Arquivo mensal: maio 2008

Notícia – Seleção feminina convocada para o pré-olímpico

O treinador da seleção brasileira feminina de basquetebol, Paulo Bassul, convocou na última sexta-feira as jogadoras que representarão o nosso país no Pré-Olímpico da categoria. São elas:

Nº 04 Natália

Nº 05 Karla

Nº 06 Karen

Nº 07 Micaela

Nº 08 Iziane

Nº 09 Claudinha

Nº 10 Mamá

Nº 11 Êga

Nº 12 Chuca

Nº 13 Franciele

Nº 14 Graziane

Nº 15 Kelly

As principais ausências na lista são a armadora Adrianinha, fora com problemas particulares, e a pivô Érika, com uma fratura por estresse. Com isso, o treinador da seleção passa a apostar suas fichas em Kelly e Graciane, para desempenharem a função de jogadora de força do garrafão, e Iziane, a principal estrela do time, com seus arremessos precisos de média e longa distância.

O Brasil inicia sua disputa pela vaga em Pequim no Grupo C da competição, ao lado das Ilhas Fiji e da Espanha. A competição tem início no próximo dia 9.

Rumores – Entre o sonho e o dinheiro

A proposta milionária recebida por Splitter colocou o pivô brasileiro em um dilema: O dinheiro, oferecido pelo seu clube espanhol, ou o sonho de jogar no melhor basquete do mundo?

“O Tau fez uma proposta muito forte para renovar com o Tiago. A diferença em relação ao que ele ganharia como calouro na NBA é absurda. É ganhar em euro e livre de impostos. O sonho dele é jogar na NBA, mas é uma decisão difícil não ficar na Espanha” – Afirmou Marcello Maffia, agente do jogador.

Segundo o empresário, Tiago assinaria com o Tau um contrato de 3 anos, recebendo algo entre US$ 6 milhões e US$ 9,6 Milhões por ano. “Tiago seria o segundo brasileiro mais bem pago no basquete mundial” – comentou Maffia.

Na NBA, o San Antonio Spurs, limitado por regras que pré-definem os salários dos calouros de acordo com a posição de seleção no draft, pagaria ao brasileiro algo em torno de 900 mil dólares em sua temporada de estréia nos Estados Unidos.

Splitter está disputando as finais do Campeonato Espanhol, e só deve se pronunciar sobre o assunto após o término da competição.

Interativo – Spurs @ Lakers – Playoffs 2008 – Jogo 5

Melhores momentos de Spurs @ Lakers – Jogo 5

NBA TV – Top 5 de 29/05/2008 – Rodada de Spurs @ Lakers (Jogo 5)

Grande atuação de Kobe Bryant

Bela jogada de Jordan Farmar

Entrevista pós-jogo com Manu Ginobili

Entrevista pós-jogo com Tony Parker

Entrevista pós-jogo com Bruce Bowen

Notícias – Budenholzer entre os possíveis candidatos para técnico do Suns

O assistente do Spurs, Mike Budenholzer, aparentemente tem muita competição para a vaga de técnico do Suns. De acordo com o site do Suns, a lista de candidatos cresceu para os dígitos duplos. O general manager do Suns, Steve Kerr, espera entrevistar Budenholzer logo, já que o Spurs foi eliminado.

“Mike Budenholzer é alguém por quem tenho bastante respeito,” disse Kerr ao Suns.com. “Ele está fazendo um grande trabalho com os Spurs e tem muito para oferecer.”

Popovich deu a Budenholzer uma forte aprovação.

“Bud é uma pessoa incrível e alguém que realmente entende o jogo, e seria um bom técnico na NBA sem dúvidas,” disse Popovich.

Spurs @ Lakers – Jogo 5 – A zica do ano par continua

92X100

Lakers vence a série (4-1)

Com outra péssima atuação de Manu Ginobili, o San Antonio Spurs perdeu mais um jogo na série contra o Los Angeles Lakers, mesmo estando vencendo por mais de 15 pontos no segundo quarto, e agora assistirá em casa mais uma final de ano par da NBA.

Depois de um começo equilibrado, a equipe de San Antonio conseguiu abrir uma boa vantagem no fim do primeiro quarto, que terminou 28-15, e a história nesse jogo parecia que seria diferente dos demais e que os texanos conseguiriam a reação.

O segundo quarto veio pra confirmar a força dos atuais campeões; a diferença chegou a alcançar mais de 15 pontos, mas o Lakers despertou e conseguiu diminui a vantagem para apenas 6 pontos no termino do primeiro tempo, tendo vencido o perídodo por 27-20 e levando o jogo para o intervalo com placar em 48-42.

As equipes voltaram dos vestiários, e o Spurs elevou a vantagem para 10, fazendo um 4-0 de início, mas a partir dai a vantagem não mais aumentou, apenas foi sendo reduzida lentamente pelos donos da casa. A torcida texana já conhecia este filme. Veio na lembrança aquele lamentável jogo 1 da série, onde a vantagem chegou a 20 pontos e a equipe sofreu a virada. E nesta partida a história se repetiu; ainda antes do término do terceiro quarto, Kobe Bryant, liderando a equipe em pontos, e Pau Gasol sendo fundamental nos rebotes, levaram o Lakers a virar o jogo, limitando o ataque adversário a apenas 15 pontos no período.

Nos ultimos 12 minutos de partida, o que se viu em quadra foi um Spurs apático, parecendo conformado com a derrota. Mesmo com a pequena vantagem a favor dos da equipe da Califórinia, os texanos não mostravam poder de reação para virar a partida e pareciam entregues. Muitos erros no ataque e bobeadas nas defesa, principalmente deixando o espanhol Pau Gasol pegar diversos rebotes ofensivos, foram minando qualquer chance da equipe de San Antonio virar o jogo. Quem não bobeou foi o Lakers, que fez o suficiente para se manter na liderança e assim fechar a série em 4-1, vencendo a conferência Oeste e indo mais uma vez às finais da NBA.

Destaques

San Antonio Spurs

Tim Duncan: 19 pontos, 15 rebotes e 10 assistencias

Tony Parker: 23 pontos, 3 rebotes e 4 assistências

Los Angeles Lakers

Kobe Bryant: 39 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Paul Gasol: 12 pontos, 19 rebotes (9 ofensivos), 5 assistências e 4 bloqueios

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores