Tempo de sobra para encontrar nosso pivô

Com o fim das Olimpíadas de Londres-2012, é hora de voltarmos nossas atenções para a NBA. Enquanto outras franquias reformularam seus elencos e terão caras novas na próxima temporada, o San Antonio Spurs aposta, mais uma vez, em uma offseason com poucas novidades – as únicas movimentações até aqui foram a contratação de Nando De Colo e o Draft de Marcus Denmon, que vai jogar na França. Mesmo assim, ainda há tempo para a franquia correr atrás do reforço dos sonhos da maioria de seus torcedores: um pivô que possa contribuir defensivamente.

Juntos? Que tal?

De acordo com rumores da imprensa americana, o Spurs chegou a ir atrás de opções com essa característica no começo da temporada, como Marcus Camby, que acabou contratado pelo New York Knicks, e Kevin Garnett, que optou por renovar seu contrato com o Boston Celtics. Outros jogadores de garrafão, como Rashard Lewis, Ersan Ilyasova, Erazem Lorbek, Brandon Bass e Chris Kaman também foram procurados, mas acabaram acertando com outras equipes.

Os rumores mostram que o Spurs parece sim, disposto, a fazer movimentações em seu elenco para a próxima temporada. Após a chegada de De Colo, a franquia texana tem três vagas em seu elenco – justamente o número de jogadores que defenderam as cores do time de San Antonio na última temporada e que têm situação indefinida. Gary Neal e DeJuan Blair ainda não têm contratos definidos para a próxima temporada, enquanto James Anderson se tornou um free agent e não tem mais qualquer vínculo com a equipe.

Nas últimas semanas, mais dois rumores surgiram e mostraram que o Spurs talvez esteja disposto a apostar alto para encontrar esse jogador. Ainda de acordo com a imprensa americana, a franquia texana estaria de olho em Greg Oden e em Andray Blatche. Os dois seriam contratações de risco – o primeiro, que parece ter agradado aos torcedores aqui no blog e no Facebook, sofreu com lesões durante toda a sua carreira, enquanto o segundo teve sua trajetória na NBA marcada por questões disciplinares.

Sinceramente, não acho que seja preciso correr tanto risco para encontrar este homem de garrafão – de preferência, um que seja bom defensor, uma presença física capaz de combater infiltrações. Entre os pivôs de ofício, por exemplo, estão disponíveis Chris Andersen e Darko Milicic. O primeiro acaba de ser anistiado pelo Denver Nuggets e vem de uma temporada com 4,6 rebotes e 1,4 tocos em 15,2 minutos por partida. No entanto, acusações de pedofilia contra ele certamente farão qualquer time pensar duas vezes antes de contratá-lo. O segundo também foi dispensado usando a nova cláusula pelo Minnesota Timberwolves e vem de uma temporada com 3,3 rebotes e 0,9 tocos em 16,3 minutos por partida (leia mais no blog Destino Riverwalk). Uma opção barata e modesta, que, acredito eu, não se incomodaria em atuar por poucos minutos ou até mesmo ficar jogos inteiros sem entrar em quadra.

Entre os atletas que atuam na posição quatro, ainda existem nomes como Kenyon Martin, mais badalado, e Lou Amundson, mais modesto. Os dois são bons defensores e também poderiam ajudar na rotação da equipe. Seriam contratações com um resultado mais previsível – ou seja, menos arriscadas do que trazer Oden e Blatche.

O Spurs estreia na pré-temporada somente no dia seis de outubro. Até lá, ainda há tempo de sobra para se pensar em uma possível movimentação no elenco. Resta sabem se R.C. Buford, Gregg Popovich e companhia acreditam que seja preciso mudar ou se estão convencidos de que o elenco vice-campeão do Oeste é capaz de brigar pelo título.

About these ads

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 18/08/2012, em Na linha dos 3. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Galera,

    Essa busca por um cincão pode implicar se desfazer do Splitter?

    Tenho visto nos últimos dias que o Splitter tem sido especulado como opção para outras franquias. No bleacherreport este interesse é dado como certo pelo menos para o Celtics e o Heat.

    Tenho certeza que o interesse seria maior se não fosse o desempenho decepcionante de Splitter nos lances-livres nos plays-offs… e é justamente por isso que acho que ele acabou se tornando uma opção de troca.

    O que vocês acham?

    • Por favor gente, vamos parar de pegar no pé do Splitter por causa de ft. O Splitter está nos planos do Pop, está recebendo atenção especial do treinador de arremessos do Spurs e a experiência das Olimpíadas de jogar contra diversos tipos e tamanhos de garrafão foi ótima pra ele.
      Acredito que terá um crescimento no rendimento dele e nos minutos em quadra.

      • Não estou pegando no pé… só fiquei curioso pelo fato do nome dele estar circulando em movimentações futuras de outras grandes franquias.

        Acompanho diversos fóruns dos EUA e é impressionante como ele está desacreditado junto à torcida do Spurs e como alguns críticos ressaltam a falta de confiança que Pop tem demonstrado para com ele.

        Quanto aos FTs, foi só uma observação, já que é uma falha que se demonstrou crônica e permanece diretamente relacionada à falta de confiança que Splitter foi adquirindo nos play-offs.

        Acho que confiança é uma palavra-chave para o sucesso de Splitter com os Spurs e essa busca (sem sucesso diga-se de passagem) por um “big man” pode comprometer seu desempenho.

        Mas não me entenda mal, sou muito fã do jogo clássico do Splitter e acho que ele tem lugar cativo na franquia para os próximos anos.

    • Eu acho que a busca não causaria impacto direto no Splitter não. O Spurs tem jogadores de garrafão de diferentes características e o Pop sabe a hora de usá-los. Falta só esse cara defensor mesmo. O Splitter é um pivô refinado e sabe estabelecer bloqueios como poucos. Manterá sua função no time mesmo com a chegada de outros jogadores

  2. Me pegaria de surpresa se o Splitter fosse trocado. A princípio, acho que o Blair é o único jogador que o Spurs realmente colocou no mercado. Mas, após ver o Hill ser trocado, eu não duvido de nada, xará!

  3. Francisco Neto

    Eu não vi especulação nenhuma sobre uma troca do Splitter. Bleatchreport é um site sem respaldo algum em termos de especulações. Qualquer amador pode colocar uma coluna ou uma opinião pessoal ali.
    E outra. Splitter é basicamente o backup do Duncan. Duncan não joga mais de 4 há alguns anos e trazer outro pivô não mudaria nada. San Antonio necessita de um 4, não de 5.
    Eu ouvi um rumor de que San Antonio estaria interessado no Patterson de Houston (e considerando que HOU tem 100 PFs atualmente faria sentido) e os jogadores de San Antonio envolvidos na troca seriam Blair e Neal. Poderia envolver um 3o time também.

    abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores