Arquivo mensal: maio 2009

Há dez anos acontecia um milagre

Há exatamente 10 anos atrás, Sean Elliott marcaria uma das cestas de 3 pontos mais importantes da sua vida. Nesse dia, o Spurs perdia por 18 pontos para o Portland Trail Blazers, mas o time correu atrás do prejuízo e conseguiu diminuir a vantagem para apenas 2 pontos. O jogo estava muito disputado. O Spurs havia pedido tempo, e a saída de bola seria do meio da quadra. Mario Ellie passou a bola para Sean, mas quase o Blazers tomou a bola. Sean Elliott, todo desequilibrado, conseguiu manter-se dentro da quadra, quicou a bola uma vez e arremessou sobre Rasheed Wallace, que veio para fazer o bloqueio. A bola foi direto para a cesta, selando aquele momento.

Sean Elliott havia acertado 5-6 bolas de 3pts e estava muito confiante naquele arremesso. O Spurs abriria 2-0 na série e ainda marcaria 12-0 em séries de playoffs, recorde da NBA. Pra fechar com chave de ouro, o Spurs venceria seu primeiro campeonato.

Mágica nas finais

Até a próxima, LeBron. Fonte: sports.yahoo.com
Até a próxima, LeBron. Fonte: sports.yahoo.com
40 pontos, 14 rebotes, quatro assistências e um toco. O superman fez valer seu apelido, silenciou aqueles que duvidam do seu potencial ofensivo e colocou o Orlando Magic na grande final da NBA nessa temporada. Pior para o Cleveland Cavaliers, de LeBron James, que segue sem vencer um título sequer em sua história e corre o risco de ficar sem sua principal estrela na offseason de 2010.
.
A verdade é que faltou o jogo dos coadjuvantes, que deu ao Cleveland a melhor campanha de toda a NBA na temporada regular. Williams, West, Varejão, Ilgauskas, Gibson, Wallace e Szczerbiak ficaram devendo em vários pontos chave dessa série. Além disso, vale lembrar que o jogo do Magic encaixa muito bem com o do Cleveland, principalmente no garrafão; a franquia de Ohio não tem um big man com agilidade suficiente para acompanhar Lewis, principalmente no perímetro.

Em compensação, do lado do Magic – equipe que, arrisco-me dizer, chegou como zebra a essa final – vimos a afirmação de nomes como Alston, Turkoglu e Lewis, que, se não são brilhantes, são sim importantes nessa equipe, principalmente como apoio ao grandalhão all-star Dwight Howard.

Agora, para o confronto contra o Lakers, é difícil de apontar um favorito. A equipe de Los Angeles está mais acostumada a decisões, mas sempre se complica em partidas contra o Magic. Eu, particularmente, vou torcer para a franquia de Orlando, mas acho que Kobe Bryant e companhia levam mais uma. E você, torcedor, o que acha?

Nenê quebra o braço e pode desfalcar Brasil

Na última partida do Denver Nuggets nessa temporada, a derrota no sexto jogo das finais de Conferência diante do Los Angeles Lakers, o pivô brasileiro Nenê fraturou o antebraço esquerdo e corre sério risco de não participar da Copa América de seleções com a seleção brasileira.

Tira esse sorriso da cara, rapaz! Nenê pode, mais uma vez, desfalcar nossa seleção. Fonte: jblog.blogger.com.br

Tira esse sorriso da cara, rapaz! Nenê pode, mais uma vez, desfalcar nossa seleção. Fonte: jblog.blogger.com.br

A competição dará quatro vagas para o Mundial de 2010, que será disputado na Turquia. Vale lembrar que a seleção estadunidense, campeã olímpica, já tem sua vaga assegurada. Graças aos problemas gerados pela gripe suína, a Copa América, que seria disputada no México, será jogada em Porto Rico. Além dos mandantes, Argentina, República Dominicana e Canadá devem ser os principais rivais brasileiros na disputa pela vaga.

A uma vitória das finais

Em grande partida do pivô brasileiro Tiago Splitter, a equipe do TAU Cerámica não deu chances para o rival Real Madrid e, jogando em casa, fez 1×0 na série semifinal, que será disputada em melhor de três partidas. Agora , o time está a uma vitória da final da Liga ACB, o Campeonato Espanhol de basquete.

Comandada por Splitter – cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs – que fez 22 pontos e pegou 12 rebotes, e por Igor Rakocevic, cestinha do jogo com 23 pontos, a equipe do TAU Cerámica impôs seu jogo desde o começo e não deu chances ao adversário – que teve em Louis Bullock, com 15 pontos e sete assistências, seu principal nome.

Grande partida de Splitter na primeira partida das semifinais da ACB. Fonte: baskonia.com

Grande partida de Splitter no primeiro jogo das semifinais da ACB. Fonte: baskonia.com

Destaques da partida

TAU Cerámica

Igor Rakocevic – 23 pontos

Tiago Splitter – 22 pontos, 12 rebotes e três roubadas

Will McDonald – 17 pontos e seis rebotes

Pablo Prigioni – Sete pontos e dez assistências

Real Madrid

Louis Bullock – 15 pontos, sete assistências e duas roubadas

Alex Mumbrú – 15 pontos e quatro rebotes

Agora, a próxima partida da série será disputada na quinta-feira, em Madrid. Em caso de vitória do TAU Cerámica, a equipe já estará garantida nas finais da Liga ACB. Porém, se o Real Madrid vencer, será disputada mais uma partida, novamente na Fernando Buesa Arena. Não perca, na sexta-feira, a cobertura completa da partida, aqui no Spurs Brasil!

Lakers é o primeiro finalista

Para desespero dos torcedores dos Nuggets e dos secadores de plantão – lista em que me incluo – a última chama de esperança apagou-se na noite de ontem. A equipe do Los Angeles Lakers passeou no último quarto, em pleno Pepsi Center, e sagrou-se a primeira equipe a garantir vaga na grande final da NBA dessa temporada.

Talvez Kobe Bryant e companhia estejam apresentando um basquete abaixo do esperado, principalmente plasticamente. Alguns coadjuvantes importantes dessa equipe – como Derek Fisher e Andrew Bynum – ficaram devendo em várias partidas dessa série. E isso deixa aqueles que torcem contra com mais raiva ainda.

Mas como contestar a campanha de uma equipe que teve o melhor recorde disparado da equilibrada Conferência Oeste e que eliminou equipes de respeito para chegar aonde chegou? Pois é, amigos… joguem quantas pedras quiserem em mim, mas, na minha opinião, a trajetória dos angelinos até essa grande final é, sim, incontestável.

Agora, os campeões do Oeste esperam Cavaliers ou Magic como adversários da final. Se eu fosse torcedor do Lakers, esperaria pegar LeBron e companhia; os angelinos ganharam as duas partidas contra a franquia de Ohio na temporada regular e parecem ter um jogo que encaixa muito melhor com o do time de Cleveland. Já contra a equipe de Orlando, a campanha na temporada regular foi de 0-2; superman e companhia têm um jogo de difícil marcação por parte dos Lakers.

Em tempo: nessa noite, o Cavaliers pode dar adeus à disputa pelo título. Quem sonhava em uma final com dois brasileiros corre sério risco de ficar sem nenhum.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 51 outros seguidores