Arquivo diário: 18/11/2012

Spurs (8-2) vs Nuggets (4-6) – Manu ‘estreia’ com show

126x100

O San Antonio Spurs, com um ótimo aproveitamento nos tiros do perímetro, venceu com facilidade o Denver Nuggets, neste sábado (17), no AT&T Center. O time texano se manteve na frente do placar por praticamente todo o jogo e sem muita resistência do adversário. Os mandantes acertaram 16 bolas de três, contra apenas quatro do Nuggets.

Manu Ginobili para 3; o craque está de volta! (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Manu Ginobili

Uma das grandes preocupações dos fãs do Spurs eram as atuações abaixo da crítica de Manu Ginobili. O argentino não vinha jogando como o torcedor se acostumou a vê-lo. No entanto, na partida deste sábado, o ala-armador parece ter ”estreado” na temporada. Manu marcou 20 pontos, errou apenas três arremessos de quadra e acertou cinco da linha de três pontos. Tudo isso em apenas 23 minutos de atuação.

DeJuan Blair

Outro que se destacou na larga vitória do Spurs foi DeJuan Blair. O ala-pivô fez 19 pontos e coletou oito rebotes. Bem superior ao seus concorrentes de garrafão. Boris Diaw fez nove pontos e pegou três rebotes – sem falar nas cinco assistências -, e Tiago Splitter terminou o jogo com cinco pontos e também três rebotes.

Festa do perímetro 

Até Tim Duncan deixou o dele da linha de três

A superioridade do Spurs foi tão grande no perímetro que até o ala-pivô Tim Duncan deixou a dele da linha de três pontos. Além do camisa 21, Stephen Jackson, Danny Green, Manu Ginobili, Boris Diaw, Patrick Mills, Matt Bonner e Nando de Colo fizeram pelo menos uma cesta do perímetro. Foram 16 no total, de 26 tentativas (59%). O Nuggets, por sua vez, fez apenas quatro de 11 tentativas para três pontos.

Superiores em tudo

Mas, a superioridade texana não ficou limitada apenas ao perímetro. O Spurs venceu também o Nuggets nos rebotes (40×39), nas assistências (33×19), além de ter sofrido menos turnorvers (14×22). Em roubadas de bola, o time de San Antonio também ficou na frente (11×8), assim como em tocos (6×2).

Tempo de quadra

Com as contusões de Kawhi Leonard e Gary Neal, além da larga vantagem adquirida no placar, alguns jogadores que não ganham tanto tempo quadra, puderam mostrar suas habilidade ao técnico Gregg Popovich por mais tempo. Foi o caso do armador australiano Patty Mills, que marcou seus dez pontos em 20 minutos de atuação. Já Nando De Colo fez cinco pontos em 16 minutos, e Matt Bonner, em oito minutos na quadra, marcou seis pontos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 20 pontos e quatro assistências

DeJuan Blair – 19 pontos e oito rebotes

Danny Green – 15 pontos e três rebotes

Tony Parker –  14 pontos, seis assistências e cinco rebotes

Tim Duncan – 14 pontos e cinco rebotes

Patrick Mills – Dez pontos e duas assistências

Denver Nuggets

Danilo Gallinari – 15 pontos e sete rebotes

Kenneth Faried – 14 pontos e cinco rebotes

Corey Brewer - 13 pontos e sete rebotes

Ty Lawson – 13 pontos e cinco assistências

Evan Fournier – Dez pontos e duas assistências

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores