Arquivo diário: 02/11/2012

Spurs (2-0) @ Thunder (0-1) – Furacão Parker

86×84

O furacão Sandy não atingiu a pacata cidade de San Antonio. Mesmo longe de todo o agito, não faltou emoção ontem dentro do ginásio AT&T Center. A única partida realizada na noite de ontem, que também marcava o reencontro das equipes que se enfrentaram nas finais da conferência Oeste, teve todos os elementos que uma partida emocionante precisa ter.

Mais uma vez Duncan liderou a equipe em pontos (AP Photo)

Duncan, de novo

Se continuar neste ritmo, todo resumo de jogos terá que ter um parágrafo à parte para Tim Duncan.  Duncan fez mais uma partida de altíssimo nível, contra um garrafão conhecido pelo seu poderio defensivo. Inclusos na atuação, estão uma enterrada sensacional em cima de Serge Ibaka e um toco em Kevin Durant. Quantos anos esse cara tem mesmo, 23?

Sentiram falta

Ao que parece, James Harden fará uma falta danada à equipe do Thunder. Kevin Martin entrou bem, contribuiu com 15 pontos, mas esteve longe de dinamizar a partida como Harden fazia. Westbrook se viu sobrecarregado na armação, e longe de ser um armador pensador, tomou inúmeras decisões ruins, que resultaram em turnovers e arremessos forçados (alguns até air balls), e que certamente irritaram os torcedores de Oklahoma.

TONY PARKER!!!

Imparável (Getty Images)

Parker não começou a partida muito bem. Vinha distribuindo bem o jogo, mas não estava sendo agressivo à cesta como costuma ser. E foi assim até aos segundos finais da partida. Faltando pouco mais de 30 segundos para o término do jogo, a equipe de Oklahoma estava com três pontos de vantagem no placar. Eis que aparece o francês, da linha de três pontos – jogada que não é característica dele – e empata a partida. O fato já seria incrível, pois o mesmo Parker já havia convertido uma bola de três decisiva na partida contra o Hornets. Mas havia mais emoção ainda. O Thunder ainda tinha mais uma posse de bola, que foi desperdiçada num passe de Westbrook para Durant, que foi roubada pelo segundanista Kawhi Leonard. Com seis segundos no relógio, Pop desenhou uma ótima jogada, executada com perfeição por seus comandados. A bola foi parar nas mãos de Tony Parker, que converteu os dois pontos e selou a vitória para os texanos.

Nem tudo são flores

Mesmo com a vitória, ainda existem coisas para serem melhoradas durante a temporada. Novamente, o banco não teve uma contribuição muito expressiva, e os arremessos da linha de três pontos tiveram um baixíssimo aproveitamento de 26%, assim como os lances livres com 69%. Vai ter que trabalhar Pop!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 20 pontos, oito rebotes e três tocos

Tony Parker – 14 pontos e 11 assistências

Stephen Jackson – 11 pontos e seis rebotes

Boris Diaw – dez pontos e sete rebotes

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 23 pontos e 14 rebotes

Russell Westbrook – 18 pontos, oito rebotes, cinco assistências e seis turnovers

Kevin Martin – 15 pontos e cinco assistências

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores