rebotes

Tim Duncan – 20 pontos e 15 rebotes

Gary Neal – 12 pontos

Boston Celtics

Rajon Rondo – 22 pontos e 15 assistências

Paul Pierce – 19 pontos e duas assistências

Brandon Bass – 16 pontos e seis rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores