Spurs (4-1) @ Clippers (3-2) – Caiu o Invicto

84×106

Na madrugada de quarta (7) para quinta-feira, diante do Los Angeles Clippers, o San Antonio Spurs finalmente perdeu sua invencibilidade que se estendia por quatro jogos na presente temporada. Com uma defesa frouxa e um ataque afobado que cometeu 20 turnovers, o que se viu em quadra foi um time texano irreconhecível.

No duelo de alas-pivôs, a juventude de Blake Griffin levou a melhor

Dominados no garrafão

Finalmente, uma das maiores fragilidades do Spurs na última temporada veio à tona: a defesa interior. Diante de um garrafão não muito técnico mas extremamente atlético, como o do Clippers, os big men da equipe texana foram completamente dominados. Juntos, DeAndre Jordan e Blake Griffin somaram 42 pontos e 21 rebotes.

Queda livre

Parker não estava inspirado

Tony Parker iniciou a temporada em alto estilo, infernizando as defesas adversárias com suas infiltrações rápidas e seus tiros de média distância sempre mortais, além de converter cestas importantes em momentos decisivos.

Entretanto, ontem o francês, que já não havia ido bem diante do Pacers, fez mais uma partida atípica, junto com seus companheiros do Big Three, Tim Duncan e Manu Ginobili, que juntos combinaram apenas 23 pontos – apenas um ponto a mais que Blake Griffin, cestinha da partida com 22.

E o terceiro quarto…

Você já deve estar cansado de ouvir neste blog sobre os apagões que a equipe sofre no terceiro quarto. Desta vez não foi diferente. A equipe teve atuação catastrófica e foi totalmente dominada, perdendo por 35-21 no tão temido período do jogo.

Nervos à flor da pele

No último quarto, com a partida já praticamente definida, Manu Ginobili fez uma falta um pouco desleal em Chris Paul, o que provocou uma pequena confusão em quadra. O mesmo Ginobili reclamou que havia sofrido uma entrada dura em jogada anterior. A briga serviu apenas para acordar os que estavam acompanhando o jogo na madrugada, porque a verdade é que ambos os lances foram fortes, mas tanto Paul como Ginobili deram aquela velha e esperta valorizada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 12 pontos e duas assistências

Tim Duncan – Dez pontos e seis rebotes

Tiago Splitter – Sete pontos e dois rebotes

Los Angeles Clippers

Blake Griffin – 22 pontos e dez rebotes

DeAndre Jordan – 20 pontos, 11 rebotes e quatro tocos

Eric Bledsoe – 15 pontos e cinco assistências

Chris Paul – Dez pontos e 12 assistências

About these ads

Sobre Bruno Lorscheiter Alves

Jornalista amador, apaixonado por esportes, basquete e lógico, San Antonio Spurs.

Publicado em 08/11/2012, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. cara dejuan blair tem que sair. tem que contratar um Pivo.

  2. Fiquei acordado até a 1:30 da manha e oq vi foi o pior jogo do Spurs em muito tempo (junto com aquele q o Bynum pegou 30 rebotes ano passado). Time muito apático, sem tesão, errando arremessos fáceis. Não foi o Clippers que ganhou da gente, foi agente q perdeu pro Clippers.

  3. O jogo de ontem foi uma junção de todos os problemas do time. Na verdade, apesar da campanha, o time em si não está jogando tão bem quanto o ano passado. No primeiros jogos o banco sumiu e o aproveitamento de 3 foi muito baixo; no jogo 4 o banco resolveu aparecer; mas os titulares foram mal. E em nenhum jogo o Manu foi bem. Logo ainda temos muito a evoluir, em busca do titulo da conferencia.

    PS: Creio que o LAC será o principal adversário esse ano, não vejo o Lakers se entrosando e o Thunder vai sentir muita falta de Harden.

  4. Concordo que os LAC podem ser o principal adversário dos Spurs. OKC tem boa equipa mas penso que falta alguma coisa e quanto aos Lakers, acho que até os Bobcats tem melhor banco.

  5. É bom que o time comece meio mau, temos que alcançar o auge técnico e tático lá nos playoffs.

  6. Pessoal, com todo o respeito, vamos deixar de brincadeira. O Clippers não vai deixar de ser freguês, foi apenas um único revés.
    O Spurs esmagou o Clippers nos playoffs, mantendo CP3 bem abaixo da média. Fora isso, é claro que o Spurs sofre contra garrafão físico, é a nossa maior reclamação desde a temporada passada.
    Com o início da temporada a prioridade do time é acertar a defesa. Se a defesa se acertar, com o apoio dos coadjuvantes no ataque, esse time tem tudo pra fazer uma temporada ainda melhor do que ano passado. Outra temporada com mais de 60 vitórias, e no mínimo final de conferência de novo.

  1. Pingback: Spurs (5-1) @ Blazers (2-3) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (4-1) @ Kings (2-3) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (5-1) @ Kings (2-4) – Foi feio, mas valeu « Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (8-2) @ Clippers (7-2) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (8-3) vs Clippers (8-2) – Virou freguesia « Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (8-3) @ Celtics (6-5) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  7. Pingback: Visitante indigesto « Spurs Brasil

  8. Pingback: Spurs (43-12) @ Clippers (39-17) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  9. Pingback: Spurs (54-17) vs Clippers (49-23) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores