Spurs Brasil entrevista Marcus Denmon

English Version (Versão em inglês)

Marcus Denmon é mais uma aposta de segunda rodada do Draft do San Antonio Spurs. O ala-armador, oriundo da universidade de Missouri, havia apresentado médias de 17,7 pontos (46% FG, 40,7% 3 PT, 89,6% FT) e cinco rebotes em 34,6 minutos por exibição na última temporada.

Marcus Denmon em ação na Summer League (Shep McAllister/Spurs.com)

Selecionado na 59ª escolha do recrutamento de calouros desta temporada, o jogador de 22 anos de idade teve a oportunidade de atuar pelo Spurs na Summer League. No torneio, Denmon apresentou médias de 5,4 pontos e 1,8 rebotes em 14,6 minutos por partida.

O excesso de jogadores nas posições 1 e 2 no elenco do Spurs fez com que Denmon se tornasse um projeto para o futuro da franquia. Por isso, o atleta assinou contrato com o Elan Chalon, time francês que defenderá na próxima temporada.

Com ajuda da assessoria de imprensa de seu novo clube, Denmon respondeu às perguntas do Spurs Brasil. Entre outras afirmações, o ala-armador disse que não teve dificuldades para aprender o esquema tático do time texano e que sua prioridade na Europa será aprender a atuar como armador principal. Confira a entrevista na íntegra a seguir:

Spurs Brasil – Como surgiu a ideia de ir para o Chalon? A posição 2 parece ser uma das necessidades da equipe. O time entrou em contato com você? O Spurs ajudou nas negociações?

Marcus Denmon – Sim, a equipe entrou em contato com meu agente e as duas partes pensaram que o Chalon seria uma ótima opção para mim.

SB – Outros jogadores da NBA, como Thabo Sefolosha e Udonis Haslem, já atuaram no Chalon. Isso facilitou a decisão de jogar pela equipe?

MD – Sim, porque, deste modo, eu sei que outros bons jogadores obtiveram sucesso jogando pelo Chalon.

Denmon em ação na Summer League (Shep McAllister/Spurs.com)

SB – Como você acha que vai se sair jogando no nível do basquete Europeu? Você se sente confiável para manter o nível de exibições que você conseguiu apresentar em sua universidade?

MD – Sim, eu me sinto. Eu realmente trabalho duro e espero que tenha sorte o bastante para me manter saudável e jogar bem.

SB – Como você se sentiu quando foi selecionado pelo San Antonio Spurs no último Draft? A franquia já tinha falado com você sobre recrutá-lo ou foi uma surpresa para você?

MD – Eu sabia que o Spurs estava interessado em mim. Me senti ansioso durante toda a noite do Draft porque queria ver qual time ia me selecionar.

SB – Na Summer League, você teve a chance de aprender um pouco sobre o sistema do Spurs, certo? Foi difícil de aprendê-lo?

MD – Sim, eu joguei com alguns dos jogadores jovens do Spurs e aprendi com sua boa comissão técnica. Eu aprendi o sistema rapidamente no curto período em que estive lá.

SB – Alguém do Spurs manteve contato com você depois que você assinou com o Chalon? Quais partes do seu jogo a franquia quer que você desenvolva enquanto estiver na Europa?

MD – Sim, durante toda a minha estadia aqui o Spurs vai manter contado. Continuar desenvolvendo todo o meu jogo é importante, mas, principalmente, quero saber comandar uma equipe e ser eficiente jogando como armador.

SB – Quais partes do seu jogo você acha que precisa desenvolver antes de jogar na NBA?

MD – Jogar em um sistema tático exercendo a função de armador.

SB – Alguns analistas compararam seu estilo ao de Eddie House antes do Draft. Você concorda com isso?

MD – Temos habilidades semelhantes no arremesso, mas acho que sou diferente em muitas maneiras e essa não é uma boa comparação.

SB – Quem são seus ídolos no basquete? Quem te inspirou a jogar?

MD – Michael Jordan era meu ídolo enquanto eu crescia como um jovem jogador, e meu tio e meu irmão me inspiraram para que eu continuasse jogando.

About these ads

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 27/08/2012, em Entrevistas. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Francisco Neto

    San Antonio nunca deixa de manter contato com seus jogadores que estão na Europa. É realmente uma franchise diferenciada e dá gosto ser torcedor da franquia. . Com relação ao Denmon, o ponto chave da entrevista é que ele quer se transformar em um PG, o que seria excelente para ele considerando o seu tamanho. Se ele conseguir se transformar num jogador parecido com o George Hill, eu já ficaria extremamente satisfeito.

    Não estou postando muito, mas sempre acompanho o site.

    abraço Pastore. Ótimo trabalho mais uma vez.

  1. Pingback: Spurs Brasil interview with Marcus Denmon | Spurs Brasil

  2. Pingback: Scott Machado diz que recusou o Spurs no Draft | Spurs Brasil

  3. Pingback: Festus Ezeli, o destino e o San Antonio Spurs | Spurs Brasil

  4. Pingback: Ryan Richards disputará a Euroliga por clube polonês « Spurs Brasil

  5. Pingback: Concorrência internacional « Spurs Brasil

  6. Pingback: Buford é eleito o quinto melhor executivo da temporada | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores